Inquieto Coração – 10 Anos

Com idealização, dramaturgia, produção e atuação de Eduardo Rieche e direção de Henrique Tavares, o espetáculo Inquieto Coração – 10 anos está em cartaz no Espaço Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, no Rio. A montagem, baseada em textos de Santo Agostinho, terá sessões às terças e quartas de julho, sempre às 19h, até dia 31. Concebido na forma de um monólogo, o espetáculo estreou em novembro de 2008 na mesma sala da Laura Alvim, da Funarj, e foi bem acolhido pelo público e pela crítica teatral. Ao longo desses dez anos, a produção foi apresentada em São Paulo e em outras cidades brasileiras, como Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Fortaleza.

 

Elaborado a partir da adaptação de algumas cartas e sermões de Santo Agostinho, além de quatro de suas principais obras (“Confissões”, “A Cidade de Deus”, “A Trindade” e “Solilóquios”), “Inquieto Coração – 10 anos” é um mergulho nos mais variados temas: o conhecimento de Deus, a busca da verdade, a natureza do amor e a condição humana.

 

Mais do que uma peça biográfica, o solo concebido e interpretado por Eduardo Rieche usou como mote as reflexões filosóficas desse grande escritor e teólogo do século IV. “Agostinho vai muito além da figura religiosa”, destaca Rieche. “Sua obra foi e continua sendo determinante para a construção do pensamento ocidental. Era um escritor intenso, que deixou mais de mil publicações, entre livros, sermões, textos filosóficos e doutrinais.”

 

Também formado em Psicologia, Rieche conta que seu primeiro contato com o trabalho de Santo Agostinho foi na faculdade, através da autobiografia “Confissões”. “Uma autobiografia pressupõe os conceitos de eusujeito e personalidade, que ainda não existiam no século IV. As obras de Santo Agostinho trazem questões extremamente contemporâneas sobre diversos assuntos, questões que muitos autores exploraram posteriormente, sob diversas vertentes”, acrescenta.

 

“Inquieto Coração – 10 anos” propicia, ainda, um encontro inédito entre os escritos de Agostinho, este primeiro homem “moderno”, e o homem atual. “Santo Agostinho está mais próximo de nós do que imaginamos: no nosso modo de pensar a relação entre razão e fé, ação e contemplação, amor e sexo”, afirma o diretor Henrique Tavares. “Nos seis meses ininterruptos em que o espetáculo esteve em cartaz no Rio de Janeiro e em todos os locais onde foi apresentado posteriormente, obtivemos um retorno bastante positivo dos espectadores, surpreendidos com o fato de tais reflexões, escritas há tanto tempo, terem aplicações práticas inimagináveis em suas vidas.”

  

O ator e idealizador Eduardo Rieche está feliz com a oportunidade de retornar ao cartaz: “A possibilidade de voltar com o espetáculo no aniversário de dez anos da montagem original e fazê-lo atingir um novo público é o que mais me motiva. Comemorar o décimo aniversário de vida de um espetáculo não é algo simples, e tampouco corriqueiro. Hoje em dia, inclusive, não é infrequente que os espetáculos não ‘sobrevivam’ à sua primeira temporada. A crise na economia, a crise de público, a crise de segurança… tudo seria motivo suficiente para demover os produtores da enorme tarefa de se manter um espetáculo em cartaz. Some-se a isso a atual escassez dos editais de patrocínio, e o cenário é quase assustador”, continua o ator e produtor, que, mais uma vez, banca a montagem com recursos próprios. “Por tudo isso, a força dos que resistem é ainda mais digna de mérito.”

 

SERVIÇO:

Peça: “Inquieto Coração – 10 anos”

Dramaturgia e atuação: Eduardo Rieche

Direção: Henrique Tavares

Estreia: Dia 9 de julho

Temporada: de 9 a 31 de julho de 2019

Horários: Terças e Quartas às 19h

Duração: 55 minutos

Classificação Etária: 12 anos

Capacidade: 53 lugares

Valor do Ingresso: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia entrada)

Local: Espaço Rogério Cardoso – Casa de Cultura Laura Alvim  

Endereço: Avenida Vieira Souto, 176 – Ipanema – Estação General Osório do Metrô

Telefone: (21) 2332-2015

Anúncios