“Irmãos de Sangue” e “Aux pieds de la Lettre”

O Teatro da CAIXA Nelson Rodrigues recebe, de 27 de novembro a 22 de dezembro de 2019 (quarta-feira a domingo), o projeto “Dos à Deux em Repertório”, com apresentações das peças “Aux pieds de la lettre” e “Irmãos de sangue”. Com concepção, dramaturgia, cenografia e direção de André Curti e Artur Luanda Ribeiro, os dois espetáculos fazem parte do repertório de mais de duas décadas da premiada companhia franco-brasileira de teatro gestual. O projeto tem patrocínio da CAIXA e do Governo Federal.

“Nosso universo é construído pensando num todo: luz, cenário, bonecos e dramaturgia caminham juntos”, explica Artur Luanda Ribeiro. Na pesquisa da Cia. Dos à Deux, a cenografia é mutável, com a arquitetura servindo organicamente à dramaturgia – à qual, assim como em todas as suas criações, a luz se funde, sublinhando os espaços cenográficos criados pela dupla. “O teatro gestual cria a dramaturgia através do corpo das personagens, mas sem ilustrar intenções e situações”, complementa André Curti.

Espetáculos:

A fraternidade e as memórias são os temas que conduzem a peça “Irmãos de sangue”. André e Artur conduzem uma coreografia gestual precisa ao lado dos atores Raquel Iantas e Daniel Leuback. Em uma atmosfera onírica, a peça investiga os laços fraternos, as memórias e os conflitos que marcam a convivência familiar. A história se passa no centro das relações entre três irmãos e sua mãe, alternando momentos entre o passado e o presente. “Irmãos de sangue” venceu o Prêmio Shell 2014 nas categorias cenário e ator.

Já a peça “Aux pieds de la lettre” oscila entre a tragédia e a comédia, pleno de emoções, ternura e risos inesperados. André e Artur fizeram uma imersão de dois anos no hospital psiquiátrico Marcel Rivière, na região de Paris, para criar um espetáculo gestual que navega entre a poesia, o burlesco e o absurdo. Com mais de 350 apresentações pelo mundo desde a sua estreia em 2002, a peça recebeu prêmio de melhor espetáculo no Festival Internacional do Kosovo e no Festival Mindelact, em Cabo Verde.

Oficina:

O projeto “Dos à Deux em Repertório” inclui ainda a oficina “O corpo poético”. Ao longo de oito horas-aula, divididas em dois dias, Artur Luanda Ribeiro e André Curti irão compartilhar a pesquisa desenvolvida por eles sobre movimento, linguagem do gesto e teatralidade. O workshop se divide em três etapas: aquecimento; introdução ao vocabulário técnico; e composição de uma sequência de teatro gestual. Os interessados devem enviar um breve currículo e uma carta de intenção de até 10 linhas para dosadeux.workshop@gmail.com.

A Cia. Dos à Deux:

Artur Luanda Ribeiro e André Curti se conheceram durante um festival em Paris, em 1997, e decidiram começar juntos uma pesquisa teatral e coreográfica, tendo como inspiração a obra “Esperando Godot”, de Samuel Beckett. Um ano mais tarde, em 1998, nascia o primeiro trabalho, “Dos à Deux”, que deu nome à companhia e já foi apresentado em quase todos os países da Europa, além de ter passado pela África, América do Sul, Coréia do Sul e Índia.

A Cia. Dos à Deux já percorreu cerca de 50 países, somando mais de 2.000 apresentações por toda a Europa, África Central, Ásia, Polinésia Francesa, Emirados Árabes e América do Sul. O repertório é formado por “Dos à Deux” (1998), “Je suis bien moi” (2000), “Aux pieds de la lettre” (2002), “Saudade em terras d’água “ (2005), “Fragmentos do desejo” (2009) “Ausência” (solo com Luís Melo, de 2012), “Dos à Deux 2º ato” (2013) “Irmãos de sangue” (2013) e “Gritos” (2016).

Programação

Espetáculo “Aux pieds de la lettre”

Datas: de 27 de novembro a 8 de dezembro de 2019 (quarta-feira a domingo)

Horário: 19h

Duração: 60 min

Oficina “O corpo poético”

Datas: dias 7 e 8 de dezembro de 2019

Horário: sábado e domingo, das 13 às 17h Inscrições: gratuitas pelo e-mail dosadeux.workshop@gmail.com. Enviar breve currículo e carta de intenção de até 10 linhas

Vagas: 20

Espetáculo “Irmãos de sangue”

Datas: de 11 a 22 de dezembro de 2019 (quarta-feira a domingo)

Horário: 19h

Duração: 90 min

Fichas técnicas:

Projeto “Dos à Deux em Repertório”

Direção de produção: Sérgio Saboya e Silvio Batistela

Produção executiva: Ártemis

Projeto gráfico: Alexandre de Castro

Assessoria de imprensa: Paula Catunda e Bianca Senna

Mídias sociais: Rafael Teixeira

Audiovisual: Emanuel Orengo

Coordenação administrativa: Alex Nunes

Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

Realização: Ministério do Turismo e CAIXA Cultural

Espetáculo “Aux pieds de la lettre”

Dramaturgia, coreografia e direção: Artur Luanda Ribeiro e André Curti

Interpretação: Artur Luanda Ribeiro e André Curti

Criação musical original: Michel Musseau

Figurinos: Charlotte Leo e Ticiane Passos

Iluminação: Artur Luanda Ribeiro e Raphael Keller

Cenário: Artur Luanda Ribeiro e André Curti

Criação mesa: Nicolas Cesbron

Visagismo e acessórios: Maria Adelia

Produção: Cia. Dos à Deux e Galharufa Produções

Espetáculo “Irmãos de sangue”

Dramaturgia, cenário, coreografia e direção: André Curti e Artur Luanda Ribeiro

Interpretação: Raquel Iantas, Daniel Leuback, Artur Luanda Ribeiro e André Curti

Música original: Fernando Mota

Violino: Fran Lasuen

Figurinos e marionetes: Natacha Belova

Acessórios, peruca e objetos: Maria Adelia e Marta Rossi, com assistência de Morgan Olivier e Camila Moraes

Construção do cenário e contrarregra: Demis Boussu

Iluminação: Artur Luanda Ribeiro e Bertrand Perez

Vídeo: Jean Luc Daniel

Fotos: Xavier Cantat

Produção: Cia. Dos à Deux e Galharufa Produções

Serviço:

“Dos à Deux em Repertório”

Espetáculos “Aux pieds de la lettre” e “Irmãos de sangue”

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro da CAIXA Nelson Rodrigues (Endereço: Av. República do Chile, 230 – Centro. Entrada pela Av. República do Paraguai – Metrô e VLT: Estação Carioca)

Datas: de 27 de novembro a 22 de dezembro de 2018 (quarta-feira a domingo)

Horário: 19h

Informações: (21) 3980-3815

Ingressos: Plateia – R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) | Balcão: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia

Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 13h às 20h. Ingressos à venda a partir desta terça-feira (26)

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos

Capacidade: 400 lugares (mais 8 para cadeirantes)

Acesso para pessoas com deficiência

Patrocínio: CAIXA e Governo Federal