“Conselho de Classe” em 23/07

A vontade de refletir sobre a precariedade do ensino público no país e as relações de poder nas escolas levou o dramaturgo Jô Bilac a escrever o espetáculo “Conselho de Classe”, que estreou em 2013 com a Cia dos Atores, ganhou diversos prêmios de teatro e inúmeras montagens ao longo dos anos. O texto também inspirou a criação da série “Segunda Chamada”, exibida pela TV Globo, que vai lançar sua segunda temporada. A partir de 23 de julho, a consagrada peça ganha uma adaptação virtual, com direção de Fabio Fortes, que situa a história no contexto da pandemia, com aulas e reuniões em formato online. Com sessões ao vivo de sexta a domingo, às 20h, o espetáculo será exibido gratuitamente no Youtube do festival Niterói em Cena (https://bit.ly/2YU6VzI), com possibilidades de contribuição voluntária.

A trama acompanha uma reunião de conselho escolar, em uma escola pública carioca, depois de uma diretora ser agredida por alunos e entrar em licença médica. A briga é tema de reunião virtual com as professoras Célia, de Matemática (Jacqueline Lobo), Edilamar, de Educação Física (Vivian Sobrino), Mabel, de Artes (Dárdana Rangel), e Paloma, da Biblioteca (Carmen Frenzel) e o novo diretor, João Rodrigo (Fábio Enriquez).

“A peça une dois elementos fundamentais da experiência humana: arte e educação. Eu e todo o elenco somos professores, além de atores, e queremos refletir como a educação no nosso tempo está ultrapassada. Com a montagem do espetáculo, a gente consegue tirar essa discussão do âmbito escolar e passa para o social na luta pela melhoria da educação”, observa o diretor Fabio Fortes. “Eu e os atores adaptamos a peça para o ambiente virtual, levando em conta os novos desafios enfrentados pelos professores e alunos durante a pandemia, com aulas virtuais e o uso da tecnologia. Não foi nada fácil dar vida a personagens tão complexas através das telas de computador, mas temos que trabalhar para encontrar novas formas de teatro neste momento tão difícil”, acrescenta.

O dramaturgo Jô Bilac conta que sempre gostou de participar de conselhos de classe, quando era permitida a presença de estudantes, para entender os mecanismos de poder dentro das escolas. “Com essa peça, eu comecei a fazer teatro político mais diretamente ao falar das condições de alunos e professores em um país desequilibrado”, lembra o autor. “Queria refletir sobre essa instituição que ensina o verbo “to be”, mas não ensina os direitos e deveres de um deputado estadual, um senador, os limites de poder de um presidente, por exemplo. E o que faz ainda esse lugar ser ainda tão conservador?”, reflete.

Sobre Fabio Fortes

Fabio Fortes é criador e diretor do Festival Niterói em Cena, realizado há 13 anos no município fluminense, com atrações plurais que traçam um panorama do teatro contemporâneo. Formado pela UniRio, dirigiu os espetáculos “Terror e Miséria no Terceiro Reich”, de Bertolt Brecht, e “O quintal de Manoel”, infantil inspirado em poemas de Manoel de Barros. “Conselho de Classe” é a sua primeira direção de teatro virtual.

Sobre Jô Bilac

Dramaturgo e roteirista carioca de 36 anos, Jô já participou do Salão do Livro em Paris, França; Feira do Livro em Frankfurt, Alemanha; Feira do Livro em Gotemburgo, Suécia; Festival Ibero Americano Bogotá, Colômbia; e Literatura e Arte, de Bolonha, Itália. Suas peças já ganharam montagens internacionais em Bogotá, Nova York, Suécia, Itália, Londres e seus livros já foram adotados por escolas e universidades como UNIRIO e USP. Entre suas dramaturgias de destaque estão “Os Mamutes”, “Savana Glacial”, “Conselho de Classe”, “Beije minha lápide, “Cachorro!”, “Rebú”, “fluxograma” “Insetos”, “P.I”, entre outras. Como autor ganhou os prêmios prêmio Shell, APCA, APRT, Cesgranrio e Aplauso Brasil. Criador da série “Segunda Chamada”, da TV Globo, inspirada na sua peça teatral “Conselho de Classe”.

Ficha Técnica:

Texto: Jô Bilac

Direção e adaptação: Fabio Fortes

Participação Especial (voz em off): Teuda Bara

Elenco e adaptação: Carmen Frenzel, Dárdana Rangel, Fábio Enriquez, Jacqueline Lobo e Vivian Sobrino.

Direção de Arte: Renata Egger

Iluminação: Bruno Henrique Caverninha

Programação Visual: Marcos Ácher

Edição Audiovisual: Tairone Vale.

Produção Executiva e Operação da Plataforma Digital: Rodrigo Sundin

Produção Executiva: Moreno Almeida

Assistente de Produção: Anna Clara Almeida

Assessoria de Imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)

Direção de Produção: Fabio Fortes

Produção: F2 Produções Artísticas

Serviço:

Conselho de Classe

Temporada: de 23 de julho a 1º de agosto

Dias e horários: 6ª a dom., às 20h.

Onde assistir: Canal do Youtube do Niterói em Cena

(https://www.youtube.com/channel/UCDogXa3n4rtuBVg23M5CEhg)

Ingressos: Gratuitos, com opção de contribuição voluntária

Tempo de duração: 45 minutos

Classificação etária: 12 anos