Maísa Silva interpreta sua primeira antagonista em “Ela Disse, Ele Disse”, filme baseado em obra de Thalita Rebouças

Após se tornar a adolescente mais seguida no Instagram, Maísa Silva inicia o ano com outra grande novidade: ela dará vida à Julia, primeira antagonista de sua carreira. No filme “Ela Disse, Ele Disse”, baseado na obra homônima de Thalita Rebouças, a atriz será a rival de Rosa, interpretada por Duda Matte (que já atuou na peça “O Que Terá Acontecido A Baby Jane” e nas novelas “Carinha de Anjo” e “Mansão Bem Assombrada”). Este é o livro mais vendido da escritora e é o primeiro que conta também com a narração pessoal de um menino, Léo, interpretado no filme pelo ator Marcus Bessa (que já trabalhou nas novelas “Carinha de Anjo” e “Jesus” e nos musicais “Footloose” e “A Bela e a Fera”). Com direção de Claudia Castro, as filmagens do filme iniciam esta semana no Rio de Janeiro. A produção é assinada por Paula Barreto, da LC Barreto/Filmes do Equador em coprodução com a Globo Filmes e a Imagem Filmes é a distribuidora responsável pelo lançamento.

Na trama, são exploradas as expectativas enfrentadas por Léo e Rosa, dois típicos adolescentes, filhos de pais separados, que precisam se adaptar a uma nova realidade: a dificuldade do primeiro ano em uma escola nova. Amizade, futebol, paixões, bullying e romance fazem parte das histórias dos dois narradores; que muitas vezes têm o mesmo sentimento, mas pensam e agem de modo diferente. O longa-metragem contará ainda com a ex-apresentadora Fernanda Gentil, que faz sua estreia como atriz, interpretando a mãe de Rosa, Maria Clara Gueiros, em um papel mais dramático, como a diretora linha-dura da escola, e a influenciadora Bianca Andrade, como Fátima, a professora gente boa. Também estão no elenco jovem nomes como Giulia Ayumi, Maria Cecília Warpe, Matheus Lustosa, Pedro David, Rodrigo Tavares, Daniel Pim, JP Rufino e Maria Júlia Lima.

Este é o décimo primeiro livro publicado por Thalita Rebouças, uma das escritoras de maior sucesso no país, e o quarto a ganhar as telonas.  “Foi a primeira vez em que eu me permiti entrar na cabeça de um menino e é um garoto apaixonante. Toda menina me pergunta se o Léo existe e se eu podia apresentar para ela”, conta a escritora, que assina o roteiro do longa-metragem em parceria com Tati Ingrid Adão. Em 2018, das dez maiores bilheterias do cinema, duas são de filmes baseados em obras de Thalita.

Ambientado no Rio de Janeiro, o filme terá locações na Zona Sul e na Tijuca, com foco principal em escolas como o Colégio Teresiano, Colégio Notre Dame e Colégio Batista. O filme “Ela Disse, Ele Disse” tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2019.

 

Sinopse

Ela Disse, Ele Disse acompanha a rotina dos adolescentes Rosa e Leo, sobre os seus próprios pontos de vista. Aos 14 anos, eles agora precisam se adaptar a uma nova realidade e fazer de tudo para sobreviver ao primeiro ano num novo colégio. Provas, amizades, bullying, crushes da adolescência e até mesmo as armadilhas da internet mostram como meninos e meninas muitas vezes sentem as mesmas coisas, mas pensam e agem de maneiras completamente diferentes.

 

 

Ficha técnica

Direção: Claudia Castro

Roteiro: Thalita Rebouças e Tati Ingrid Adão

Produção: Paula Barreto – LC Barreto/Filmes do Equador

Produtora Executiva: Bia Tafner

Produtora associada: Rosane Svartman

Diretor de produção: Paulão Costa

Diretor assistente: Renata Braz

Diretor de fotografia: Pedro Serrão

Diretor de arte: Joana Mureb

Figurinista: Joanna Ribas

Maquiador: Mariah de Freitas

Técnico de som: Guilherme Algarve

Continuísta: Fernanda Luz

Coprodução: Globo Filmes

Distribuição: Imagem Filmes

 

Elenco

Duda Matte (Rosa)

Marcus Bessa (Léo)

Maisa Silva (Júlia)

Giulia Ayumi (Carol)

Maria Cecília Warpe (Luana)

Matheus Lustosa (Rafa)

Pedro David (Tony)

Rodrigo Tavares (Cebola)

Daniel Pim (Yuri)

JP Rufino (Homero)

Maria Júlia Lima (Ludmila)

Bianca Andrade (Fátima)

Maria Clara Gueiros (Madalena)

Fernanda Gentil (Paloma)

 

Sobre a diretora Claudia Castro

“Ela Disse, Ele Disse” é o primeiro longa-metragem com direção de Claudia Castro, que já atua no meio há mais de 15 anos. Na TV dirigiu as séries “Magnifica70” produzida pela HBO e Conspiração Filmes, temporadas 1, 2 e 3, “Perto do Fogo”, “Uma Rua Sem vergonha” e “Vai dançar” e foi assistente de direção de “Ó pai ó”, “Mulher Invisível”, “Mandrake”, entre outros.  Já no cinema, foi produtora executiva em “Aos Teus Olhos”,  filme dirigido por Carolina Jabor, e assistente de direção de diversos longas-metragens como “Última Parada 174”, de Bruno Barreto, “Tim Maia”, de Mauro Lima, e “Dois Filhos de Francisco: A História real de Zezé de Camargo e Luciano”, de Breno Silveira.

 

 

Sobre a LC Barreto

Fundada em 1963, a L.C. Barreto Produções Cinematográficas possui uma trajetória tão rica que até se confunde um pouco com a história do cinema no Brasil e da América Latina. São mais de 80 produções e coproduções de curta e longa-metragem, realizadas dentro de rigorosos padrões técnicos e artísticos. Muitos deles são considerados parte do patrimônio artístico e cultural do nosso país, como: “Vidas Secas” e “Memórias do Cárcere”, de Nelson Pereira dos Santos; “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “O Que é Isso Companheiro?” de Bruno Barreto; “Bye Bye Brasil”, de Cacá Diegues; “O Quatrilho”, de Fábio Barreto; entre outros.

 

 

Sobre a Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 250 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’ e ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

 

Sobre a Imagem Filmes | Distribuidora

A Imagem é uma distribuidora nacional de filmes independentes comprometida com a qualidade e variedade de produções. Atuando nos segmentos de cinema, vídeo e televisão a distribuidora é responsável pelos lançamentos de grandes produções nacionais, dentre elas, destacam-se os recentes: 10 Segundos para Vencer, Antes que eu me Esqueça , Nise – O Coração da Loucura, Soundtrack, O Rastro,além das produções internacionais: Florence – Quem é Essa Mulher, Café Society, Roda Gigante, Desejo de Matar, e os recentes A Melhor Escolha e Papillon.

Anúncios