Programação Audio Rebel – Setembro/2019

01/09

Lésbicas Assassinas de Los Angeles + Navalha Carrera

 

O duo Lésbicas Assassinas de Los Angeles faz seu primeiro show no Rio de Janeiro, dividindo a noite com Navalha Carrera. Lésbicas Assassinas de Los Angeles – ou apenas LALA – é uma dupla de produção musical baseada em São Paulo e formada por Natália Rizinni (bateria, SPDSX e voz) e Joana Cid (maschine e voz). Navalha Carrera é a alcunha que a multi-instrumentista, arranjadora e compositora Natália Carrera usa no seu projeto solo, onde se apresenta unindo guitarra, sintetizador, bateria eletrônica e voz.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

03/09

Cangaço Carioca (part. Átila Bee)

 

O grupo, formado por Glauber Canellas (voz e violão), Wayner Nascimento (baixo e voz), Rodrigo Binart (percussão), Igor Santos (percussão) e Romulus Tavares (guitarra) sobe ao palco da Rebel para apresentar suas composições autorais e versões especiais de Lenine, Cordel do Fogo Encantado e Alceu Valença. O show terá a participação especial de Átila Bee.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

04/09

Léo Soma

 

Léo Soma carrega em sua composição provocações sobre um tempo atual. Mesclando influências do pop, lo-fi, música brasileira e R&B, o artista volta ao palco da Audio Rebel para  apresentar singles já lançados, além de inéditas e releituras. O cantor e compositor lançou recentemente o clipe “Queria Mais”. Ao mesmo tempo que explora mais a fundo a sonoridade que vem construindo com os singles “E Se?”, “Nessa Cama”, “O Tempo Todo” e “Fonte de Like”, o artista segue abordando relacionamentos modernos em suas canções.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

05/09

Budweiser Apresenta: Blastfemme

 

A Blastfemme está em turnê nacional divulgando seu novo álbum, homônimo. O show na Audio Rebel contará com participações de músicos parceiros ao longo da carreira da banda: Lê Almeida, Laura Lavieri, Larry Antha, Carmen Cunha, Luis Queiroz, Nayana Carvalho e Gustavo Benjão, este último também produtor do disco da Blastfemme nos estúdios da Audio Rebel e Do Amor. A Blastfemme é formada por Jhou Rocha (baixo e voz), Vladya Mendes (bateria e voz), Igor de Assis (guitarra e voz) e Dani Vallejo (frontwoman).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

06/09

Marcelo Callado, Juliano Gauche e Tatá Aeroplano

 

Três nomes da nova música brasileira dividem palco em uma noite especial com show em dose tripla. Nome recorrente no cenário carioca, Marcelo Callado prepara um show especial e intimista, revelando na voz e guitarra as canções de seus múltiplos projetos – a banda Do Amor, o duo Gambito Budapeste e o repertório de sua carreira solo. O compositor, cantor e escritor Juliano Gauche apresenta o álbum “Afastamento”, indicado ao prêmio APCA 2018. Tatá Aeroplano é músico, compositor, DJ e andarilho urbano. Ele fará uma retrospectiva de sua obra passando pelos seus cinco álbuns solo e músicas de sua antiga banda Cérebro Eletrônico, além de versões para canções de Ângela Rorô, Jorge Mautner e Júpiter Maçã.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

08/09

ODiaQueNadaAconteceu

 

O power trio formado por Antonio Neves (bateria), Alberto Continentino (baixo) e Guilherme Lirio (guitarra) apresenta suas belas canções instrumentais, que, com foco em melodias e climas chapados, sugerem danças meditativas.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

10/09

Subcena #21: André Capilé e BeatBass High Tech + Jeanne Callegari + Mariano Marovato

 

André Capilé é Mestre em estudos literários e Doutor em “Literatura,  Cultura e Contemporaneidade”, ambos pela PUC-Rio. Publicou, em 2008, o livro Dois (Não Pares), em parceria com Carolina Barreto; em 2010 editou a plaquette ZANGARREIO; seguem-se as publicações de rapace; balaio; muimbu; rebute e chabu. O duo BeatBass High Tech faz música eletrônica/orgânica. Jeanne Callegari é poeta e autora dos livros Botões e Miolos frescos, ambos de poemas, e de Caio Fernando Abreu: inventário de um escritor irremediável. Mariano Marovatto gravou alguns discos, como Praia e Selvagem, e já publicou livros de poemas como Casa e Vinte e cinco poemas em parceria com Chico Alvim. Estirâncio, o mais recente, será lançado em finais de setembro. Mariano foi também apresentador e roteirista do programa musical Segue o som na TV Brasil.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

11/09

Filipe Lorenzo (part. Illy e Kassin)

 

Filipe Lorenzo volta ao Rio de Janeiro para apresentar seu novo show que integra a turnê de lançamento do seu mais recente single, “Às Cegas”, música de Luedji Luna e Emillie Lapa. O artista estará acompanhado dos músicos Paulo Mutti, Gabriel Loddo e João Rafael, além de contar com as participações da cantora baiana Illy e do multi instrumentista e produtor musical Kassin. Com uma forte marca da música afrobaiana em diálogo com temáticas e sonoridades contemporâneas nas suas canções, Filipe promete levar um show dançante e cheio de novidades para quem se interessa pela nova música produzida na Bahia.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

12/09

Mette Rasmussen (Noruega) + Marcos Campello

 

A habilidade de Mette Rasmussen de se mover entre os limites dos gêneros e explorar os elementos fica em evidência. No seu projeto solo ou  com colaboradores, ela encapsulou sua própria visão do papel do saxofone, muitas vezes transformando-o em uma experiência física completa, abraçando o público com altitude sonora e prolíficas linhas de melodia, disparando uma base mais prosaica. Suas performances unem público e artista e envolve a energia entre os dois. A noite terá abertura de Marcos Campello em show de improviso solo.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20 (antecipado); R$ 25 (na hora)

 

13/09

Rogério Essin

 

O cantor e compositor Rogério Essin faz show de lançamento do single “Contido o mundo não tem ilusões”, que sai pela gravadora Biscoito Fino. Mesclando influências que vão de Luiz Gonzaga a Lenine, o artista já soma uma trajetória de quase 10 anos. Em 2010 lançou o álbum “O olho de Deus não joga dados”. A nova música é considerada uma  “canção de amor nos tempos da cólera”. O single, produzido por Fernando Caneca, teve participação de Federico Puppi, Marcelo Costa e Rodrigo Tavares.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

14/09

Cheyenne Love + Kartas

 

Noite de lançamento do primeiro disco da banda Cheyenne Love. O grupo de rock traz influências do punk e pop e é formada por Nayana Carvalho (voz e guitarra), Ricardo Richaid (voz e baixo), Marcelo Callado (bateria). A abertura fica por conta da banda Kartas.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

15/09

Laura Canabrava e Insandessa

 

O show inédito surge da parceria musical das artistas Laura Canabrava, carioca, e Insandessa, paulista. Duas mulheres ocupando seus espaços, colocando suas vozes, compartilhando suas criações. As canções expressam suas visões de mundo feminista, questionando a sociedade contemporânea, refletindo sobre as relações pessoais, buscando alento na poesia, na espiritualidade, no amor, na procura por liberdade.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

18/09

Coffee Shop Boys

 

Coffee Shop Boys é uma banda recém formada por músicos atuantes na cena carioca. A banda procura juntar os clássicos da música jamaicana com a ideia da liberdade dos improvisos jazzísticos e muito dub. O repertório trará clássicos do reggae e ska em releitura ao estilo jazz.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

19/09

MEB_Música Extemporânea Brasileira

 

O show marca o lançamento do segundo single do novo disco do MEB, que sai esse ano ainda. O repertório apresenta as canções desse novo álbum (o segundo da banda) e algumas músicas do primeiro disco “Boca do mundo”, com novos arranjos. MEB sobe ao palco com Ticiana Passos (voz), Zé Luiz Rinaldi (guitarra e violão), Alexandre Rabello (baixo) e Élcio Cáfaro (bateria).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

20/09

Santos

 

O show fecha um ciclo de três anos de Santos e marca a despedida do projeto do multi instrumentista Lucas Santos. A apresentação vai unir músicas dos três álbuns lançados, além de algumas presentes em EPs. Ele sobe ao palco com Nathanne Rodrigues (baixo), Autuori (guitarra) e Pedro Millecco. Esta também será a única apresentação de lançamento do mais recente disco, “O Espaço Abre, O Céu Pesado Cai”, revelado no final de agosto.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 15 (antecipado); R$ 20 (na hora)

 

21/09

Gabriel Fróes, Justa Causa e Marcelino

 

Gabriel Fróes é cantor e produtor musical de R&B e hip hop. Em junho de 2019, lançou seu primeiro projeto chamado “Mixtape Índigo”, mesclando influências do rap à disco music. Justa Causa é um coletivo que se iniciou no fim de 2017, reunindo diversos MCs e beatmakers que cantam a realidade da Baixada. Marcelino é um rapper da nova geração que acabou de lançar o álbum “Hades”, que estará no repertório de seu show. É membro do coletivo COVIL DO FLOW, gravadora que se localiza na Rocinha.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

25 e 26/09

Sylvio Fraga Quinteto e Letieres Leite

 

A proximidade do Sylvio Fraga Quinteto com o maestro baiano Letieres Leite deu origem

ao álbum “Canção da Cabra” (da nova gravadora Rocinante). Este é o terceiro disco de Sylvio Fraga, compositor e poeta. No palco, ele será acompanhado de José Arimatéa (trompete) Bruno Aguilar (baixo), Bernardo Ramos (guitarra), Marcelo Galter (teclado), Felipe Continentino (bateria), Luizinho do Jêje (percussão) e Letieres Leite (flauta).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

27/09

Mari Blue, Mihay e Mário Wamser

 

Os cantautores Mari Blue, Mihay e Mário Wamser se juntam em show inédito misturando o repertório autoral de suas carreiras solo. Canções já gravadas ganham novos arranjos junto com músicas inéditas que o público vai conhecer em primeira mão. A apresentação mistura vozes abertas dos três cantores, além de violão (Mário Wamser), teclado (Mari Blue) e zabumba (Mihay).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$ 20

 

29/09

Fira Banaba: Nina Becker, Alberto Continentino e Eduardo Manso

 

O Fira Banaba é uma banda de synthpop que surgiu do desejo de reunir crianças e adultos para desfrutar juntos momentos musicais e dançantes. Fruto do encontro entre a cantora e diretora de arte Nina Becker, o contrabaixista e arranjador Alberto Continentino, e o músico e produtor de discos Eduardo Manso, o repertório do Fira Banaba abraça o eletropunk como sonoridade inspiracional, mesclando com bases eletrônicas de dance music onde exploram letras, sons e ruídos divertidos, em faixas autorais inéditas como “Batata Frita”, “Ela ela ela ela” e “Lamina animal”. Um dos objetivos é que tanto crianças quanto adultos possam participar desse encontro lúdico.

 

Horário: 17h

Ingressos: R$ 20

 

Sobre a Audio Rebel

 

Localizada em um sobrado de Botafogo, Zona Sul carioca, a Audio Rebel é um complexo com quatro salas interconectadas e isoladas acusticamente, uma loja de instrumentos e acessórios e uma oficina de luthieria (confecção de instrumento de cordas). Oferecemos serviços de sound design, trilha sonora, foley, dublagem, mixagem 2.0 e 5.1, masterização, gravação de voz, gravação de áudios adicionais para cinema, gravação e produção de áudio books e book trailers, áudio para instalações e performances artística.

 

Serviço

Local: Audio Rebel

Endereço: Rua Visconde de Silva, 55 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ

Classificação: 16 anos

Capacidade da casa: 90 pessoas (lotação máxima)

Forma de pagamento: para o ingresso, apenas dinheiro; no bar, todos os cartões de crédito.

Casa equipada com ar condicionado e wi-fi gratuito

Horário de funcionamento da bilheteria: todos os dias, de 13h às 21h

 

Anúncios