Mundinho Kids no Shopping Metropolitano Barra

O Mundinho Kids de abril traz muita animação para a criançada, em ritmo de Páscoa. Os pequenos que visitarem o Shopping Metropolitano Barra durante o mês poderão curtir oficinas de guirlanda e slime de Páscoa, além de decoração de bolinhos e coelhinhos em EVA.

As oficinas são gratuitas e ocorrem, das 16h às 19h, com distribuição de senhas no local. Cada sessão tem a duração de 30 minutos e a capacidade é sujeita a lotação. Em abril, o Mundinho Kids acontece no piso L2, próximo ao Cinemark. Em todos os dias de evento, o macaquinho Nico, mascote do shopping, faz uma visita no local para fotos com as crianças.

Segue abaixo a programação do Mundinho de abril:

Dia 21 – Oficina de Slime de Páscoa
A febre do momento se adapta a qualquer comemoração. Uma oficina temática para a criançada criar seu próprio slime de Páscoa.

Dia 28 – Oficina de Coelhinhos em EVA
Continuando no clima de Páscoa, a garotada vai se divertir fazendo lindos coelhinhos em EVA para guardar seu bombom.

SERVIÇO:
Mundinho Kids – Shopping Metropolitano Barra

Dias 21 e 28 de abril

Horário: Oficinas – das 16h às 19h

Local: Piso L2 – segundo piso (Próximo ao Cinemark)

Duração: Oficinas – 30 minutos por sessão. Participação mediante a distribuição de senhas limitadas no local.

Evento gratuito

Mais informações: http://www.shoppingmetropolitanobarra.com.br
Endereço: Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1.300 – Centro Metropolitano – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro.

Sobre o Shopping Metropolitano Barra

O Shopping Metropolitano Barra foi inaugurado em dezembro de 2013 no Centro Metropolitano. O empreendimento é administrado pela CCP (Cyrela Commercial Properties) e tem fluxo médio mensal de 650 mil pessoas. Com 200 lojas, o shopping reúne marcas renomadas, voltadas aos mais diferentes públicos: Zara, Zara Home, Centauro, Riachuelo, Renner, Alô Bebê, Lojas Americanas, Casas Bahia, Kalunga, Ri Happy, Camicado, academia Bio Ritmo e os restaurantes Outback, Balada Mix, Delírio Tropical e Benkei Asiático. Além desses, há diversas satélites conceituadas, como Vivara, Limits, Maria Filó, Cantão, Enjoy, Arezzo, Via Mia, Dress To, L’Occitane En Provence, Alphabeto, BB Básico, Clube Melissa, Havaianas, Imaginarium,  L’Occitane Au Brèsil, Hering e Hering Kids, Hope, Outer, Armadillo, Wollner, Mr. Cat, Borelli, Puket, Usaflex, Carmen Steffens, O Boticário e CVC, entre outras.

Pensando sempre na comodidade de seus clientes, o Shopping Metropolitano Barra foi o primeiro do Rio a lançar uma ferramenta exclusiva de e-commerce, o ON Stores. Pioneiro na indústria brasileira de shoppings, o marketplace foi lançado pela CCP, administradora do shopping, para ampliar a conveniência dos clientes e agregar oportunidades de negócios aos lojistas. A inovação foi premiada pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

Sobre a CCP Shoppings

A CCP (Cyrela Commercial Properties S.A) é uma das principais empresas de desenvolvimento, aquisição, locação, venda e administração de imóveis comerciais do Brasil. Atualmente, tem em seu portfólio de shoppings oito empreendimentos no país, localizados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Pará. Somados, abrigam mais de 1,5 mil varejistas em ABL (Área Bruta Locável) total superior a 289 mil m², dados que colocam a CCP entre as maiores administradoras de shoppings do Brasil. Desenvolvidos dentro dos mais avançados padrões construtivos, esses empreendimentos se destacam pela arquitetura moderna e funcional, localização privilegiada, potencial de retorno e permanentes práticas de sustentabilidade relacionadas à segurança, saúde e meio ambiente.

Anúncios

Fim de semana de Páscoa do Shopping Grande Rio contará com ‘caça aos ovos’ e teatro infantil

Para levar ao público todo o simbolismo que a Páscoa transmite, de fé, amor e união, o Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, realiza, neste fim de semana, eventos que prometem proporcionar muita alegria a toda família. A programação especial é gratuita e inclui uma ‘caça aos ovos’ e teatro infantil.

No sábado (20/04), a garotada do Shopping Grande Rio está convidada a participar de uma brincadeira para lá de divertida – uma ‘caça aos ovos’. As crianças participarão de uma recreação temática, que começará com um aquecimento para a grande aventura. Após esta etapa, já devidamente fantasiados de coelhinhos, eles receberão as regras da caçada e serão divididos em quatro grupos, com 30 participantes em cada. A partir daí, será dada a largada para a ‘caça aos ovos’, onde, ao final, todos levarão um delicioso brinde para casa. A brincadeira começará a partir das 15h, no corredor de acesso à loja Cacau Show.

E no domingo (21/04) será a vez da criançada assistir à peça infantil ‘A Páscoa por um fio’. A história se passa em uma confeitaria, onde uma coelhinha muito fofa, talentosa e atrapalhada chamada Lilica está determinada a fazer dessa Páscoa a melhor de todas. Para isso, ela trabalha incansavelmente em novas receitas e na decoração dos ovos.  Mas, como nem tudo são cenouras e chocolates, ela não contava que esse ano teria a presença do Amargo Pascoalete, um coelho para lá de resmungão que só tem um objetivo na vida: destruir todos os ovos de chocolate da confeitaria e acabar de uma vez por todas com essa data comemorativa. Mas, Lilica lutará com todas suas colheres para salvar a Páscoa mais uma vez. Uma aventura cheia de confusões, armadilhas, diversão e muito chocolate. O teatro começará às 16h, no corredor de acesso à loja Cacau Show.

Programação:

‘Caça aos ovos’

Dia: 20 de abril de 2019

Horário: 15h

Local: Corredor de acesso à loja Cacau Show

Grátis

Peça infantil ‘Páscoa por um fio’

Dia: 21 de abril de 2019

Horário: 16h

Local: Corredor de acesso à loja Cacau Show

Grátis

O Shopping Grande Rio fica na Rua Maria Soares Sendas, 111, São João de Meriti. Telefone: (21) 2430-5111.

Shopping Grande Rio promove oficina infantil gratuita para festejar a Páscoa

Neste domingo (21 de abril), a garotada tem programação especial no Shopping Grande Rio, onde terão a chance de participar de uma oficina gratuita sustentável, no Espaço Laboratório Ecológico (localizado no Corredor da Moda), das 16h às 18h.

Para celebrar a Páscoa, os pequenos aprenderão a confeccionar um lindo coelhinho feito com rolo de papel higiênico. Podem participar crianças de 4 a 12 anos de idade e as inscrições devem ser realizadas no mesmo dia e local, por ordem de chegada, a partir das 15h30. O evento está sujeito à lotação.

Sempre aos domingos, o empreendimento realiza atividades de educação ambiental, em parceria com a Reciclarte, que visam despertar nos participantes o aprendizado artístico, criativo e socioambiental por meio de objetos descartáveis.

 

Serviço:

Coelhinho da Páscoa com rolo de papel higiênico

Data: 21 de abril de 2019 (domingo)

Horário: Das 16h às 18h

Local: Espaço Laboratório Ecológico (Corredor da Moda)

Classificação: Crianças de 4 a 12 anos

Grátis

 

O Shopping Grande Rio fica na Rua Maria Soares Sendas, 111, São João de Meriti. Telefone: (21) 2430-5111.

A Pequena Sereia – O Musical

Ícone do imaginário infantil no início da década de 90, a história da princesa dos mares que idealiza o mundo dos humanos, A Pequena Sereia, chega a São Paulo em forma de musical com texto, adaptação e direção de André Breda.

Montagem carioca, “A Pequena Sereia – O Musical” estreia dia 20 de abril, 16h, no Teatro J. Safra, onde cumpre temporada aos sábados e domingos, até dia 19 de maio.

 

Dos mesmos criadores de “Peter Pan – O Musical”, sucesso de crítica no Rio de Janeiro, “A Pequena Sereia – O Musical” é mais um espetáculo para divertir toda a família, com lindas canções, coreografias inéditas e um cenário virtual que conduzirá o público diretamente pelo reino dos sete mares.

Baseado no conto de Hans Christian Andersen, musical conta a história da sereia Ariel que sonha conhecer os seres humanos. A vida no fundo do mar já não tem mais a paz que Tritão esperava. Sebastião até tenta deixar tudo organizado, mas Ariel e seu fiel amigo Linguado, seguem outro caminho e acabam deixando até os corais do oceano agitados. Os sonhos de Ariel são muito grandes para se limitarem ao mar e parece que seu coração também. A sereia acaba se apaixonando por um humano e será capaz de qualquer coisa para conhecer melhor o seu mundo. Para isso ela conta com a ajuda dos seus amigos e de alguém muito malvada também. Seu maior encanto é sua voz e a bruxa do mar lhe promete lindas pernas em troca deste dom, mal sabe a pequena sereia que ela tem um plano muito maior por trás disso.

Sinopse sugerida: Com texto e direção de André Breda, o espetáculo baseado no conto de Hans Christian Andersen narra a história de Ariel, a pequena sereia que sonha conhecer os seres humanos.

 

Serviço:

A Pequena Sereia O Musical

Estreia: 20 de abril – Sábado – 16h

Local: Teatro J. Safra – Rua Josef Kryss, 318 – Barra Funda

Horários: Sábados e domingos, 16h

Temporada: De 20 de abril a 19 de maio

Lotação: 633  lugares

Preços: Plateia Premium R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)

Plateia Vip R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Mezanino R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia)

Vendas: eventim.com.br

Classificação: Livre

Duração: 60 minutos

Gênero: Musical Infantil

 

Ficha Técnica

Texto, adaptação e Direção: André Breda 

Assistente de Direção: Carol Leipelt

Direção Musical: Cosme Motta

Elenco: Alain Catein, Luisa Rossi, Ana Lobo e outros

Coreografias: Arthur Rosas

Produção Geral: Jeane Dantas

Produção Artística: RPR Produções Artísticas

Realização: Ymbu Entretenimento

Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias

Rosas Periféricas comemora 10 anos com estreia de infantojuvenil cujo mote é teatro-funk

Comemorando 10 anos de atividades, o Grupo Rosas Periféricas, atuante no Parque São Rafael, zona leste paulistana, estreia no dia 20 de abril o seu novo espetáculo, Ladeira das Crianças – TeatroFunk.

A montagem tem criação e direção coletiva do grupo com dramaturgia de Marcelo Romagnoli, a partir da adaptação dos livros O Pote Mágico e Amanhecer Esmeralda, do paulistano Ferréz (autor renomado de literatura marginal periférica).

Encenada ao ar livre, a peça reflete sobre a identidade das crianças da periferia e sobre os bens culturais do território, acessados na fase infantojuvenil. Histórias de vida dos atores e expectativas das crianças da região permeiam as histórias, que são costuradas por elementos do funk – como a dança, mais especificamente o passinho, a música, o ritmo e as rimas. O trabalho é inédito também quanto à abordagem lúdica do funk em uma produção para crianças e jovens.

Todas as sessões são grátis e acontecem no período de 20 de abril e 18 de maio, com sessões na Praça Osvaldo Luiz da Silveira (Parque São Rafael), na Casa de Cultura Municipal São Rafael e no Parque Santo Dias (Capão Redondo). Esta realização é uma parceria com o VAI II, Programa de Valorização de Iniciativas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Em Ladeira das Crianças – TeatroFunk o universo das crianças periféricas ganha a cena. Seus desejos e sonhos são embalados pelo ritmo do funk. No bonde da ladeira tem de tudo: menino que sonha em ser DJ, garoto curioso para saber o que há dentro de um pote mágico, menina de cabelo de nuvem e garota que vive no mundo da lua. A peça retrata todas as pessoas que foram criança um dia e moraram na periferia.

Esta é mais uma investida do Rosas Periféricas na construção de uma narrativa ficcional documental, pesquisa e prática teatral desenvolvida pelo grupo, desde 2014. Além de memórias do grupo e objetos pessoais em cena, os atores foram ao encontro das crianças que moram na região em busca de material para as narrativas, promovendo encontros regados a músicas, cantigas e brincadeiras, além de improvisações cênicas. E Ladeira das Crianças usa o funk como linguagem para ressaltar uma identidade nascida para a simples diversão. Os atores explicam que, percebendo a força dessa manifestação no cotidiano do público infantojuvenil da periferia, a aposta foi aproximar o teatro (arte que não é muito popular na periferia) da popularidade do funk. Os elementos dessa cultura (dança, música e rimas) foram os artifícios usados para costurar as histórias e criar uma identidade com o público alvo da montagem. Para tanto, os atores fizeram diversas atividades preparatórias como aulas de passinho, workshop sobre a história do funk e oficinas de rima e beat.

“Nossa ideia foi trabalhar o ‘teatro-funk’ com toda a expressividade que a cultura funk tem na vida e no lazer dos jovens e crianças da periferia”, comentam. A inspiração veio também de trabalhos bem sucedidos de outros grupos que unem o teatro com uma vertente musical, como é o caso do ‘teatro hip-hop’, do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos, e do ‘teatro-baile, da Cia. Teatro da Investigação. “Queremos explorar essa estética e acreditamos na aproximação entre o teatro e o funk. Teatro-funk parece brincadeira, mas é uma brincadeira necessária”, concluem os integrantes do Rosas Periféricas.

O enredo

Do livro O Pote Mágico a montagem Ladeira das Crianças – TeatroFunk traz um menino da periferia de São Paulo que imagina a possibilidade de encontrar um pote mágico que transformaria sua vida. De Amanhecer Esmeralda vem a história de Manhã, uma menina pobre e sonhadora que, ao ganhar um presente especial, passa a ter uma diferente percepção do mundo e de si mesma.

O enredo se passa em uma ladeira, que o grupo chama de “ladeira da alegria”, onde a garotada se encontra, brinca e se diverte; onde tudo acontece; onde sonhos e desejos são revelados. Além dos livros adaptados dramaturgicamente, a peça é recheada de memórias pessoais dos integrantes do grupo, recolhidas no processo criativo, que se entrelaçam com narrativas das crianças que vivem nas bordas da cidade.

A identidade do grupo está, inclusive, nos nomes das personagens. Rogério MC (Rogério Nascimento) adora dançar e soltar pipas; trabalha lavando carros, gasta o dinheiro nos bailes e sonha com o pote mágico. Paulo DJ (Paulo Reis, que confessa ter sido uma criança medrosa) só quer saber de brincar; é o melhor amigo de Rogério e embarca em todos os sonhos do colega. Michele Manhã (Michele Araújo) é garota negra que sofre preconceito na escola, tem pai alcóolatra e passa necessidades, mas encontra no afeto de um professor o agente transformador que a faz se reconhecer como menina negra, transformando sua realidade. Esta passagem da peça reforça a ‘representatividade negra’ do grupo. Gabriela – A Menina da Maleta (Gabriela Cerqueira) carrega uma maleta com livros e sonha em ser escritora, enquanto recolhe material reciclável junto com a família. A maleta é objeto real de sua infância. Monica Astronauta (Monica Soares) vive no mundo da lua e sonha em ser astronauta, mas seu sonho é barrado porque, ‘como mulher’, seria no máximo uma comissária de bordo; seu companheiro é o ursinho Tobias (brinquedo que a atriz ganhou na infância).

O funk

A cultura funk é reconhecida por lei, no Rio de Janeiro, sendo a manifestação considerada patrimônio cultural, desde 2009. O ritmo já foi criminalizado e os bailes chegaram a ser proibidos em alguns locais. Os adeptos, porém, defendem que o funk retrata a realidade da periferia, com suas qualidades e seus defeitos, e ressaltam o preconceito da elite com essa manifestação que foi idealizada e é vivenciada, principalmente, por negros e por pobres.

Ficha técnica

Texto: Grupo Rosas Periféricas – livremente inspirado nos livros Amanhecer Esmeralda e O Pote Mágico de Ferréz. Dramaturgia: Marcelo Romagnoli. Direção: O Grupo. Elenco: Gabriela Cerqueira, Michele Araújo, Paulo Reis, Monica Soares e Rogério Nascimento. Coreografia: Michel Quebradeira Pura Oficina de construção de rimas: Preta Rara. Oficina de história do funk: Renatta Prado. Oficina de passinho: Michel Quebradeira Pura. Músicas: MC Kelvin Alves e Michele Araújo. Produção musical: Fez Santos e Leony Fabulloso Preparação musical: Rogério Nascimento. Figurinos: Isa Santos. Cenário: Patrícia Faria. Produção cenográfica: Paula Rosa e Camila Olivetti. Design gráfico e ilustração: Laís Oliveira. Fotografia: Daniela Cordeiro. Vídeo: Coral Alvarenga. Produção artística: O Grupo. Produção executiva: Michele Araújo e Paulo Reis. Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação. Produção geral: Michele Araújo Realização: Grupo Rosas Periféricas.

SERVIÇO

Espetáculo: Ladeira das Crianças – TeatroFunk

50 minutos. Livre. Teatro de rua infantojuvenil

Entrada grátis.

Informações: (11) 97983 4902 e (11) 995159-5918

https://rosasperifericas.wixsite.com/rosasperifericas

Facebook: @rosas.perifericas | Instagram: @rosasperifericas

Apresentações / abril

Dias 20 e 27 de abril. Sábados, às 17h

Local: Praça Osvaldo Luiz da Silveira. Parque São Rafael, São Mateus/SP.

Dias 26 e 27 de abril. Sexta, às 16h30, e sábado, às 17h

Local: Casa de Cultura Municipal São Rafael

Rua Quaresma Delgado, 354 – Parque São Rafael, São Mateus/SP.

Apresentações / maio

 

Dias 2, 3 e 9 de maio. Quinta, sexta e quinta, às 16h30

Local: Casa de Cultura Municipal São Rafael

Rua Quaresma Delgado, 354 – Parque São Rafael, São Mateus/SP.

 

Dias 4, 10 e 11 de maio. Sábado, sextas e sábados, às 17h

Local: Praça Osvaldo Luiz da Silveira. Parque São Rafael, São Mateus/SP.

 

Dias 17 e 18 de maio. Sexta e Sábado, às 17h

Local: Parque Santo Dias

Rua Arroio das Caneleiras, 650 – Conj. Hab. Instituto Adventista – Capão Redondo/SP.

Vaga para escolas assistir a preço popular Espetáculo Infantil “Um Índio na Cidade”

As tradições indígenas são bem diferentes da cidade grande e quando um índio chega pela primeira vez na cidade, muita coisa boa vai nos ensinar. A árvore é sua amiga e as suas tradições vão ajudar todos a preservar o meio ambiente. Juzio é um índio que respeita suas tradições e a natureza, levará um tempo para se acostumar com a poluição, mais vai conseguir passar a sua mensagem. O índio Juzio é destinado para a cidade do Rio de Janeiro na missão de mudar o comportamento de todos, para que possam parar de poluir o meio ambiente e preservar a natureza.
Quando o índio Juzio vai para a cidade, certamente mudanças no seu comportamento serão constantes e de toda cidade. As tribos mostram e cultivam a resistência, cultura, ecologia, saúde, arte, forca, ensinamentos centenários, fé e sustentabilidade, tudo com uma administração que não possui igual, e economicamente equilibrada, quando não conseguimos ver tal habilidade nas cidades, lembrando da eficiência em preservação e conservação, tanto dos recursos naturais, que por muito tempo teve somente os próprios índios como administradores fazendo um trabalho de consumo e reposição natural, não vista até hoje nas grandes cidades e países. Passos importantes já foram tomados levando as ervas e plantas da medicina popular e indígena para diversas unidades de saúde, quando podemos avaliar a efetiva eficiência na contribuição das tribos para uma sociedade melhor.
Classificação Livre
Texto e Direção: Herik Wooleefer
Som e Iluminação: Ju Yao
Figurino: JuYao
Cenografia: CAW
Produção: CAW (@caw.artes)
Duração: 50 minutos
Elenco
Gustavo Celeste
Guilherme Gandolfo
Alexandre Alves
Matheus Porto
Vitor Senra
Gabi Neves
José Santos
Alessa Gomes

.
Dia: 11/04 – 14:00 e 15:30
 (sessão fechada para escolas no valor de R$5,00 por aluno)
Teatro Armando Gonzaga – Marechal Hermes – Rio de Janeiro
Av Gal Osvaldo Cordeiro Farias, 511

 

Shopping Grande Rio promove experiência exclusiva ligada ao Time Brasil

De 26 de março a 7 de abril, o Shopping Grande Rio, empreendimento do grupo Aliansce, recebe um circuito itinerante do Time Brasil, ligado ao Comitê Olímpico do Brasil. O espaço conta com quatro arenas com entretenimento esportivo, painéis informativos e um pódio, cenário ideal para fotos. A ação tem entrada gratuita e faz parte de uma iniciativa da Aliansce, que levará esta experiência aos 19 empreendimentos da rede.

Um dos destaques do circuito são as arenas esportivas que devem aproximar o público de esportes olímpicos como Futebol, Basquete, Ciclismo e Golfe. O ‘Corner Time Brasil’ será ainda uma oportunidade para o visitante conhecer mais sobre o que é o Time Brasil, o COB, os esportes olímpicos, as medalhas olímpicas do Brasil, curiosidades e nossos heróis olímpicos.

Patrocinadora do Comitê Olímpico do Brasil desde 2016 e única empresa de shopping centers a apoiar oficialmente os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, a Aliansce mantém um amplo calendário de ações educativas e recreativas ligadas à prática esportiva em sua rede de shoppings.

“As atrações exclusivas do Time Brasil compartilham o legado dos nossos atletas olímpicos e são a chance de mostrar, principalmente para as crianças, a importância do esporte na vida”, destaca Ana Paula Niemeyer, gerente de Marketing da Aliansce.

O circuito itinerante do Time Brasil está localizado na portaria Principal do Shopping Grande Rio e funcionará de segunda a sexta, de 14h às 20h e sábados, domingos e feriados, das 13h às 20h.

Serviço:

Shopping Grande Rio promove experiência exclusiva ligada ao Time Brasil

Período: De 26 de março a 7 de abril de 2019

Horário: De segunda a sexta, das 14h às 20h, e sábados, domingos e feriados, das 13h às 20h.

Local: Portaria Principal, em frente ao Habib’s

Entrada Gratuita

O Shopping Grande Rio fica na Rua Maria Soares Sendas, 111, São João de Meriti. Telefone: (21) 2430-5111.