Edgar Duvivier e Maurício Branco abrem a programação do Clube Manouche nos primeiros dias de abril

O saxofonista e clarinetista Edgar Duvivier traz de novo sua elegância ao palco do Clube Manouche, desta vez acompanhado do violonista argentino Dami Andres. No show “Meu Sangue Latino” faz suas versões de tangos, flamencos e sambas, entre outros ritmos da nossa latinidade.

No repertório da apresentação danzon, rumba, chacarera, bossa, tango, milonga, baião, maracatu e, quem sabe até um blues e um jazz com sotaque latino, em músicas como “La Última Curda”, “Bésame Mucho”, “Lágrimas Negras”, “Lamento Sertanejo” e “Libertango”.

Serviço

Show: – Edgard Duvivier convida o violonista argentino Damien Andres

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 03 de abril, quarta, 21h

Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 40,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) www.eventim.com.br

Classificação: Livre

Estacionamento no local (tarifado)

 

04/04 – Quinta – 21h – Maurício Branco em “As Bibas são de Jupíter”

 

Partindo da premissa que os homens são de Marte e as mulheres são de Vênus, na comédia musical “As Bibas são de Júpiter”, o ator e apresentador Maurício Branco procura descobrir a qual planeta as Bibas pertenceriam e nos brinda com uma aventura interplanetária e filosófica em forma de comédia musical.

O espetáculo começa com Mauricio voltando à Terra e, de forma bem humorada, contando sua busca por esse lugar ao qual pertenceria. Entre casos e questionamentos, Mauricio improvisa, faz imitações e canta versões de hits nacionais e internacionais, acompanhado pelo músico João Pedro Bonfá.

As Bibas são de Júpiter é um espetáculo irreverente cuja única pretensão é divertir. Com texto do próprio Maurício em parceria com Ana Paula Camarinha, direção de Vinicius Marques e figurino de Pilar Salgado, a comédia cria versões subversivas para hits do pop brasileiro.  “Vida Bandida”, de Lobão, virou “Bicha Bandida”, “Shimbalaiê”, de Maria Gadú, passou a se chamar “Chupalaiê“; “Smooth Operator”, de Sade, agora é “Sou Maconheira”. O ator é acompanhado no palco pelo DJ Ramone e por João Pedro Bonfá, filho do baterista da Legião Urbana, no violão e guitarra.

Serviço

Show: – Maurício Branco com a comédia musical “As Bibas são de Júpiter”

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 04 de abril, quinta, 21h

Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 40,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) www.eventim.com.br

Classificação: Livre

Estacionamento no local (tarifado

Anúncios