“Amazona” nas ruas da Cinelândia

Os arredores da praça da Cinelândia servirão de cenário para a encenação de “Amazona”, thriller itinerante que reestreia no próximo dia 9 de fevereiro no Centro do Rio. Com texto e direção de Ricardo Cabral, o espetáculo imersivo do grupo Teatro Caminho conta a história de quatro mulheres que lideram a vingança da terra sobre a cidade. Além das sessões presenciais, a peça terá transmissão ao vivo pelo YouTube com intérprete de libras.

A encenação convida o público para uma ação poético-botânica: plantar sementes pelas frestas do concreto e nos buracos do meio-fio, esperando o dia em que a mata vai brotar pelo asfalto e tomar a cidade. A peça estreou em 2018 no Rio e, desde então, percorreu cidades como Lisboa e Belo Horizonte.

Para construir a dramaturgia original, ao longo de sete meses de trabalho, o grupo realizou uma série de performances – ou aventuras – em um processo que contou com mais de 20 artistas colaboradores. “Tivemos um aulão de subidas em árvore no canteiro central da Presidente Vargas. Uma artista cruzou a Rio Branco costurando à roupa os lixos que encontrava pelo chão. Eu passei dias regando o concreto da praça Tiradentes e do largo da Carioca”, relembra o diretor e dramaturgo. “A partir dos materiais que coletamos e das histórias que ouvimos, chegamos à história dessas mulheres que abrem mato sobre o asfalto esperando o dia em que a natureza vai tomar a cidade.”

Sobre o grupo

A reestreia de “Amazona” celebra os sete anos do Teatro Caminho. Baseado no Rio de Janeiro, o coletivo nasceu em 2014 e, desde então, tem investigado especialmente as implicações entre cena, espaço e itinerância. Seu primeiro trabalho foi “Casa vazia”, espetáculo de 24 horas de duração que acontecia em casas da cidade. Em 2017, a companhia estreou “Eu vou aparecer bem no meio do seu sonho”, site-specific que levava o público pelas ruínas de uma biblioteca abandonada. Em 2018, realizaram pelo Centro do Rio a série de ações “aventuras estranhas”, da qual nasceu “Amazona”, e, em 2020, estrearam o solo “O filho do presidente”, primeira produção brasileira especialmente concebida para o live streaming.

Protocolos de segurança

O espetáculo foi adaptado para atender às restrições impostas pela pandemia da Covid-19 e segue os protocolos de segurança determinados pelas autoridades de saúde. Elenco e público reduzido usarão máscaras durante toda a sessão e o espetáculo incorporou na dramaturgia a medição da temperatura dos espectadores, a distribuição de álcool em gel e o monitoramento da distância segura entre o grupo.

Mais informações em teatrocaminho.com

Instagram: @teatrocaminho

FICHA TÉCNICA:

Elenco | Anna Clara Carvalho, Camila Costa, Chris Igreja, Marcéli Torquato e Victor Seixas

Direção Geral e Dramaturgia | Ricardo Cabral

Direção de Arte | Anna Clara Carvalho e Gunnar Borges

Direção de Produção | Aline Mohamad

Realização | Teatro Caminho

SERVIÇO:

Amazona

De 9 a 14 de fevereiro de 2021

Horários: 9, 10, 11 e 12 (terça a sexta) às 20h | 13 e 14 (sábado e domingo) às 18h e às 20h

Local: Praça Floriano (Cinelândia) – O ponto de encontro exato será informado no ato da reserva

Gratuito (Reservas pelo telefone 21 98091-4194)

Capacidade: 8 pessoas

Duração: 70 minutos

Obrigatório o uso de máscaras durante toda a sessão

Transmissão ao vivo no canal Teatro Caminho no Youtube