Moyses Marques canta Chico

O grande músico e escritor Chico Buarque – que recebeu, no último dia 21 de maio, o “Prêmio Camões 2019” pelo conjunto de sua obra, e que completa 75 anos no próximo dia 19 de junho – será homenageado por Moyseis Marques com um grande show, no dia 4 de junho, terça, às 19h, no Teatro Municipal de Niterói.

No palco, Moyseis é acompanhado pelo sofisticado piano de João Bittencourt (que também toca acordeom), pelo contrabaixo de Luis Louchard e pela bateria elegante de Gabriel Guenther. Com sua voz, seu violão, seu tamborim e seu carisma, Moyseis pincela a extensa obra de Chico Buarque, gênio da raça que traz sambas, baiões, xotes, canções, valsas e até um blues para o roteiro.

No repertório, ‘Paratodos’, que Moyseis não abre mão em seus shows de forró, ‘Biscate’, ‘Mil perdões’, entre outras surpresas que o cantor e compositor prepara para esse show único e especial.

“Se ninguém está a salvo de referências, que elas sejam as melhores”. Assim disse o escritor Ruy Castro, resenhando o segundo disco de Moyseis Marques, ‘Fases de Coração’, de 2009, onde ‘Subúrbio’, canção de Chico Buarque – do disco ‘Carioca’ – inspirou Moyseis. Ele gravava sob a direção de Paulão 7 cordas e dialogava diretamente com ‘Cartas de Metrô’, de sua autoria, uma das treze canções do álbum que lhe rendeu as primeiras duas indicações para o Prêmio da Música Brasileira.

De lá pra cá, naturalmente a influência de Chico sobre Moyseis foi saltando aos olhos do público, que gostava de comparar seus timbres de voz, sua maneira orgânica e sofisticada de compor, suas interpretações viscerais que dão vitalidade às canções de Chico e sua postura no palco, também ressaltada pelo pesquisador Ricardo Cravo Albim na resenha do disco ‘Pra Desengomar’, de 2012, que lhe rendeu mais duas indicações para o ano seguinte, para o mesmo prêmio.

Nem com um disco totalmente autoral, a influência de Chico sobre Moyseis passou despercebida, e foi coroada pela presença do mestre em um show intimista no bar Semente em 2015, onde Moyseis experimentava canções para seu quinto trabalho, o independente “Made in Brasil”. Chico cantou com Moyseis ‘Aquela Mulher’ – solo de Moyseis na pele do protagonista Max Overseas para a montagem de João Falcão da Ópera do Malandro e Injuriado –, que Moyseis gravou no filme ‘Chico, um artista brasileiro’, longa de Miguel Faria Júnior sobre vida e obra de Chico, que traz também ‘Mambembe’, escolhida para integrar o filme e o disco da trilha sonora.

É válido ressaltar que recentemente Moyseis compôs ‘Chico para prefeito’, samba bem humorado que celebra os 75 anos do poeta, viralizando em sua rede social.

SERVIÇO

Moyses Marques canta Chico

Data: 04 de junho

Horário: 19h

Duração: 90 min

Classificação etária: Livre

Ingresso: R$ 20,00

Local: Teatro Municipal de Niterói

Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói

Tel: 2620-1624