“Frida Kahlo – A Deusa Tehuana” – Eu Fui!

Figura Pop famosa na atualidade, símbolo usado entre as feministas. Artista das mais aclamadas no mundo inteiro. Muitos são os adjetivos que podemos usar para nos referir à pintora Frida Kahlo. “Frida Kahlo – A Deusa Tehuana” faz, sim, uma menção a sua carreira artística, mas o foco não é esse. Tão famosa quanto as obras é sua vida pessoal, e é principalmente sobre o que se trata o espetáculo, que estreou em 17 de janeiro no Teatro Maison de France, onde cumpre temporada até 16 de fevereiro.

A atriz Rose Germano interpreta uma Frida por trás da famosa figura forte pela qual se tornou conhecida. Suas dores e profunda paixão por Diego Rivera são evidenciadas, desmistificando um pouco a personalidade que criamos sobre a artista. Há bonitas passagens poéticas no decorrer do texto, em que ela discorre sobre a vida e sobre o pesar de sua saúde, a vontade não concretizada de ser mãe e a ausência de Rivera em momentos importantes em sua vida. Apesar da obscuridade do enredo, o colorido figurino de Frida Kahlo é perfeitamente caracterizado por peças obtidas em Oaxaca, no México, país natal de Frida.

O espetáculo começa com o depoimento de Dolores Olmedo Patiño, maior colecionadora da obra de Frida e Rivera. Sua coleção hoje está exposta no Museu Dolores Olmedo, em La Noria, México. Tanto Frida quanto Dolores são vividas por Rose Germano. O texto cita passagens históricas, como por exemplo menciona ditadores, assunto sobre o qual muito se fala hoje em dia, em tempos difíceis para a arte.

Como citado acima, o espetáculo fica em cartaz até 16 de fevereiro no Teatro Maison de France. Segue serviço:

Serviço:

Frida Kahlo – A deusa tehuana

Temporada: 17 de janeiro a 16 de fevereiro

Teatro Maison de France – Av. Pres. Antônio Carlos, 58 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

Telefone: 2544-2533

Dias e horários: Sexta a domingo, às 19h.

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Lotação: 355 pessoas

Duração: 1h

Classificação indicativa: 16 anos

Funcionamento da bilheteria: De terça a domingo, a partir das 14h.

 

P.S.: Agradeço à Racca Comunicação pelos convites!

 

 

Um comentário sobre ““Frida Kahlo – A Deusa Tehuana” – Eu Fui!

Os comentários estão desativados.