Evinha no Teatro Rival

A cantora Evinha está de volta ao Brasil!

E volta com novidades …

Dessa vez, traz na bagagem, um novo projeto musical onde homenageia o cantor compositor Guilherme Arantes.

Clássicos do músico paulistano são revisitados pela mais emblemática voz do Trio Esperança, a eterna intérprete de ‘Cantiga Por Luciana’ no álbum “Evinha Canta Guilherme Arantes” em parceria com o pianista e diretor musical francês Gérard Gambus, comemorando seus 50 anos de carreira solo.

A ideia de interpretar obras de Guilherme Arantes aconteceu durante uma troca de figurinhas musicais, em meados dos anos 80, quando o músico presenteou Evinha com uma canção inédita, ‘Sou O Que Ele Quer’.  A partir desse momento, a cantora soube que mais cedo ou mais tarde lançaria um álbum homenageando o compositor, que considera excepcional. Afirma que suas melodias e harmonias são ditas com inteligência, simplicidade e delicadeza. São sentimentos transformados em palavras que colam perfeitamente nas melodias do artista, sem filtro.

O disco em clima intimista foi gravado no primeiro semestre deste ano, em Paris, onde Evinha reside a muitos anos e resgata o mesmo formato de trabalhos lançados anteriormente pela cantora, trazendo a influência do repertório de clássicos do Guilherme Arantes em sua vida.

O álbum destaca alguns sucessos do hitmaker como ‘Brincar de Viver’ (Guilherme Arantes e Jon Lucien, 1983),  ‘Amanhã’ (1977), que foi tema da novela Dancin Days, a canção ‘Cuide-Se Bem’ (1976), outro tema de novela, agora em ‘Duas Vidas’, o sucesso ‘Deixa Chover’ (1981), faixa que entrou na trilha sonora de ‘Baila Comigo’, ‘Êxtase’ (1979), ‘Pedacinhos’ (1983) e ‘Um Dia, Um Adeus’ (1987) que foi tema da novela ‘Mandala’.

As surpresas do repertório são três músicas menos conhecidas – ‘A Cidade e a Neblina’, ‘Águas Passadas’ e ‘Antes da Chuva Chegar” – do primeiro álbum solo do compositor, Guilherme Arantes (1976), lançado há 43 anos.

 

Sobre Evinha

Nascida com o nome de Eva Corrêa José Maria, a cantora atualmente chama-se Eva Gambus, mas é conhecida mundialmente como Evinha. Nasceu cantando e aos oito anos formou com seus irmãos Mário e Regina o lendário Trio Esperança, ícone da Jovem Guarda que lançou sucessos como ‘Festa do Bolinha’, ‘Filme Triste’, ‘O Passo do Elefantinho’ e tantos outros. Em 1969 iniciou sua carreira solo ganhando o 4º Festival Internacional da Canção com a música ‘Cantiga por Luciana’. A seguir lançou sucessos ‘Casaco Marrom’, ‘Teletema’, ‘Pigmaleão 70’ e ‘Que Bandeira’ entre outros. Em 1978 casou-se com o pianista francês Gerard Gambus, maestro da famosa orquestra de Paul Mauriat, e desde então reside na França.  Hoje em dia percorre o mundo junto às suas irmãs Regina e Mariza com grupo vocal Trio Esperança, na sua terceira formação.

Serviço:

Show de lançamento do CD Evinha Canta Guilherme Arantes

ao piano Gerard Gambus

Produção, Assessoria de imprensa e marketing: João Luiz Azevedo

 

Local: Teatro Rival BR

Dia: 16 de novembro, às 19h30

Endereço: Rua Álvaro Alvim, 33 – Cinelândia

Valor: R$ 70 (inteira) R$ 35 (meia)

Classificação: Livre

Duração: 80 minutos

Lotação: 350 lugares

Bilheteria: Telefone:

Horários de funcionamento da bilheteria: terça à domingo: das 15h até o início do espetáculo. Nos dias que não houver show a bilheteria funciona até as 19h. Vendas pela internet: www.eventim.com