Do Barroco ao Modernismo: os caminhos tortuosos da Música ocidental

No Ciclo intitulado “Do Barroco ao Modernismo: os caminhos tortuosos da Música ocidental“, a ser apresentado CCJF nos meses de abril, maio e junho, o maestro Ricardo Rocha, da Cia Bachiana Brasileira, fará inicialmente um passeio pela história da Música, que compreenderá do início da história da música na civilização cristã até a primeira metade do século XX, priorizando o Barroco, o Classicismo, o Romantismo, o Impressionismo e o Modernismo musicais.
Nesta primeira palestra, o foco será sobre o maior fenômeno musical de todos os tempos, Johann Sebastian Bach, cuja linhagem musical será mapeada desde o século IV com Santo Ambrósio, o bispo de Milão que converteu o filósofo Agostinho de Hipona.  Daí passará pelo monge agostiniano Martinho Lutero no século XVI, depois pelos mestres italianos Palestrina, Giovanni Gabrielli e seu melhor aluno, o luterano Heinrich Schütz, que também estudará com Monteverdi, até chegar ao seu maior influenciador musical, Antonio Vivaldi, seu contemporâneo. Esse caminho nos fará entender como foi possível a produção de um barroco musical protestante, construído a partir da representação do sagrado e da simbologia numérica da tradição apostólica da mística cristã, revelando o coração ecumênico que pulsava atrás de sua música.
As palestras serão Ilustradas com imagens e gravações em vídeos.
Serviço:  ‘Do Barroco ao Modernismo os caminhos tortuosos da Música ocidental’
Palestra I – Johann Sebastian Bach, a flor de Ambrósio
Direção musical e apresentação: Maestro Ricardo Rocha
Produção: Sociedade Musical Bachiana Brasileira
Apoio Institucional:
Centro Cultural Justiça Federal, CCJF
Av. Rio Branco, 241 Centro, Cinelândia
Quinta-feira , 25 de abril de 2019, das 18:30h às 21h30
Ingressos: R$ 40,00  por pessoa
Promoção:
os dez primeiros que fizerem reserva poderão levar gratuitamente um convidado Inscrições com nossa Assessoria de Imprensa: tisato@globo.com