O Gigante Adamastor, da Cia O Grito, está disponível on-line

Enquanto aguarda passar a crise de saúde, por conta do novo Coronavírus, o grupo de teatro O Grito, que teve suspensa a temporada de seu premiado espetáculo O Gigante Adamastor, dirigida por Roberto Morettho, convida a criançada que está casa para assistir o espetáculo inspirado em Os Lusíadas. Assista neste linkhttps://youtu.be/hxexCLc2rHI

Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem 2018 de melhor iluminação(Robson Lima) e eleita uma das melhores de 2018 pelo Guia da Folha,a peça infantil é baseada no Canto V de Os Lusíadas, de Luiz Vaz de Camões.

A peça conta a história de Pedro e seu irmão caçula Zito, moradores de uma cidade praiana que recebe um circo misterioso. Com a chegada da trupe e o sumiço de Pedro, Zito terá de desvendar grandes mistérios e enfrentar seres mitológicos nesse circo mágico. Em cena, os atores trocam de personagens para contar a história de um gigante que cai de amores por uma delicada ninfa que o rejeita. O sofrimento do grandalhão faz com que ele sopre sobre o mar, gerando ondas enormes no cabo das tormentas onde navios acabam naufragando. A encenação, segundo o diretor Roberto Morettho, não é realista.

 

Os atores fazem às vezes de narradores, personagens e ainda manipulam bonecos. Os papeis também não são fixos e nem dependem dos gêneros dos intérpretes –  o ator Wilson Saraiva também interpreta mulheres e as atrizes JuniaMagi e Samira Pissinatto, homens. “A ideia de criar uma peça a partir do personagem do Gigante Adamastor, da obra de Camões, originalmente foi do Roberto Morettho (diretor) e dos artistas da companhia O Grito”, diz Heloisa Prieto, que assina o texto com os demais membros da cia.

Clique aqui para assistir – https://youtu.be/hxexCLc2rHI