A Sombra do Vale – A História Que Já Foi Contada Muitas Vezes

Dia 6 de julho, sábado, às 16h, estreia o espetáculo infantil A Sombra do Vale – A História Que Já Foi Contada Muitas Vezes da República Ativa de Teatro no Teatro João Caetano. A peça integra a Mostra Sonhos em Tempos de Guerra, contemplado pela 32ª Edição da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo. A temporada segue até 4 de agosto, sempre aos sábados e domingos, às 16h. Grátis!

Partindo do tema discutido no projeto – as chamadas “guerras cotidianas” – seis jovens atores trouxeram diversos questionamentos relevantes. A provocação cênica é dos artistas da República Ativa, e o elenco é composto pelos seis jovens atores: Amanda Cruz, Ana Medeiros, Caio Martins, Jhon Yuri, Jonathan Araújo e Thauany Mesquita. Dentre as diversas inquietações, duas delas foram recorrentes: as consequências da negligência, do abandono e do distanciamento e a necessidade de recuperar as relações. E encontraram nas notícias sobre o desastre ambiental de Brumadinho uma oportunidade de tratar desse assunto que, infelizmente, ainda acontece.

E como as crianças recebem notícias como essas que recheiam as manchetes de televisão? Qual a relação delas com tantas tragédias que estamos todos sujeitos, tanto nas dimensões de Brumadinho como nas relações mais pessoais e familiares? Como elas percebem essas perdas e lidam com elas? Até que ponto a inconsequência do adulto interfere na vida e nos sonhos dos pequenos? O que a gente faz para trazer de volta o que está escondido? Essas e outras questões foram latentes nesse processo, e nortearam a construção da dramaturgia, recheada de ludicidade e poesia.

Através de um processo colaborativo intenso, o grupo foi construindo a narrativa que resultou numa aventura que permite desbravar os mares de lama que a vida nos traz e buscar entender como é possível seguir vivendo, e de que maneira podemos enfrentar essa sombra que pode ter tantas formas.

 

Sinopse

Tudo estava como sempre, até que um dia a sombra desceu o vale. Não houve tempo para perceber o que aconteceu. Só se sabe que tudo está diferente e todos perderam algo. Diante de tantas incertezas, o espetáculo embarca numa aventura sob um rio de lama em busca de respostas.

Sobre a Mostra Sonhos em Tempos de Guerra

A partir da temática do espetáculo O Inimigo, a República Ativa de Teatro criou e desenvolveu o projeto Sonhos em tempos de Guerra, contemplado pela 32ª Edição da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo. Trata-se do aprofundamento da pesquisa da Cia que aborda questões relevantes e delicadas para crianças e jovens, e que proporciona o desenvolvimento de 5 (cinco) novos espetáculos teatrais, com linguagens e abordagens distintas e a participação de diversos outros artistas.

O projeto propõe debater poeticamente a relação da criança com as chamadas “guerras cotidianas” – conflitos que fazem parte do dia a dia e que a criança nem sempre é convidada a refletir sobre eles. Debater é trocar argumentos, discutir ideias. A partir de um debate rico, em que os lados têm liberdade para colocarem suas opiniões livremente, quem assiste ou participa poderá construir o seu ponto de vista com base no que lhe pareceu mais verossímil. Numa sociedade cada vez mais binária, os debates tendem a ser menos honestos, pautados na intenção de apenas defender a própria ideia sem permitir conhecer a ideia do outro. As pessoas se encastelaram em verdades prontas, e quem discorda delas está contra quem as defende. Essa intolerância que se vê entre adultos também reflete entre as crianças e adolescentes, com consequências igualmente grandes para eles e para a sociedade.

A Cia traz à tona esses questionamentos, se propondo a pensar, discutir e direcionar o olhar para a formação de nossas crianças que cresce em meio a uma sociedade tomada por diversas guerras – como gênero, educação, entre outras –, apresentando ao público essas problemáticas com responsabilidade e poesia. Os primeiros resultados desse processo de pesquisa poética serão apresentados nesse formato de Mostra, que vai de Junho à Dezembro de 2019.

O Inimigo abriu essa Mostra (em Junho, no Teatro Décio de Almeida Prado – Itaim Bibi), que seguirá com as apresentações dos demais espetáculos e também debates públicos sobre o Teatro e a Criança. As apresentações serão todas gratuitas, e acontecerão em Teatros Públicos Municipais. Os debates ocorrerão na Embaixada Cultural – sede da República Ativa -, que fica na Vila Dom Pedro II – Zona Norte da cidade. 

Sobre a Cia:

Desde 2006, a República Ativa de Teatro realiza sua pesquisa sobre uma arte pertinente ao universo infantil. Em um primeiro momento de sua história, adaptou para a realidade da criança do século XXI textos clássicos de Maria Clara Machado. Depois, seguiu para a criação de espetáculos autorais tendo como base temas do universo da criança da chamada “geração google”, baseando sua pesquisa no Teatro Contemporâneo e suas as diversas possibilidades poéticas.

Nesses 13 anos de estrada nos deparamos com O Real Imaginário, nos encantamos com uma Bruxinha Que Era Boa, sonhamos com um Cavalinho Azul, voamos com A Menina e o Vento, tentamos descobrir Quem Apagou a Luz?, saímos em busca da Parte Que Falta com os questionamentos do jogo Splash ou A História da Gota Que Sonhava Ser Rio, e, recentemente, descobrimos muitas coisas sobre O Inimigo, além de criar uma vasta relação com crianças através de muitas histórias contadas e divertidas oficinas criativas.

Atualmente, inauguramos nossa primeira sede, a Embaixada Cultural, na Vila Dom Pedro II (Zona Norte de São Paulo/SP), que nos possibilitou aprofundar a pesquisa e desenvolver nosso projeto de Fomento “Sonhos em Tempos de Guerra”, que já está gerando novos espetáculos e debates com questões necessárias e urgentes.

Sobre o Pelotão de Apoio:

Em janeiro de 2019, a República Ativa abriu uma convocação para atores e/ou estudantes de artes cênicas, interessados em teatro para a infância e juventude, para integrar o “Pelotão de Apoio” do projeto “Sonhos em Tempos de Guerra”.

De março a julho, os Soldados-Artistas recrutados tiveram a oportunidade de participar dos estudos e oficinas do projeto, acompanhar os ensaios e criações da Cia, e principalmente, integrar o processo de criação do espetáculo A Sombra do Vale, que recebeu a provocação cênica dos artistas da República Ativa de Teatro.

Ficha Técnica

Provocação Cênica: Leandro Ivo, Rodrigo Palmieri, Thiago Ubaldo e Vivi Gonçalves

Elenco: Amanda Cruz, Ana Medeiros, Caio Martins, Jhon Yuri, Jonathan Araújo e Thauany Mesquita

Dramaturgia: Processo colaborativo

Organização Dramatúrgica: Amanda Cruz, Vivi Gonçalves e Leandro Ivo

Orientação Corporal: Vitor Vieira

Cenário e Figurino: O Grupo

Iluminação: Rodrigo Palmieri

Paisagem Sonora: Luana Coelho

Colaboração Musical: João Cruz

Confecção de Figurinos: A Mais Braba

Designer Gráfico: Elaine Alves

Fotos: Gabriel Rodrigues

Assessoria de Imprensa: Bemelmans Comunicações

Produção: Fulano’s Produções Artísticas

Produção Executiva: Célia Ramos

https://www.republicaativa.com.br/

https://www.facebook.com/RepublicaAtiva/

Serviço:

A Sombra do Vale

Local: Teatro João Caetano

Rua Borges Lagoa, 650

Vila Clementino, São Paulo

Tel: (11) 5573-3774

Sábados e domingos, às 16h, no teatro João Caetano.

De 06 de julho a 4 de agosto

Grátis

Anúncios