Projeto Turista Cidadão está de volta em 2019

No próximo domingo, dia 7 de abril, o projeto Turista Cidadão, promovido pelo curso de Turismo da Estácio e coordenado pelo professor e guia turístico Kadu Guimarães, está de volta. Cariocas e visitantes da nossa cidade terão uma grande oportunidade de conhecer melhor os bairros de Botafogo e Humaitá, em uma verdadeira viagem no tempo. O passeio, gratuito e feito a pé, terá início às 9h30, com duração de 4 horas e ponto de encontro na praça do Largo dos Leões, no fim da rua São Clemente. Os interessados devem confirmar presença pelo email turismo.rjcentro1@gmail.com, para receberem a versão virtual do tour.

Segundo o guia de turismo Kadu Guimarães, a atração é uma grande oportunidade para os cariocas conhecerem a história da própria cidade. “A proposta do Turista Cidadão é que vc consiga observar, com um novo olhar, os lugares da cidade que já conhece ou passa cotidianamente. No caso de Botafogo e Humaitá, vamos buscar resgatar a memória dos bairros tendo como eixo a Rua São Clemente com seus colégios, suas vilas, seus casarões e palacetes que tornam o bairro um dos ricos da cidade em termos de patrimônio cultural”, comenta.

A região foi marcada por fazendas no passado e a partir do final do século XIX tornou-se o endereço mais nobre da cidade. As mansões e palacetes, que abrigaram muitas embaixadas, ainda estão de pé e serão retratadas durante o tour. Entre os locais que serão visitados estão o Palácio da Cidade, o Palácio São Clemente (Consulado de Portugal), a favela Dona Marta, Igreja de Santo Inácio, a mansão Guinle Linneo de Paula Machado (atual Casa Firjan), entre outros. Para quem gosta de curiosidades, o tour mostrará o local onde foi fundado o clube Botafogo, além de passear por um dos cartões postais mais famosos do mundo: a enseada do bairro.

“O tour virtual fará com que os cidadãos visualizem antigas chácaras, castelos, palacetes, chalés, ateliês de arte e jardins em contraste com os mesmos locais hoje em dia, tipo uma experiência de realidade aumentada”, conclui Kadu.

Anúncios