Green Rio 2020 ganha formato digital e promove parcerias internacionais em Bioeconomia

Um dos mais importantes eventos sobre bioeconomia no Brasil, o Green Rio, confirma sua nona edição em 2020, migrando para o mundo digital. Pela primeira vez, o evento terá três etapas: nos dias 8 e 9 de outubro, quando acontecerão as conferências temáticas, a partir das 9h, e a apresentação de soluções para pequenos e médios produtores; nos dias 13 e 14, datas em que serão realizadas rodadas remotas de negócios e, fechando o evento, de 24 a 26, haverá o desafio de inovação. Com inscrições antecipadas, o Green Rio online poderá ser acompanhado gratuitamente no site www.greenrio.com.br.

A pandemia influenciou não só o modelo do evento, mas também as temáticas que serão abordadas. Segurança alimentar, saúde e rastreabilidade de produtos, com foco nas tendências pós-Covid-19, ganharão destaque na edição deste ano.

“À medida que a população global continua a crescer, cresce também a urgência da buscar soluções para garantir um fornecimento seguro e sustentável aos consumidores em todo o mundo” afirma Maria Beatriz Costa, organizadora do Green Rio online.

Pelo quarto ano consecutivo, o Green Rio contará com uma delegação da Alemanha para realizar o “German-Brazilian Bioeconomy Workshop”. No primeiro dia de evento, 8 de outubro, haverá  uma chamada bilateral Brasil-Alemanha, abordando dois temas abrangentes: biomassa (incluindo o uso de bioinsumos) e plantas medicinais e aromáticas. Representando o Ministério da Educação e Pesquisa da Alemanha, Andre Noske ainda apresentará o programa de bioeconomia da Alemanha, do qual constam parcerias internacionais. Além disso, especialistas da Alemanha e do Brasil discutirão a preservação do solo e proteção das abelhas.

Outra parceria internacional a ser celebrada no Green Rio será a do Sesc/Mesa Brasil e Food Nation, que é uma iniciativa do governo da Dinamarca, que promove segurança alimentar em todos os elos da cadeia, reconhecida por sua inovação e compromisso com sustentabilidade. A sinergia entre Mesa Brasil e Food Nation será apresentada dia 9, no painel “Saúde Planetária”, no qual o presidente da Fecomércio, Antonio Florêncio Queiroz e a gestora do Programa Food Nation assinarão uma carta de intenções.Ainda no dia 9, ocorrerá o lançamento do desafio para pequenos agricultores, explorando possibilidades de conexão entre bioeconomia e agricultura familiar. Também será dedicado um espaço especial à Amazônia, no qual serão discutidos temas como Bioeconomia da Floresta em Pé, Como garantir cadeias de abastecimento sem desmatamento e Pan-Amazônia.

Entre os palestrantes confirmados estão o secretário Fernando Schwanke (Ministério da Agricultura), Maritta Koch-Weser (Rainforest Business School), Ingo Plöger (empresário) e Carlos Nobre (Amazônia 4.0).

O Green Rio online também precisou fazer adaptações para contemplar os expositores. Com importante papel no fomento ao setor de orgânicos, o evento promoverá, nos dias 13 e 14, uma interação entre expositores e compradores, além de apresentação de vídeos para que o consumidor conheça os produtos e escolha o que comprar.

Já estão confirmadas para o encontro de negócios parceria com SindRio (restaurantes); compradores de lojas de varejo e farmácia de São Paulo e Rio; e polos de gastronomia e hotelaria. Representantes internacionais farão parte do networking digital.

Para fechar o evento, será realizado o desafio de inovação, de 24 a 26 de outubro, em parceria com o Sebrae. A iniciativa funcionará como uma maratona online, buscando soluções para a cadeia produtiva da bioeconomia e do pequeno produtor rural, através de temas como inovação em produtos florestais, irrigação e planejamento de produção.

Reconhecido como plataforma relevante para negócios sustentáveis, desde maio, mês em que tradicionalmente o evento ocorreria, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, os organizadores do Green Rio vêm promovendo webinars com temáticas do evento. “A janela virtual tem um potencial enorme a ser explorado. O excelente resultado que alcançamos com essas prévias, nos dá a certeza de que o Green Rio online será um sucesso”, prevê Beatriz.

Sobre o Green Rio

 O Green Rio teve sua primeira edição em 2012, quando foi um side-event da Rio+20. Ao longo desses oito anos, o evento se firmou como plataforma de negócios sustentáveis que reúne expositores, palestrantes e representantes da economia verde e do setor orgânico. Em rodadas de negócios, o Green Rio já movimentou até hoje mais de R$ 8 milhões.

Confira a programação das conferências:

8 de Outubro, 2020

Tradução simultânea / Transmissão simultânea

Este workshop será gravado

8:30 – Abertura, Boas vindas e Lançamento Chamada Conjunta Bioeconomia Brasil-Alemanha 2020

– Green Rio 2020 – Maria Beatriz Martins Costa (10’)

– German Federal Ministry for Food and Agriculture – Director General Dr. Eva Müller (10’)

– Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Secretário Fernando Schwanke (10’)

– Ministério da Ciência,Tecnologia e Inovações – Secretário Marcelo Morales  (10’)

Declarações dos Ministérios Federais da Alemanha sobre a Estratégia de Bioeconomia da Alemanha renovada e sua implementação e sobre a Chamada Conjunta e seu valor para a Cooperação em Bioeconomia Alemanha / Brasil

– Dr. Andrea Noske, German Federal Ministry for Education and Research (10’)

– Dr. Hans Jürgen Froese, German Federal Ministry for Food and Agriculture (10’)

09:40 – Apresentação da Chamada Conjunta (incluindo especificações para os requisitos do programa)

– FINEP – Representante da FINEP (10’)

– PtJ – Dr. Veronika Jablonowski (10’)

– FNR – Carina Lemke (10’)

FIM DA CHAMADA CONJUNTA

Obsv: As perguntas deverão ser encaminhadas por e-mail e serão respondidas após o evento.

Sessões Temáticas Conjuntas

Obvs: Cada painel não poderá exceder 40 minutos

10:15 – Uso Industrial da Biomassa

Estado da arte e benefícios da cooperação  

– Brazil – Eduardo Couto – Diretor do Laboratório Nacional de Biorenováveis  (15’)

– Alemanha – Prof Unkelbach, Fraunhofer Center for Chemical-Biotechnological Processes (tbc) (15’)

– Instituição convidada – Cleber Soares – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (10’)

11:00 – Plantas Medicinais e Aromáticas

Estado da arte e benefícios da cooperação   

– Brasil – UNISC – Prof. Dr. Sandro Hillebrand (15’)

– Alemanha – Dr. Frank Marthe, Julius-Kühn-Institute (15’)

– Instituição convidada: Dr. Roberto Fontes Vieira – Embrapa Recursos Genéticos (10’)

11:45 – Saúde do Solo

Estado da arte e benefícios da cooperação   

– Brasil – Rachel Bardy Prado (15’)

– Alemanha – Dr. Nendel, Leibniz Centre for Agricultural Landscape Research (ZALF) (tbc) (15’)

– Prof. Dr. Kornelia Smalla Julius-Kühn-Institute, (15’)

– Instituição convidada – Luiz Demattê – Câmara Técnica Agricultura Orgânica       

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (10′)

13:00 – Cadeia de cosméticos e Objetivos do Desenvolvimento

14:00 – Desenvolvimento Regional e Bioeconomia

– MAPA – Marco Pavarino (10’)

– MCTI – Cadeias produtivas da Bioeconomia – Bruno Nunes (10’)

– Itu e Região Metropolitana de Sorocaba- Prefeito de Itu, Guilheme Gazzola (10’)

– Mato Grosso do Sul Case – Secretário Jaime Verruck (tbc) (10’)

– Paraná – Ramiro Wahrhaftig, Presidente da Fundação Araucária (tbc) (10’)

9 de Outubro, 2020

Tradução simultânea / Transmissão simultânea

09:00 – Agenda Temática – Proteção das Abelhas

Estado da Arte e Benefícios da Cooperação  

– Brasil – Osmar Malaspina – UNESP (15’)

– Alemanha – Dr. Jens Pistorius, Julius Kühn Institute (15’)

– Instituição convidada – Ana Lúcia Assad – Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.) (10’)

09:50 – Desafio de Soluções Tecnológicas para a Bioeconomia e SocioBiodiversidade

– MAPA – Marco  Pavarino (10’)

– MCTI – Bruno Nunes (10’)

– SEBRAE – Luiz Carlos Rebelatto dos Santos (10’)

– EMBRAPA – Maria Clara Valadares Inglis (tbc) (10’)

10:40 – Amazônia e a Bioeconomia da Floresta em Pé

– Rainforest Business School Maritta Koch-Weser (10’)

– UEA – Universidade do Amazonas – Reitor Cleinaldo Costa (10’)

– Amazonia 4.0 – Carlos Nobre (10’)

– BMEL – Ensure deforestation-free supply chains – Thomas Baldauf (10’)

– Fundação Amazônia Sustentável – Virgilio Viana (10’)

– FINEP – Marcelo Bortolini (10’)

11:50 – Amazônia: Bioeconomia, Agronegócio e Agregação de Valor

– GIZ – Frank Kraemer (10’)

– Amazonas State Secretary of Science and Technology – Tatiana Schor (10’)

– ABAG – Marcello Brito (10’)

– CEAL – Ingo Plöger (10’)

– Instituto SEBRAE AMAZONAS (10’)

– Instituto Escolhas – Sérgio Leitão (10’)

13:00 – Segurança Alimentar – Custos Sociais e Ambientais do Desperdício de Alimentos – Saúde Planetária

– MESA BRASIL/SESC and Food Nation / Denmark (20’)

– Universidade de São Paulo (USP) – Antonio Saraiva (10’)

– Instituto Brasil Orgânico – Rogério Dias (10’)

13:50 – Investimentos Sustentáveis (40′)