Produtora inova ao criar oficinas de artes on-line gratuitas para crianças e jovens carentes

Fazendo da crise uma oportunidade de se reinventar no campo da produção e gestão cultural, a Produtora Constelar, com mais de 80 prêmios teatrais, criou um formato inovador de conteúdos digitais. Responsável pela programação do Teatro PetroRio das Artes, na Gávea, suspensa por conta da pandemia, a empresa comandada por Tatiana Trinxet se comprometeu a não paralisar sua frente de maior impacto social: as oficinas gratuitas de artes cênicas. Um dos pilares do Festival Arte Por Toda Parte, que promove a democratização no acesso e do protagonismo cultural, essas oficinas oferecem aulas a 120 crianças e adolescentes de comunidades da região, realizadas até 2019 no palco do teatro, que leva o naming rights da PetroRio, uma das maiores empresas independentes de produção de óleo e gás natural do Brasil, patrocinadora do projeto. Frente ao cenário de isolamento social e ciente do papel transformador da arte na vida das pessoas, principalmente dos mais carentes, a gestora resolveu apostar 100% no digital e contratou novos profissionais especializados em plataformas e redes sociais, para levar cultura e educação de qualidade não só para os inscritos nas oficinas de 2020, como para qualquer outro jovem interessado.

Assim nasceu o canal “Produtora Constelar”, no YouTube, que lança a playlist “Oficina Teatro Online”. A cada semana, duas de um total de 24 videoaulas serão liberadas nos próximos três meses, sendo a primeira delas, às 11h, para alunos entre 8 e 11 anos, comandada pelo professor Zé Helou, e a segunda às 11h30, para a faixa dos 12 aos 16 anos, com a professora Viviana Rocha. Quem estiver inscrito nas turmas terá poderá interagir diretamente com os professores através dos comentários, durante 45 minutos. Os conteúdos envolvem jogos, improvisação, criação de máscaras gregas, entre outros. Aqueles que não tenham conseguido vaga nas oficinas deste ano terão acesso ao mesmo conteúdo, porém como espectador, expandindo assim o alcance do projeto de arte-educação.

Pais, alunos, mestres e produção estão reunidos em grupos de Whatsapp para a circulação de informativos sobre a oficina e o recebimento dos exercícios propostos na última videoaula.