Programação Audio Rebel de Dezembro

04/12

Coffee Shop Boys

 

Coffee Shop Boys é uma banda recém formada por músicos atuantes na cena carioca. A banda procura juntar os clássicos da música jamaicana com a ideia da liberdade dos improvisos jazzísticos e muito dub. O repertório trará clássicos do reggae e ska em releitura ao estilo jazz.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

05/12

Lucas Felix Convida

 

Lucas Felix, cantor e compositor de folk, pop e country, iniciou sua trajetória musical em 2013, quando lançou seu primeiro CD autoral, “Céu de Poesias”. De lá pra cá, já lançou outros 4 EPs, entre eles, “Juntos” (2018) e, seu mais recente trabalho, “Perto” (2019). Nesse show especial, recebe os convidados Pedro Mann e Guilherme Schwab.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

06/12

Monophōnia

 

Depois de um bom tempo longe dos palcos para gravar o primeiro álbum “Pó Sobre Pó”,  Monophōnia está de volta. A banda apresenta, pela primeira vez, todas as músicas na íntegra e mais algumas surpresinhas.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 15

 

07/12

Gritando HC (SP), Korja e Atox

 

A Rebel recebe a turnê de 25 anos do Gritando HC, um dos nomes mais importantes do hardcore nacional. Representando a cena de SP desde 1994, a banda mostra surpresas que podem incluir canções do primeiro álbum, lançado em 1997, ao mais novo trabalho, “Terra de Lobisomens”. Já Korja sobe ao palco com Diego (vocal), Ana (baixo), Gilson (guitarra) e Daniel (bateria). Completa a noite show da Atox, tocando seus velhos hits de mais de 10 anos de carreira e músicas do seu novo disco, que deve sair em breve.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

08/12

Roberto Rutigliano – Lançamento do disco “Vida mía”

 

O baterista Roberto Rutigliano lança um novo álbum pela Warner Chapell Brasil chamado “Vida Mia”. Nascido em Buenos Aires, o estilo distinto de bateria de Rutigliano reflete suas influências antigas e novas. Neste novo trabalho, é possível escutar cinco composições originais e arranjos inéditos para o clássico “Vida Mia”, de Osvaldo Fresedo, que dá nome ao show, “Verano Porteño”, de Piazzolla, e muito mais.

 

Horário: 21h

Ingressos: R$ 30

 

11 e 12/12

Sylvio Fraga Grupo – part. Letieres Leite

 

A proximidade do Sylvio Fraga Quinteto com o maestro baiano Letieres Leite deu origem ao álbum “Canção da Cabra” (da nova gravadora Rocinante). Este é o terceiro disco do compositor e poeta. No palco, Sylvio Fraga (guitarra, violão, banjo e voz) será acompanhado de José Arimatéa (trompete), Bruno Aguilar (baixo acústico e elétrico), Bernardo Ramos (guitarra), Marcelo Galter (piano), Felipe Continentino (bateria) e Letieres Leite (flauta).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

13/12

Gabriel Gonzaga – 10 anos na estrada

 

Em show comemorativo de seus 10 anos de atividade musical, Gabriel Gonzaga recorda canções que marcaram sua trajetória. Acompanhado pelo guitarrista Gabriel Jacarandá, apresenta composições próprias e de autores consagrados como Ary Barroso, Dolores Duran, Ivan lins, Gilberto Gil, Pedro Mann entre outros.

 

Horário: 22h

Ingressos: R$ 20

 

13/12

Filipe

 

Filipe e banda fazem na Rebel o último show do ano. Além das faixas do “Ventilador”, álbum de estréia, eles trarão novidades do próximo disco, que será lançado em 2020. Filipe (guitarra e voz) sobe ao palco com Gus Levy (guitarra), Kayan Guter (baixo) e Pedro Fonte (bateria).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

14/12

Raf F Guimarães, Morri e Regular Boat Driver

 

Raf F. Guimarães, também conhecido por sua banda Amigas de Plástico, mescla elementos de psicodelia, blues e experimental em uma música plural, ao mesmo tempo que é minimalista e climática. De sua longa discografia, dos mais de 10 anos de carreira, ele apresenta composições dos álbuns “Celebração a um espírito partido” e “Submissão à exposição”, lançados em 2018, entre outras. Morri sobe ao palco com Mathevs (guitarra), Tadeu (guitarra), Anderson (voz), Lucas (baixo), Vitor (bateria) e recebe participação de Godpussy e seus efeitos. Completa a noite Regular Boat Driver, com João (guitarra/voz), Gustavo (baixo/voz), Yael (bateria) e Harel (guitarra/voz).

 

Horário: 19h

Ingressos: R$ 20

 

15/12

Snow Tony + Haicu

 

Produtor e multi-instrumentista, Snow Tony já tocou em palcos de Cabo Verde, Portugal  e Argentina. No Brasil, esteve ao lado de bandas e artistas como Natiruts, Elza Soares, João Donato, Ney Matogrosso, +2, BNegão entre outros e participou do programa de TV Adnight. Apresentará músicas autorais e versões novas de algumas canções conhecidas. Três anos após lançar seu primeiro álbum, o duo Haicu está em processo de produção de seu novo trabalho, “Doideira de calor”. Haicu se inspira na forma poética japonesa (mais conhecida como haicai no Brasil) para construir canções curtas, imagéticas e circulares. A dupla leva para os palcos uma performance impactante e lisérgica.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

16/12

Ricardo Dias Gomes + Jesse Harris (EUA)

 

Jesse Harris e Ricardo Dias Gomes tocam na mesma noite acompanhados pelo baterista Jeremy Gustin e outros. Harris acaba de lançar o disco Songs Never Sung (Warner Brasil). E Ricardo também acaba de lançar This Whole Emptiness (Timballo/Lab344) em colaboração com o duo Star Rover (Jeremy Gustin/Will Graefe).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

17/12

Nabru e o Resto + Armandugo

 

Nabru apresenta seu show de covers com algumas autorais, em clima rock e blues. Abertura de Armandugo.

 

Horário: 19h

Ingressos: R$ 20

 

18/12

Andreas Trobollowitsch e Chelpa Ferro

 

Show de lançaamento do albúm “Ventorgano”, nome do instrumento desenvolvido por Andreas Trobollowitsch, um sintetizador eletroacústico constituído por cordas de guitarra, caixas de ressonância de madeira e ventoinhas convertidas que usam cerdas de arcos de violoncelo. Chelpa Ferro é um grupo que trabalha na fronteira som/artes visuais. Formado por Luiz Zerbini, Barrão e Sergio Mekler, eles continuam na sua busca pelo impreciso e transitório. Nessa apresentação, farão  um improviso baseado em batidas assimétricas, ritmos atravessados e paisagens sonoras distorcidas.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

19/12

Luís Augusto

 

Luís Augusto é artista plástico, músico, compositor, guitarrista e violonista. Participou como cantor e compositor no grupo Deixa Queimar, em 2010, junto a nomes como Negro Léo, Ava Rocha e Mariana de Moraes, além de ter sido um dos intérpretes no coro do projeto Baile Primitivo de 2011. Acompanhado por Negro Leo, Eduardo Manso, Lucas Pires, Renato Godoy e Felipe Ridolfi, Luís Augusto sobe ao palco para mostrar seus “Amefrican Grunges”, canções criadas a meio caminho dos ritmos e lamentos do Recôncavo Baiano e do Mississippi negro. Em 2020 se prepara para gravar e lançar seu primeiro disco solo com a produção de Negro Leo, Eduardo Manso e Renato Godoy.

 

Horário: 22h

Ingressos: R$ 20

 

19/12

Bernardo Ramos

 

O músico, compositor, arranjador e produtor carioca traz um trabalho primordialmente autoral, em que lança mão dos recursos harmônicos, rítmicos e expressivos da música de concerto contemporânea. Bernardo conta com a parceria de músicos de grande destaque e de sua geração, com quem tem atuado há vários anos em diferentes trabalhos.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

20/12

BacaFest de Natal com Tripa Seca, Elétrico Vesúvio e Melvin & Os Inoxidáveis

 

Edição especial natalina do já tradicional festival do cenário independente! Marcelo Callado, Renato Martins, André Paixão (Nervoso) e Melvin Ribeiro são Tripa Seca, supergrupo que une diferentes personalidades e influências em seu primeiro álbum homônimo, recém-lançado. Melvin & os Inoxidáveis é projeto do baixista Melvin Ribeiro, agora apresentando o seu lado vocalista. Com passagens por Carbona, Autoramas, Los Hermanos e Funk Fuckers, ele mostra faixas do primeiro EP “Inoxidáveis”, todo composto por músicas presenteadas de amigos. Composto por integrantes da cena alternativa carioca, Elétrico Vesúvio surge de uma alquimia sonora, com canções expansivas, unindo imagem e som em uma performance com referências que vão do krautrock ao rock psicodélico.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

22/12

Rubinho Jacobina

 

Rubinho Jacobina é cantor, compositor, poeta e instrumentista, faz parte da Orquestra Imperial e já participou de grupos como o Anjos da Lua. Sua trajetória solo traz os álbuns “Andando no Ar” e “Rubinho e a Força Bruta”. Ele apresenta a mistura inusitada do samba, rock, Jovem Guarda e tropicalismo músicas de seus álbuns e algumas faixas inéditas de seu próximo disco, chamado “Amor Universal”.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

Sobre a Audio Rebel

 

Localizada em um sobrado de Botafogo, Zona Sul carioca, a Audio Rebel é um complexo com quatro salas interconectadas e isoladas acusticamente, uma loja de instrumentos e acessórios e uma oficina de luthieria (confecção de instrumento de cordas). Oferecemos serviços de sound design, trilha sonora, foley, dublagem, mixagem 2.0 e 5.1, masterização, gravação de voz, gravação de áudios adicionais para cinema, gravação e produção de áudio books e book trailers, áudio para instalações e performances artística.

 

Serviço

Local: Audio Rebel

Endereço: Rua Visconde de Silva, 55 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ

Classificação: 16 anos

Capacidade da casa: 90 pessoas (lotação máxima)

Forma de pagamento: para o ingresso, apenas dinheiro; no bar, todos os cartões de crédito.

Casa equipada com ar condicionado e wi-fi gratuito

Horário de funcionamento da bilheteria: todos os dias, de 13h às 21h

Compra de ingressos online: https://www.eventbrite.com.br/o/audio-rebel-18257083204