Tributo a Clara Nunes com a cantora Sandra Portella

A cantora SANDRA PORTELLA apresentará o show TRIBUTO A CLARA NUNES com as participações do maestro Rildo Hora e Marquinho do Pandeiro, da Velha Guarda da Portela e, contará ainda com a apresentação do Milton Cunha no projeto 15 PRAS 7, no Teatro João Caetano, HOJE – dia 19 de setembro 2018.

Recentemente SANDRA PORTELLA foi uma das três indicadas na categoria Melhor Cantora de Samba do 29º Prêmio da Música Brasileira, cuja cerimônia de premiação aconteceu no dia 15 de agosto, no suntuoso Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ela não ganhou o prêmio, mas ficou felicíssima pela sua primeira indicação ao maior Prêmio de Música do país. Perdeu para Lecy Brandão. Que honra.

A indicação aconteceu através do trabalho em “Banho de Fé”, disco lançado em dezembro de 2017, com produção de Rildo Hora e participações de Moacyr Luz e Martinho da Vila.

No show TRIBUTO A CLARA NUNES – ícone da Portela e enredo do próximo Carnaval da Escola em 2019 – Sandra Portella fará releituras de sucessos como ‘Conto de Areia’, ‘O Mar Serenou’, ‘Portela na Avenida’, ‘Canto das 3 Raças’, ‘Na Linha do Mar’, ‘Guerreira’, ‘Meu Sapato Já Furou’, ‘Quando Vim de Minas’, ‘Morena de Angola’ entre muitas outras.

Um show para os amantes do bom samba.


Show: TRIBUTO A CLARA NUNES com a cantora SANDRA PORTELLA e participações especiais de Rildo Hora, Marquinho do Pandeiro e apresentação de MILTON CUNHA.

Produção, Assessoria de Imprensa e Marketing do Projeto 15 PRAS 7: João Luiz Azevedo

Realização: BOCA FECHADA Produções Artísticas

Teatro João Caetano (Praça Tiradentes – Centro – Tel. 21- 2332-9257).

Dia 19 de Setembro 2018

Quarta Feira – 18:45h

Preço dos ingressos: R$ 60,00 / R$ 30,00 (meia para estudantes, jovens até 21 anos e acima de 60 anos e assinantes de O Globo)

Livre para todas as idades

600 lugares

Neguinho da Beija-Flor no João Caetano

O cantor e compositor NEGUINHO DA BEIJA FLOR lança seu 29º álbum de carreira, ‘RESUMO’, no projeto 15 PRAS 7, no Teatro João Caetano, no dia 26 de setembro 2018.

 

Com a maior parte de músicas inéditas e autorais, Neguinho da Beija-Flor está lançando “Resumo”, o 29º álbum da carreira e o terceiro DVD.

Na lista das 16 obras registradas no novo trabalho, o nome do mais consagrado intérprete do Carnaval carioca só não aparece em duas composições: “Angela”, um de seus maiores sucessos – de autoria de Serginho Meriti e Alexandre -, e “A Desconhecida”, que tem Fernando Mendes como único compositor, e foi lançada em 1973 pelo autor.

Entre as não inéditas há a regravação de “Gamação Danada”, registrada em LP lançado por Neguinho em 1983, de autoria dele e de Almir Guineto. A música, sucesso nas vozes de Roberto Ribeiro, do grupo Fundo de Quintal e de Beth Carvalho, foi inserida por Neguinho no novo álbum para homenagear Guineto, amigo e parceiro que morreu no ano passado.

No repertório, das nove composições inéditas, o artista, que há 42 anos brilha no Carnaval carioca como intérprete da Beija-Flor de Nilópolis, mostra sambas com letras bem-humoradas e irreverentes, como “Feio com Sorte”, “Vovó Filé” e “Ricardão Ciumento”.

Neguinho ainda homenageia a filha caçula, de 9 anos, com “Luiza Flor Morena”, nome da pequena. Na música, ele tem como parceira a mulher e mãe da menina, Elaine Reis.

Outros destaques são “Graças a Deus” e “Resumo”, canção-título do CD e DVD, com letra que ressalta as contradições existentes em todo ser humano.

Certamente, não faltarão no roteiro do show, sucessos como “É Campeão (Meu time)”, cantado por torcedores nos estádios de todo o Brasil; “A Deusa da Passarela”, que se transformou no hino da Beija-Flor; e “Malandro é Malando, Mané é Mané”.

NEGUINHO DA BEIJA FLOR no show de lançamento do novo Cd ‘Resumo’ 

Produção, Assessoria de Imprensa e Marketing do Projeto 15 PRAS 7: João Luiz Azevedo

Realização: BOCA FECHADA Produções Artísticas

 

Teatro João Caetano (Praça Tiradentes – Centro – Tel. 21- 2332-9257).

Dia 26 de Setembro 2018

Quarta Feira – 18:45h

Preço dos ingressos: R$ 60,00 / R$ 30,00 (meia para estudantes, jovens até 21 anos e acima de 60 anos e assinantes de O Globo)

Livre para todas as idades

600 lugares

Duração: 70 minutos;

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Show Musical.

Livre para todas as idades.

Banda Alto Astral no Teatro Rival Petrobras

Luiz Carlos – guitarra, Guto Araújo – teclados, Almir Santiago – contrabaixo, Vanderson Rosa – bateria, Marcos Miranda – trombone, Alex Ferrito – trompete, Marco Porfírio – voz e Denise Abrantes – voz. Celebram cinco anos de formação da Banda Alto Astral.
No repertório a Banda Alto Astral traz a lembrança do charme e swing da década de 1970 relembrando grandes nomes como: Michael Jackson, Steve Wonder, Earth Wind and Fire, Glads Knigth, Alcione, Djavan, Ivete Sangalo, entre outros.
A abertura do show será com a Swingueira Black comandada pelos DJ’s Ricardo Careca e Paulo Maurício seguido de uma aula de dança de salão comandada pelos professores Rodrigo Sorriso e Michele Mathias.
Serviço
Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 20 de setembro (Quinta). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: Setores A, B e Mezanino – R$ 50,00 (Inteira), R$ 25,00 (meia-entrada) | Pista: R$ 40,00 (Inteira), R$ 20,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.
*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo

Linguachula, Malabaristas de Semáforo e Barba Ruiva

A Audio Rebel, em Botafogo, será mais uma vez palco para o BacaFest, evento que promove a cena autoral com noites temáticas. Na edição de setembro, o festival recebe três shows de power trios do rock nacional: direto de Campinas, a clássica banda Linguachula; e, representando a cena carioca, Malabaristas de Semáforo e Barba Ruiva. A noite acontece em 28/09 (sexta-feira), com início às 20h e ingressos a R$20.

 

Banda de rock autoral representante da cena Junta Tribo de Campinas, a Linguachula retorna aos palcos com novo show, trazendo músicas do CD homônimo, lançado pela Banguela Records, selo da Warner Music Brasil, em 1995. Além das músicas que marcaram a época, o grupo apresenta novas composições, rock pulsante, orgânico e urbano, com groove marcante e guitarras distorcidas. Nas rimas, da poesia de Augusto dos Anjos à letras fortes e urbanas tocadas com peso e swing. A Linguachula sobe ao palco com De Ferro (guitarra e voz), Victor Coutinho (baixo) e Adriano Caetano (bateria).

 

A banda carioca Malabaristas de Semáforo faz o show de lançamento de seu disco de estreia, “Lado B”, por meio do selo Caravela. O trabalho entrega uma banda já experiente pelos cinco anos de estrada, ao mesmo tempo que olha para o panorama atual e explora temáticas sociais, políticas e culturais. O trio busca provocar algum tipo de reflexão através de composições intensas que trazem protestos, ironia e pensamentos sobre a vida. Os múltiplos estilos – punk rock, pós punk, indie – valorizam ainda mais a guitarra e seus efeitos, os riffs de baixo e a bateria explosiva. Entre os destaques do setlist, os singles “Tédio”, “Feno” e “Normose”. Os Malabaristas são Cleber ST (voz e baixo), Fabrício Cardozo (bateria) e Pedro Grisolia (guitarra).

 

Barba Ruiva apresenta as canções que fazem parte do disco homônimo, como “Sonho do Sonho”, “Just Fuck” e “Filmes”, também lançado pelo selo Caravela. A sonoridade do grupo tem melodias e arranjos cheios de texturas e mostram inspirações que vão do jazz ao psicodélico, do indie ao samba, do rock n’ roll ao blues. A viagem sonora se mistura a temas questionadores e críticos, explorando a inquietude dos tempos atuais. Barba Ruiva é Rafael Figueira (lead vocal e guitarra), Leonardo de Castro (baixo e voz) e Aline Vivas (bateria e voz).

 

O BacaFest é um evento que serve de palco para artistas, bandas, cantautores, intérpretes, música experimental e instrumental. O objetivo é fazer uma mistura de sons e identidades. A curadoria fica a cargo do baterista Bacalhau Baca. Com apoio da Audio Rebel, o festival traz nomes em evidência na cena, tocando em um espaço de resistência musical na Zona Sul e também de referência quando o assunto é música independente. Por lá, artistas internacionais e nacionais mostram os seus trabalhos autorais, em um clima descontraído e intimista. Além disso, o espaço organiza ensaios e grava discos de cantores independentes, além de ter uma loja de instrumentos musicais e uma oficina de luthieria (confecção de instrumento de cordas). Localizada na Zona Sul, a Audio Rebel fica na Rua Visconde de Silva, 55, em Botafogo.

 

Serviço

BacaFest

Data: 28/09/2018 (sexta-feira)

Horário: abertura da casa às 19h; show às 20h

Local: Audio Rebel

Endereço: R. Visconde de Silva, 55 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ

Entrada: R$20

Classificação: 16 anos

Capacidade da casa: 90 pessoas (lotação máxima)

Forma de pagamento: para o ingresso, apenas dinheiro; no bar, todos os cartões de crédito. Casa equipada com ar condicionado e wi-fi gratuito

Horário de funcionamento da bilheteria: todos os dias, de 13h às 21h

 

Programação do Imperator

18 de setembro: JAZZ PRAS SETE recebe RONALDO DIAMANTE QUARTETO

Evento mensal pautado sempre em uma terça-feira do mês

Release:

Com clássicos do Jazz, Blues e Bossa Nova sendo referência para a construção dos repertórios, o evento traz para o público o melhor do Jazz Carioca em uma programação musical gratuita realizada em uma terça-feira do mês, sempre com apresentações ao vivo de grupos inéditos.

Contrabaixista, compositor e arranjador nascido no Rio de Janeiro em 1958, estudou contrabaixo com Rudolf Kruppa como bolsista da OSB, teoria com Valéria Peixoto e harmonia funcional com Isidoro Kutno. Entrou para o curso superior de contrabaixo na UFRJ e de História na Universidade Santa Úrsula abandonando os dois cursos para se dedicar a carreira de músico profissional.

Em  parceria com o saxofonista Daniel Garcia lança o CD “Quarteto’. Em 2017 realiza mais um projeto autoral “Suíte para Improvisadores”, que conta com a participação de alguns dos mais importantes instrumentistas da história da música carioca. Mantém constante atividade, seja com o seu grupo instrumental, ou como músico contratado.

Serviço:

Evento: JAZZ PRAS SETE recebe RONALDO DIAMANTE QUARTETO

Data: 18 de setembro

Horário: Terça-feira, às 18h50

Local do Evento: Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Terraço)

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier/RJ

Valor do Ingresso: Gratuito. Sujeito a lotação

Classificação: Livre

Duração: 180 minutos

Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

20 de setembro: DANILO CAYMMI – 50 ANOS DE ANDANÇA

 

Release:

No show Andança 50 Anos, Danilo Caymmi, artista com 50 anos de carreira e 17 discos lançados, relembra musicalmente essa época em que os festivais da canção eram o principal palco de lançamento de novos compositores e cantores. Dos primeiros festivais, Danilo vai lembrar da participação de seus irmãos. No Festival Internacional da Canção (FIC) de 1966 a vencedora foi Saveiros, do seu irmão Dori Caymmi (e letra de Nelson Motta) e interpretada por sua irmã, Nana Caymmi. No festival da TV Record de 1967 foram apresentadas O Cantador (Dori Caymmi/Nelson Motta) e Bom dia (Nana Caymmi/Gilberto Gil) e outros clássicos da MPB como Ponteio (Edu Lobo/Capinam) e Eu e a Brisa (Jhonny Alf).

Serviço:

Evento: DANILO CAYMMI – 50 ANOS DE ANDANÇA

Data: 20 de setembro

Horário: Quinta-feira, às 20h

Local do Evento: Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Teatro)

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier/RJ

Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30; Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br

Classificação: Livre

Duração do espetáculo: 90 minutos

Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

Até 30 de setembro: RENATO RUSSO, O MUSICAL

Release:

Renato Russo – O Musical já foi assistido por mais de 200 mil pessoas, percorreu 40 cidades e fez mais de 400 apresentações.

“Uma combinação de fatores muito felizes garante o sucesso desse espetáculo. Temos a matéria prima principal, que é o Renato Russo, com uma obra muito consistente; a dramaturgia da Daniela Pereira de Carvalho; a direção do Mauro Mendonça Filho, fundamental; uma banda mega competente; iluminação do Wagner Pinto; cenário de Bel Lobo e Bob Neri, que compõe muito bem”, conta o protagonista Bruce Gomlevsky.

A banda Arte Profana é formada por teclado, guitarra, baixo, bateria e ilustra com 22 canções, a peça que conta a história de Renato Russo desde a juventude “punk” em Brasília, quando fundou a banda Aborto Elétrico e ficou por dois anos em uma cadeira de rodas, até o sucesso da Legião Urbana. O quebra-quebra num show em Brasília e os problemas com drogas estão na encenação. Depoimentos, reportagens, entrevistas de Renato, livros e imagens de shows serviram como base para a concepção da obra biográfica.

 

Serviço:

Evento: RENATO RUSSO, O MUSICAL

Data: 14 a 30 de setembro

*Sessão do dia 29/09 com acessibilidade. Legendagem e Audiodescrição.

Horário: Sextas e Sábados, às 20h30

Domingos, às 19h

Local do Evento: Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Teatro)

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier/RJ

Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão – R$ 70 (inteira) / R$ 35 (meia)

Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30; Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br

Classificação: 12 anos

Duração do espetáculo: 120 minutos

Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

Até 30 de setembro: TROPICALINHA – CAETANO E GIL PARA CRIANÇAS

Release:

 

Criado com o objetivo de homenagear e preservar a memória de grandes nomes da música popular brasileira, o premiado projeto ‘Grandes Músicos para Pequenos’, criado pela Entre Entretenimento, anuncia seu novo espetáculo: ‘Tropicalinha – Caetano e Gil para Crianças’, que estreia dia 15/09 no Centro Cultural João Nogueira – Imperator, para temporada de 3 semanas, sempre aos sábados e domingos, às 16h, até 30 de setembro. Com texto de Pedro Henrique Lopes, direção de Diego Morais e direção musical de Guilherme Borges, o musical infantil presta homenagem aos baianos Caetano Veloso e Gilberto Gil, dois ícones do movimento tropicalista e da música mundial, em uma história que enaltece a amizade e desperta o sentimento de responsabilidade social. Depois de ‘Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga para Crianças’, ‘O Menino das Marchinhas – Braguinha para Crianças’ e ‘Bituca – Milton Nascimento para Crianças’, o projeto apresenta, pela primeira vez, dois artistas em um mesmo musical.

“Em Tropicalinha, vamos mostrar como a amizade e parceria profissional entre dois músicos deu origem à criação de um movimento cultural que influenciou e influencia até hoje as mais diversas manifestações artísticas”, explica o autor Pedro Henrique Lopes, sócio da Entre Entretenimento ao lado de Diego Morais. “Dos espetáculos este é o que mais brinca com as possibilidades teatrais. No sentido de conseguir subverter o enredo em tramas lúdicas, personagens mais fantásticos, exagerados, tudo no tom descontraído, fazendo um paralelo com algumas manifestações artísticas do período da Tropicália”, acrescenta Diego, lembrando que o disco ‘Tropicalia ou Panis et Circencis’, lançado em 1968 como um manifesto musical do movimento, completa cinco décadas este ano.

O espetáculo conta a história do Reino de Pindorama, governado por uma rainha autoritária (Martina Blink), que toma o poder e baixa decretos proibindo a música e as cores no lugar. Dois amigos, Cae (Pedro Henrique Lopes) e Gil (Orlando Caldeira), se unem para trazer sons e cores de volta ao reino, em alusão ao movimento tropicalista. Também estão no elenco, Flora Menezes (Pobo), Hamilton Dias (Lindoneia) e Rafael de Castro (Juca). O musical não é biográfico, mas é inspirado em momentos vividos por Caetano Veloso e Gilberto Gil na juventude. No repertório, estão 43 músicas (completas e/ou trechos) compostas por eles individualmente ou em parceria, entre elas Tropicália, Força estranha, Alegria, alegria, Vamos fugir, Andar com fé, Divino Maravilhoso, Expresso 2222 e Você é linda.

“A partir de uma história divertida que se passa num reino fictício, falamos de como é importante o compromisso com a comunidade e da nossa participação na luta pelos direitos de um povo”, observa Diego Morais. “O repertório e bem vasto porque os dois artistas compuseram, cada um, mais de 600 músicas, e quisemos reunir músicas das mais diversas fases da carreira dos dois”, completa.

 

Serviço:

Evento: TROPICALINHA – CAETANO E GIL PARA CRIANÇAS

Data: 15 a 30 de setembro

Horário: Sábados e domingos, às 16h

Local do Evento: Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Teatro)

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier/RJ

Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão – R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia)

Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30; Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br

Classificação: Livre

Duração do espetáculo: 55 minutos

Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

Banda Gente traz sonoridade afrorock para o clipe colaborativo “Infância”

Refletindo a pluralidade musical e social do Brasil em sua trajetória, a Banda Gente acaba de lançar o clipe da memorialista “Infância”. A faixa, que traduz com saudosismo o passado de quem cresceu na Baixada Fluminense, ganhou um clipe colaborativo filmado pelo público durante apresentações da banda no circuito Sesc, no primeiro semestre deste ano.

 

Veja “Infância”: https://youtu.be/pWmVr1may6M

 

Da mescla do samba, funk e baião ao rock n’ roll, surge uma sonoridade orgulhosamente miscigenada. A Banda, formada em 2011, soma um EP, um álbum e uma história única no rock carioca com o seu afrorock misturado com o que denominam Música Preta Brasileira. Essas influências podem ser notadas na faixa apresentada no vídeo.

 

“Infância reflete essa nostalgia gostosa deixada pelas vivências e desnuda um pouco de nós. A música foi construída a partir de nossas memórias pessoais e de pessoas simples e comuns das periferias do Estado, apresentando um clima mais romântico nesse disco cheio de tensões”, conta Iolly Amancio, vocalista da banda, que compôs a faixa com o guitarrista Wallace Cruz.

 

Além deles, formam o grupo Nico Souza (guitarra), Clara Santos (bateria), Jonathan Panta (baixo) e Adonis Lima (percussão). A Banda Gente vem lapidando sua musicalidade desde a gênese do projeto. Em 2015 , o EP “O Rock Está no Ar” apresentou ao público o som sem amarras, cujas primeiras canções apostavam numa combinação grooveada de baixo, guitarras e bateria e buscavam inspiração no rock brasileiro dos anos 80. No ano seguinte, a Banda Gente passou a integrar o coletivo de músicos #BXDnuncaserende, dando visibilidade à Baixada Fluminense.

 

Em parceria com o ONU, lançaram o projeto piloto Música para Avançar no Desenvolvimento Sustentável. Os resultados foram uma coletânea em que a canção “Rede” representa o objetivo 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes – nas metas das Nações Unidas para transformar o mundo; e um documentário, batizado com o nome do coletivo. O filme foi exibido na China, Bulgária e em Nova Iorque, durante o Chelsea Film Festival e na Sede das Nações Unidas, onde Iolly Amancio esteve presente representando os artistas da Baixada.

 

Coroando toda essa trajetória de valorização de suas raízes, em outubro de 2017, a banda de Mesquita lançou o seu primeiro álbum completo, “#SomostodosSilvas”, viabilizado pelo edital Territórios Culturais Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura e onde está a faixa “Infância”. O disco faz uma homenagem ao sobrenome mais popular do Brasil e carrega o orgulho da negritude, a luta que se enfrenta no dia-a-dia e a anti-banalização da violência contínua.

 

Atualmente a banda está em turnê com o álbum por periferias e comunidades do Grande Rio e Baixada Fluminense, levando uma imagem da valorização pessoal através da arte.

 

Veja “Infância”: https://youtu.be/pWmVr1may6M

 

Letra de “Infância”

 

Minha alegria era alguns centavos

Que as vezes eu ganhava para comprar bala

Saia correndo na rua entre os carros

No sinal fechado, carro buzinava

Ahh se meu pai me pegasse sem chinelo

 

Também pulava o quintal da vizinha

Pra roubar goiaba junto da minha tia

Quantas lembranças quantas alegrias

Tempos de felicidade quanta nostalgia

Ahh quem diria que eu roubava e a velha via

 

E a vida era um grande quintal

Que eu brincava sem nenhuma limitação

E o mundo era um grande mural

Enfeitado de sonhos pintado a carvão

Ah que saudade das pipas, dos ventos

Dos tempos que vão

 

A Banda Gente é

 

Iolly Amancio (vocal)

Wallace Cruz (guitarra)

Nico Souza (guitarra)

Clara Santos (bateria)

Jonathan Panta (baixo)

Adonis Lima (percussão)

 

Acompanhe a Banda Gente:

 

Site oficial: http://www.bandagente.com.br

Soundcloud: https://soundcloud.com/banda-gente

Instagram: https://www.instagram.com/bandagente/

YouTube: https://www.youtube.com/user/BandaGente

Twitter: https://www.twitter.com/BandaGente

Facebook: https://www.facebook.com/BandaGente

 

Concurso Drag Star

Inspirado no formato dos reality shows The Voice, XFactor e American Idol, o DragStar é um show de talentos que busca encontrar a Drag mais completa para receber o título de “Drag da Cidade: Rainha do Rival”, além de premiações em produtos e em dinheiro.

Apresentado pela dona de concurso mais carismática da cidade, Miami Pink comanda o DragStar acompanhada do time de jurados formados por Chloe Van Damme, Karina Karão, Ravena Creole e Samara Rios, que são as madrinhas da candidatas selecionadas.

Cada jurada adotou 4 candidatas na primeira etapa, que serão amadrinhadas por elas em suas performances durante a competição, as madrinhas assumirão o papel de mentoras para as candidatas ao título.

Na nossa primeira etapa apenas 16 drag queens foram amadrinhadas pelas nossas juradas! Na segunda etapa agora em Setembro as 16 candidatas irão performar e serão avaliadas pelo público e pelo jurados afim de compor os times que irão batalhar na etapa de Outubro! Você não pode perder essa noite!

Serviço
Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 19 de setembro (Quarta). Horário:19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: Setores A, B e Mezanino – R$ 30,00 (Inteira), R$ 15,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.
*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo