Feijoada da Tia Surica e Convidados em Pilares

Longe da Portela há seis meses, Tia Surica encontrou nova casa para sua famosa feijoada com roda de samba. É a quadra do G.R.E.S. Difícil é o Nome, na Av. Dom Hélder Câmara 6990, em Pilares. A estreia no novo endereço não poderia ter melhor motivo: o aniversário da querida pastora da Portela. A primeira Feijoada da Tia Surica na quadra da Difícil é o Nome será no sábado 16 de novembro, na véspera de ela completar 79 anos de vida e de samba.

Tia Surica recebeu com muita alegria o convite da Difílcil é o Nome – por meio do vice-presidente da escola, Valtinho Botafogo – para fazer a sua tradicional feijoada e roda de samba uma vez por mês na quadra da agremiação. Como todo mundo sabe, a feijoada para 300 pessoas é sempre preparada pela própria baluarte da Portela – com o ajuda do seu time de suriquetes – e é uma homenagem a Tia Vicentina, inspiração de Paulinho da Viola no samba “Pagode do Vavá”.

“Meu amigo Valtinho fechou comigo, e eu só tenho a agradecer pelo espaço que cedeu para nossa feijoada. Estamos juntos e misturados! Tenho certeza de que vai dar tudo certo; aliás, já deu”, empolga-se Tia Surica com a retomada de seus agregadores eventos graças ao companheiro da Portela. Valtinho, aliás, é um dos compositores do samba-enredo que a escola de Oswaldo Cruz vai levar para a Sapucaí em 2020.

 

A roda de samba regada a feijoada e sucessos vai levar o público ao delírio com um roteiro bem temperado com sambas de Candeia, Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, Velha Guarda da Portela, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Teresa Cristina e memoráveis sambas-enredo. E, como já é de praxe, o evento terá sempre convidados para cantar com Tia Surica. No dia 16, a dobradinha estreia-aniversário promete contar com vários amigos da pastora, mas a festa terá o gostinho extra de surpresa. Afinal de contas, se o sabor da feijoada e a qualidade do samba já são conhecidos, resta à festa manter em segredo, ao menos, os nomes dos convidados especiais.

 

E mais! Como felicidade só fica completa quando é compartilhada, Tia Surica pede para que todos levem um quilo de alimento não perecível para ser doado à Associação de Amigos dos Portadores de Doenças Graves Casa da Vida.

 

Sobre o G.R.E.S. Difícil é o Nome

 

O G.R.E.S. Difícil é o Nome, fundado em 1973, desfilou, este ano, na série C do Carnaval Carioca e, em 2020, estará na Divisão Especial da Intendente Magalhães, em Madureira.

 

A Feijoada da Tia Surica & Convidados faz parte de uma série de projetos que o diretor social da Difícil é o Nome, Valtinho Botafogo, está planejando para levantar a escola. Além de eventos como a feijoada com roda de samba, ele – que é engenheiro e microempresário e faz tudo por paixão à agremiação – pretende também fazer ações sociais para atrair a comunidade em parcerias com ONGs. Ele também inscreveu a escola na Lei do ISS, para poder captar recursos por meio da lei de incentivo. Entre as muitas ideias de Valtinho, está a criação de uma roda de samba de terreiro. O que não falta a ele são projetos e vontade para realiza-los!

 

Serviço:

Feijoada da Tia Surica & Convidados

Data: 16 de novembro (sábado)

Horário: a partir das 13h

Local: G.R.E.S. Difícil é o Nome

Endereço: Av. Dom Hélder Câmara 6.990 – Pilares

Ingressos: R$ 30 (entrada + feijoada) e R$ 10 (apenas entrada)

Informações: (21) 96906-6913

Anúncios