Lucia Vilaseca abre exposição individual na Sala José Cândido de Carvalho

No dia 13 de agosto, terça-feira, às 19h, a artista visual Lucia Vilaseca vai abrir a exposição “Silenciosa geometria”, na Sala José Candido de Carvalho, com curadoria de Desirée Monjardim.

Lucia — que iniciou sua formação no Atelier Livre de Artes Plásticas e no Centro de Arte Contemporânea com Maria de Lourdes Mader e Victor Gerhard no início dos anos 70, e participou da exposição “Como vai você Geração 80?”, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage — apresenta, nesta mostra, obras que integraram “Silenciosa geometria”, exposição realizada em 2016, na Galeria Portas Vilaseca, Rio de Janeiro, com curadoria de Vanda Klabin.

“Silenciosa geometria” apresenta 14 obras, sendo nove pinturas sobre tela e cinco desenhos/colagens sobre papel.

“A geometria sempre fez parte de meu universo pictórico. Foi uma escolha ou uma tendência talvez. Desde o inicio, sempre me interessei por artistas relacionados a vertente geométrica. Mesmo na adolescência, quando ainda não tinha uma preocupação com uma formação profissional, já demostrava uma admiração por Mondrian, Torres Garcia e pelos concretos e neoconcretos Ivan Serpa, Lygia Pape, Aluísio Carvão, entre outros. Vejo hoje essa minha escolha mais como a identificação com o pensamento desses artistas, e ao longo do meu processo de trabalho fui procurando meu caminho”, explica a artista.

Vanda Klabin, cientista social, historiadora e curadora de arte, assim se refere aos trabalhos que integram Silenciosa Geometria: “Estamos diante de uma reunião poética de elementos plásticos aqui ressignificados pela adição, acumulação ou saturação de uma profusão de cores e de formas, que instauram novas métricas visuais, surpreendentes experiências perceptivas. Lucia Vilaseca nos convida à fruição de suas vivências sensíveis e suas múltiplas possibilidades compositivas geram novos campos para a experiência do olhar”.

É a segunda vez que Lucia Vilaseca apresenta seus trabalhos na Sala José Cândido de Carvalho. Em 1998, expôs “Lápis”, uma série de desenhos em lápis de cor, também sob a curadoria de Desirée Monjardim.

Mais sobre a artista:

Lucia Vilaseca estudou com Aluísio Carvão no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Frequentou cursos na

Escola de Artes Visuais do Parque Lage, participou de diversos salões de arte e de exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior. Possui trabalhos em instituições como o Centro Cultural Cândido Mendes e em coleções particulares.

Neste primeiro semestre de 2019, Lucia participou de duas mostras na Galeria Zagut, no Rio de Janeiro, com a curadoria de Augusto Herkenhoff e Isabela Simões: “Somos da Geração 88! alguns anos depois” e “Doação D”.

Serviço:

Exposição “Silenciosa geometria”

Curadoria: Desirée Monjardim

Abertura: 13 de agosto, terça-feira, às 19h

Visitação: de 14 de agosto a 7 de outubro de 2019, sempre de segunda a sexta, das 9h às 17h

Local: Sala José Candido de Carvalho

Endereço: Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá, Niterói-RJ

Informações: (21) 2719-6939/27199900