Tributo a The Who e Led Zeppelin

Comemorando seus 25 anos de existência, o maior festival de violoncelos do país encerra sua programação do ano no próximo dia 19, não deixando também de homenagear o rock e suas vertentes. Nesta sexta, dia 16, o guitarrista Victor Biglione sobe ao palco da Sala Cecília Meireles, às 20h, com o Rio Cello Ensemble e acompanhado por Jorge Pescara (baixo) e Fábio Cezanne (bateria), apresentando o seu Tributo ao The Who, executando trechos da clássica ópera TOMMY. No mesmo dia, também se apresentam o grupo alemão de música eletrônica Aggregat, pela primeira vez no Brasil, e o Cello Jazz, com Gunther Tiedemann (cello).  No domingo, dia 18, às 11h, o guitarrista e seu trio retornam ao mesmo palco para apresentar, também com o Rio Cello Ensemble, o Tributo a Led Zeppelin, inédito. No mesmo dia, o Rio Cello irá promover o “Violonsalada”, homenageando também Bach e Villa-Lobos, com os cellos da Orquestra Sinfônica Brasileira e grandes solistas, com Colin Carr e as sopranos  Marilia Vargas e Marina Considera.

 

RIO CELLO

Radicado e apaixonado pelo Brasil há 35 anos, o violoncelista David Chew, fundador do festival, mantém firme seu propósito de popularização da música clássica e de homenagear o maestro Villa-Lobos, sua maior inspiração.“Nossa intenção é levar o poder de transformação social da música a espaços públicos e comunidades. No início, era um encontro de violoncelistas, mas o projeto cresceu e hoje recebe diversos instrumentos e múltiplas linguagens artísticas. Desta forma, o festival alcança seu principal objetivo que é incluir a música na vida diária de todas as pessoas”, declara o músico. Em 25 anos, o festival já comprovou o seu sucesso, com recordes de público em eventos de música clássica no Brasil. Os números impressionam: 550 mil espectadores, 12 mil músicos, 900 concertos, 650 horas de workshops e masterclasses. Ao longo de sua extensa trajetória, o Rio Cello consolidou-se como uma grande plataforma multicultural no qual música, dança, poesia, artes plásticas e cinema que integram um evento de grande sofisticação artística e responsabilidade social.

SERVIÇO:

16 de Agosto (6ª feira), 20h –  Sala Cecília Meirelles

Música Eletrônica

Aggregat

Daniel Sorour _ cello elétrico

 

Cello Jazz

Gunther Tiedemann cello

 

Rock n´ Cello

Victor Biglione Trio

V.Biglione _ arranjos e Guitarra; Jorge Pescara _ baixo ; Fabio Cezanne _ bateria)

Rio Cello Ensemble

18 de Agosto (domingo) , 11h –  Sala Cecília Meirelles

Violonsalada – BACH-VILLA-LOBOS-LED ZEPPELIN

Colin Carr _ cello

Marina Considera _ soprano

Marília Vargas _ soprano

Victor Biglione trio (V.Biglione _ arranjos e Guitarra; Jorge Pescara – baixo ; Fabio Cezanne – bateria)

Rio Cello Ensemble

Sala Cecília Meirelles* _ Rua da Lapa, 47 – Centro

Ingressos: R$40,00 (inteira) / R$20,00 (meia-entrada)