“Creme do Céu” no Teatro Petra Gold

A queda acidental de uma estrela na Terra é o ponto de partida de Creme do Céu, que volta aos palcos em 23/11, no Teatro Petra Gold, depois de estrear com sucesso em fevereiro no Rio. Criado originalmente em 2017, na França, pelo Grupo Tápias, o espetáculo infantil reúne dança, teatro e vIdeoarte e retorna à capital carioca para uma temporada de um mês. Nesta versão brasileira, o elenco é formado pela coreógrafa e bailarina Flávia Tápias, o bailarino e ator circense Guilheme Gomes, a atriz Paula Braun e as bailarinas Renata Versiani e Luciana Ponso (que substitui Flávia em algumas apresentações). A realização é do Espaço Tápias.

O texto, escrito originalmente por Rosane Alves, conta as aventuras de uma estrela curiosa que cai no planeta Terra e precisa encontrar uma forma de voltar ao céu. Para isso, conta com a ajuda de um adolescente, uma astrônoma e sua aprendiz. Enquanto buscam alternativas para o retorno da estrela, os quatro explicam o que é o Sistema Solar e as características de seus planetas de forma lúdica e divertida.

O cenário tem como base a videoarte, projetada em grande formato no ciclorama do teatro. Os vídeos são assinados pela artista plástica francesa Eva Clouard – com exceção do vídeo de abertura, de Marcio Schwartz –, e criam espaços interativos dentro do palco, com a ajuda da iluminação de Paulo César Medeiros. “Em determinados momentos, esses espaços se misturam com a plateia, que se sente literalmente em meio às estrelas”, adianta Flávia Tápias, que além de atuar, assina com Giselle Tápias a direção artística, as coreografias e a adaptação do texto.

Objetos cênicos – como uma lira circense e um colchão – são aproveitados de diversas formas durante o espetáculo para ajudar a contar a história. Os figurinos e adereços de Ney Madeira reforçam a carga poética do espetáculo para as crianças, a partir do impacto visual e das cores vibrantes.

“As crianças de hoje são muito antenadas e capazes de processar informações técnicas ou científicas com facilidade e naturalidade. A ideia de misturar dança e teatro é divertir e informar sobre um tema atual, ainda que de maneira lúdica, com fantasia e encantamento”, resume a diretora e coreógrafa Giselle Tápias.

Grupo Tápias é uma companhia de dança contemporânea com atuação no Brasil e no exterior, que conta com parcerias para a coprodução de alguns dos seus espetáculos, tanto no Brasil como na França. Como a coreógrafa Flávia Tápias foi artista residente no Les Bords de Scènes no ano de 2017, Creme do Céu é uma coprodução do Les Bords de Scènes com apoio do DRAC Paris e do Centro Les Récollets, que fez sua estreia nos dias 04 e 05 de março de 2017, na França, dentro da programação do Rencontres Essonne Danse.

 

CREME DO CÉU

Ficha técnica:

Direção artística: Giselle Tápias e Flávia Tápias

Texto original: Rosane Alves

Adaptação de texto: Flávia TápiasGiselle Tápias e Letícia Kaminski

Coreografias: Flávia Tápias e Giselle Tápias

Colaboração Artística e Direção de Ator: Letícia Kaminski

Elenco:

Flávia Tápias ou Luciana Ponso (Estrela)

Guilherme Gomes (Menino)

Paula Braun (Astrônoma)

Renata Versiani (Aprendiz)

Direção de Produção: Espaço Tápias

Produção Executiva: Sonia Reinstein

Criação de Vídeos: Eva Clouard

Criação e edição do vídeo de abertura: Márcio Schwartz

Criação de luz: Paulo César Medeiros

Operação de luz: Welton Formiga

Criação dos Figurinos e Adereços: Espetacular Produções e Arte – Ney Madeira Dani Vidal

Costura: Mara Mello

Adereços: Cláudia Taylor

Visagismo: Carolina Campanha

Programação Visual: Leticia Andrade

Realização: Espaço Tápias / Grupo Tápias

Coprodução: Les Bords de Scenes (Athis-Mons, Juvisy-sur-orge, Morangis) l DRAC – Paris 

Dança em Trânsito – Brasil

Apoio:

Les Recollet /França

Rencontre Essonne Dans/França

Referência em Artes/ Brasil

 

Serviço:

Estreia: 23 de novembro

Temporada: 23 de novembro a 22 de dezembro (exceto dia 15/12) 

Dias e horários: sábados e domingos, às 11h

Local: Teatro Petra Gold

Endereço: R. Conde Bernadotte, 26 – Leblon

Tel: 21 2529-7700

Lotação: 404 lugares

Duração: 60 minutos

Ingressos: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia entrada)

Bilheteria: seg a sex, de 13h às 21h e sáb e dom das 10h até o início da última apr.

Vendas online: Sympla

Classificação etária: livre

Crédito das fotos: Luciana Ponso