As Desmemorias da Emília- A Marquesa de Rabicó

Emília – A Marquesa de Rabicó, a boneca mais famosa do mundo da literatura infanto-juvenil, resolveu escrever suas “desmemorias”, que segundo ela, são fatos esquecidos com meias verdades inteiras contadas do seu jeitinho. Para tal missão, ela resolveu contar com a ajuda do seu amigo inseparável: O sábio Visconde de Sabugosa.
Espetáculo 3 estrelas pela Crítica da Folha
Espetáculo 2 estrelas pela Crítica da Veja

Ficha Técnica:

Direção e Concepção: Muriel Vitória
Iluminação:  Iohann Iori Thiago
Produção:  Grupo Trapo
Elenco: Vitória Rabelo ( Emília ) , Diego Britto ( Visconde ), Isaque Patrício ( Pedrinho ), Marília Pacheco ( Dona Carochinha ), Lucas Soares ( Príncipe Escamado ) e Layana Cattoni ( Cuca )

Serviço:
Espetáculo “As Desmemorias da Emília- A  Marquesa de Rabicó ”
Teatro Raposo – Sala Irene Ravache Shopping Raposo
Rodovia Raposo Tavares km 14, 5, 11A – Jardim Boa Vista (Zona Oeste), São Paulo – SP
De 06 a 27 de fevereiro de 2021
Sábados as 16:00 hrs
Gênero: Infanto-Juvenil
Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: 07 anos

Valor do Ingresso: $50,00  inteira e $25,00 meia 

Sobre o Grupo Trapo
Grupo Trapo que completa 21 anos de trabalho, volta à cena com uma temporada do espetáculo infanto-juvenil “As Desmemorias da Emília – A  Marquesa de Rabicó ” concebido e dirigido pelo jovem diretor Muriel Vitória. A história é uma ficção baseada na obra de Monteiro Lobato (A obra do autor entrou em Domínio Público em 2019)
Emília decide escrever suas desmemorias, que são memórias contadas de um jeitinho diferente e especial, pois trata-se de fantasia, para isso ela conta com a ajuda do Visconde de Sabugosa e de outros personagens do sítio: Pedrinho, D.Carochinha, Príncipe Escamado resolvem contribuir com as tais desmemorias, inclusive fazendo com que a Boneca de Pano reflita sobre sua existência. O que eles não poderiam esperar era por uma visita inesperada da Cuca – a Jacaroa mais temida do Sítio do Picapau Amarelo.
 www.facebook.com/grupotrapo  http://www.instagram.com/grupotrapo

Histórico do Grupo/ Cia ou Artista: Grupo Trapo é um grupo de teatro da cidade de São Paulo, criado em 2000 pelo ator e diretor Muriel Vitória. Desenvolve trabalhos baseados em comportamentos humanos e cultura popular, utilizando como expressão e estética os elementos corporais pautados no Teatro de Investigação Corporal. Tem como foco montagens teatrais oferecidas a espaços populares para difundir a arte a todos os tipos de público e fomentar temas que são pertinentes na sociedade atual, mediadas principalmente, por questões que afetam a todos diretamente ou indiretamente seja nos conceitos, nas relações pessoais ou até mesmo na pr&am p;am p;oa cute;pria arte, na crença, na cultura popular. Atua diretamente na região do extremo sul da cidade de São Paulo. Apoia iniciativas e luta há onze anos com ações que visam o estreitamento de laços entre a arte e a sociedade.
Montagens Realizadas

“ As Desmemorias da Emília – A Marquesa de Rabicó ” 2019
Teatro Folha
Projeto de Circulação Biblioteca Viva ( Secretaria Municipal de Cultura –SP )
Teatro Municipal de Mococa-SP
Auditório Claudio Santoro – Campos do Jordão-SP
Teatro Municipal Waldir Silveira Mello – Marília-SP
Teatro Estação das Artes – São João da Boa Vista-SP

“ Escola de Mulheres 2000 D/C ” – 2019
Teatro Amadododito
Ceu das Artes – Sorocaba-SP
Auditório Claudio Santoro – Campos do Jordão-SP
Teatro Municipal Waldir Silveira Mello – Marília-SP

“ O Banquete no Éden ” – 2019
Nosso Canto- Teatro Sede do Grupo Trapo
Festival Satyrianas 2019 – Estação Satyros

Abelha Rainha
Teatro Amadododito – São Paulo-SP _ Junho e Julho _ 2016
Teatro Municipal Arthur de Azevedo – SP _ Outubro 2017

“O Quintal da Casa de Doroty ” inspirado livremente na obra de L. Frank Baum.
– Teatro Municipal Adelia Lorenzetti – Lençóis Paulista/SP _ 2017
– Teatro José Goulart – Franca/SP _ 2017
– Festival das Artes – Teatro Nósmesmos – Itu/SP _ 2017
– Teatro Frida Kahlo – São Paulo/SP _ 2015
– Festival de Inverno – Serra do Itapety – Mogi das Cruzes/SP _ 2015

“O Planeta Fantástico do Principezinho” inspirado na obra de Antoine de Sant- Exupéry;
– Teatro Municipal Adelia Lorenzetti – Lençóis Paulista/SP _ 2017
– Teatro Mario Covas – Caraguatatuba/SP _ 2017
– Centro Cultural Jd. Morada do Sol – Indaiatuba/SP _ 2017
– Festival das Arte – Teatro Nósmesmos – Itu/SP _ 2017
– Teatro Jardim Sul – São Paulo/SP _ 2016
– Biblioteca Monteiro Lobato – São Paulo/SP _ 2015
– Festival de Inverno – Serra do Itapety – Mogi das Cruzes/SP _ 2015
– Sesc Piracicaba – Piracicaba/SP _ 2014

“O Sorriso do Gato de Alice”, inspirado na obra de Lewis Carrol. Diretor: Muriel Vitória; – Teatro Municipal Adelia Lorenzetti – Lençóis Paulista/SP _ 2017
– Teatro Mario Covas – Caraguatatuba/SP _ 2017
– Teatro José Goulart – Franca/SP _ 2017
– Centro Cultural Jd. Morada do Sol – Indaiatuba/SP _ 2017
– Teatro Municipal de Barueri – Barueri/SP _ 2017
– Circulação pelas Bibliotecas públicas na cidade de São Paulo (Biblioteca Pública Hans – – Cristian Andersen; B.P. Padre José de Anchieta; B.P. Viriato Corrêa; B.P. Belmonte;-

– B.P. Monteiro Lobato; B.P.Mário Schenberg e B.P. Álvares de Azevedo _ 2014 — Festival de Teatro da cidade de São Paulo – Teatro União Cultural – Indicação aos prêmios de: Iluminação, Figurino e Cenografia – São Paulo/SP _ 2014
– Sesc Piracicaba – Piracicaba/SP _ 2014

“Levi ”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória;
– Teatro Oscarito – São Paulo/SP _ 2013
– Casa de Cultura Professora Maria Bove Conegliean – Lençóis Paulista/SP _ 2015

“Senhora Sertão, Menina”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória;
– Teatro Municipal de Osasco – Osasco/SP _ 2015
– Cine Teatro Coronel Raimundo – Santana de Parnaíba/SP _ 2014
– Teatro Amadododito – São Paulo/SP _ 2012
“Ave, Maria”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória;
– Teatro Amadododito – São Paulo/SP _ 2015

“Salve Rainha”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória;
– Teatro Amadododito – São Paulo/SP _ 2015

“Pane no Circo”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória;
– Cine Teatro Coronel Raimundo – Santana de Parnaíba/SP _ 2014
– Casa de Cultura Professora Maria Bove Conegliean – Lençóis Paulista/SP _ 2014
– Festival Nacional de Teatro – Congonhas/MG _ 2013
– Teatro Amadododito – São Paulo/SP _ 2011
– Festival Agosto d’arte – Ceu Casa blanca – São Paulo/SP _ 2009

“O Sítio e Alice”, Baseado na obra de Monteiro Lobato. Dir. e adaptação: Muriel Vitória (2005);
– Centro Cultural Valdelice – Embu das Artes/SP _ 2005

“Chega de Estresse”, de Muriel Vitória. Diretor: Muriel Vitória
– Festival de teatro Ruth Escobar – São Paulo/SP _ 2003