Petrobras Sinfônica disponibiliza 45 vídeos inéditos no Youtube

Segundo o Regente Titular da Petrobras Sinfônica, Isaac Karabtchevsky, a orquestra é um microrganismo que reflete a sociedade. Portanto, como forma de entreter e de estar junto de seu público que está em quarentena em casa, no intuito de frear a proliferação do vírus Covid-19, a Orquestra Petrobras Sinfônica vai disponibilizar a partir de hoje, em seu canal oficial do YouTube http://www.youtube.com/c/OPESinfonica, vídeos inéditos de concertos realizados nos últimos anos. O primeiro, com foco em toda família, é do concerto “O Mágico de Oz”, com a interpretação da música “Somewhere Over The Rainbow”. Ao longo das próximas semanas será incluído pelo menos um vídeo por dia, intercalando infantil, pop e clássico. Estão confirmados Quebra Nozes, apresentado no Concerto de Natal de 2019, “Ventura”, com músicas dos Los Hermanos e “Black Album”, do Metallica.

O canal da orquestra possui também diversos vídeos disponíveis na sua plataforma, que agrada a todos os gostos e idades. Do rock ao clássico, estão disponíveis vídeos do concerto Bohemian Rhapsody, da banda Queen, da Série Convidados, com nomes como Nando Reis, Pitty e Lucy Alves. Já para a criançada, estão disponíveis A Arca Sinfônica – com músicas de Vinícius de Moraes, Saltimbancos Sinfônico e Balão Mágico Sinfônico. Da série clássica, estão disponíveis vídeos com músicas de Ludwig Van Beethoven, Tchaikovsky e Heitor Villa-Lobos.

Também é possível assistir trechos de concertos, making-of, vídeos da Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica e o projeto TV OPES, que apresenta os instrumentos e a função de cada músico que forma uma orquestra, disponível também no IGTV da orquestra a partir da semana que vem.

Link do vídeo “O Mágico de Oz: Somewhere Over The Rainbow”:  https://youtu.be/Wf84-jtEURQ

Devido às medidas de prevenção adotadas para conter o avanço do Covid-19, o coronavírus, e visando o bem-estar do público, músicos e equipe, a Orquestra Petrobras Sinfônica cancelou concertos clássicos que aconteceriam em março e adiou os concertos “Bohemian Rhapsody” e “Série Playlist: Coldplay”, para os dias 09 e 19 de julho, respectivamente.

Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica:
Aos 47 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, e patrocinada pela Petrobras desde 1987, a orquestra conta com uma formação de mais de 80 instrumentistas e tem como Diretor Artístico e Regente Titular o maestro Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional.

Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.

Sobre a PETROBRAS: A Petrobras completou 33 anos de patrocínio da Orquestra Petrobras Sinfônica em 2019. Uma parceria essencial para mantê-la entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de democratização da música clássica e de renovação do público do gênero.