O Cluster comemora seis anos com grande festival dedicado à tecnologia

Considerada uma das plataformas criativas que mais entende do lifestyle carioca e das demandas criativas da cidade, O Cluster comemora os seus seis anos com um grande festival, que acontece nos dias 24 e 25 de novembro, na Casa França-Brasil e no Centro Cultural Banco do Brasil. Para a edição de aniversário, a marca oferece ao público uma programação inteiramente gratuita, reunindo uma série de experiências que envolvem ações de cultura, produção e discussão de conteúdos de moda e tecnologia e entretenimento.

Pensando em um evento com conteúdos relacionados à tecnologia, a plataforma apresenta diversas iniciativas em torno do tema. Pela primeira vez, a plataforma realiza Conexões O Cluster, no 4º andar do CCBB,  onde serão apresentadas ao longo dos dois dias palestras, workshops e painéis voltados à área Tech. As discussões abordam temas como o uso da tecnologia na moda, labs tecnológicos comunitários, etc. Além do Conexões, o evento abre um Espaço Maker, com maquinários trabalhando em tempo real, desenvolvido pela Fabulosa.

Ainda no clima tecnológico, o festival apresenta, também no fim de semana, o Cine O Cluster, na Casa França-Brasil. No sábado, serão exibidos longas que retratam o universo tecnológico e cibernético de forma ficcional. Já no domingo,receberá os Atores e o Diretor de Fotografia, Ronald Land, para um debate após a exibição do filme “Amar é para os Fortes” – um “projeto de disco para ver”, de Marcelo D2.

Para completar, O Cluster realizará a coleta de lixo recolhido no festival  com o auxílio da TechTrash. O lixo coletado será encaminhado às recicladoras conveniadas pela empresa.

“Há muito tempo estamos dialogando entre a moda e as novas tecnologias. No ano passado fizemos a exposição no Museu do Amanhã onde vários designers aprenderam sobre novas tecnologias e como pensar a moda a partir da escassez de matérias primas e como dar um novo sentido para a moda. O Cluster é uma grande plataforma de divulgação e canalização, ou seja, nada mais natural que a gente tenha uma edição trans/multi disciplinar onde a gente pudesse promover o diálogo entre pessoas da tecnologia e criativos”, afirma Carolina Herszenhut, curadora e idealizadora da plataforma.

Além de todas essas iniciativas, o festival terá música e diversos expositores de moda, artes visuais e gastronomia. O sábado, dia 24, será encerrado com a Festa de 6 anos d’O Cluster, que reunirá um clássico time de DJ’s da cidade das 21h às 3h da manhã, na varanda da Casa França-Brasil. O festival e a festa contarão com a presença dos DJ’s Glitterada, Ícaro, Nelson, Amaral, Nado, Elisa e Andrei, no sábado, a partir das 13h, e Glau, Nana e Elisa, que tocarão no domingo.

A última edição do ano d’O Cluster também será palco da final do Prêmio Espíritu Libre Novos Sons, no domingo, às 16h30, que premiará uma das bandas finalistas com um aporte inicial para um financiamento coletivo com a Benfeitoria. As bandas finalistas são Dr. Vodu, Guaporés, Vênus Café e Virótica.

Marcas participantes:

Marcas participantes:

Alive Pop-up, Asla, Beeshona Fashion, Bendita Gambiarra, Bergamia, Bruna Pimenta, Chá Azul, Chá Dao, Calaveritas, Caule, Chef Xande, Cuadernitos by Jessir, Cultura Viva, Entreamar, Fécula,  Fernanda Bordados, Gelados da Tribo, Gustavo Zimmermann, Holly, Hype Brasil, Izca, Jana Flor, Juliana Minelli Ilustração, Julia Bianchi, Karola, Laura Mansur, Lina Prades, Luana Fortes, Mara Ilustra, Marcos Mendonça, Maria Helena Bastos, Mura Vintage Store,  Odyssee , Pura Raiz, Psydra, SanGii, Siricutico, Soloriso Risotto, Tibau’s Gourmet, Tribo, TUGUN.

O Cluster Solidário:

Ao longo dos dois dias de evento, a produção recolherá produtos de higiene pessoal para a Casa Abrigo Lar da Mulher, que faz parte do Rio Solidário e presta assistência social, psicológica e jurídica para mulheres vítimas de violência doméstica. A ação é feita a partir da parceria com o projeto Dj Closet, que reúne Djs mulheres de diferentes segmentos da cena musical brasileira para desapegarem de seus figurinos, incentivando o consumo consciente e revertendo parte do lucro das vendas para a Casa Abrigo Lar da Mulher.

Programação Conexões O Cluster:

Sábado 24/11:

15h > O hardware e suas possibilidades.

Palestrantes:

Matheus Mendes – Engenheiro Criativo e Prototipador

Allan Melo – Designer de Experiências e Pesquisador em Futurismo

A ideia dessa conversa é de trazer à tona possibilidades que emergem com o aprimoramento das tecnologias, contando um pouco da evolução histórica da tecnologia.

16h > Tecnologia Acessível na Cidade:

Onde encontrar laboratórios comunitários para desenvolver seu projeto.

Palestrantes:

Augusto Pizarro – Polo Maker

Nilton Lessa – Moleque de Ideias

Luiz Claudio  – Rio Hacker Maker

Luisa Fosco -Fabulosa Fábrica de Ideias

 

17h  > Vestíveis:

Como a tecnologia vem impactando o mercado da moda.

Palestrantes: Natalia Chaves Bruno – Tecnologia Vestível

Beatrice Catarine – Tecnologias Vestíveis com Biomateriais

João Dalla Rosa – Professor-designer

O que é um Wearable? Panorama histórico, definição e perspectiva futuras para as tecnologias vestíveis.

18h  > Educação e Tecnologia

Como as novas tecnologias se aplicam ao sistema educacional atual.

Palestrantes:  Natalia Chaves Bruno – designer de interação e tecnologia vestível

João Gabriel Santos – Byteme

Isabel Scarlazzari – Designer e Educadora

Como as novas tecnologias têm sido inseridas em contextos educacionais e seus desdobramentos para os diferentes atores desse contexto.

19h  > Bate-Papo: Cultura e Tecnologia

Apresentação de projetos interdisciplinares que dialogam com o universo tecnológico. 15 minutos para a apresentação de cada projeto + perguntas e respostas.

Esta atividade precisa de inscrição prévia: https://goo.gl/ZxoPiq

 

Domingo 25/11

13h30 > Novos Materiais e suas possibilidades

Os recursos utilizados para uma produção mais moderna e consciente de alguma forma são disruptivos em seu ramo de atuação.

Palestrantes: Vanessa Wagner – Zoia

Hugo Mendes – Biotecam

Yan Molinos – Plástico Precioso

15h30 >Cultura, Moda e Tecnologia

Palestrantes: Carolina Herszenhut

Matheus Mendes – Engenheiro Criativo e Prototipador

Natalia Chaves Bruno – designer de interação e tecnologia vestível

O ciclo de palestras do dia 24 será encerrado com um bate-papo que tem como objetivo reunir pessoas de diferentes áreas, mas que trabalham com projetos de tecnologia. Essa atividade foi idealizada para que os participantes possam apresentar seus projetos e suas dificuldades, para trocar informações e soluções criativas entre si. Serão oferecidas 15 vagas para participantes e as inscrições podem ser feitas através de um link disponibilizado nos eventos do Facebook.

Espaço Maker:

Durante os dois dias, na Casa França-Brasil, O Cluster abrirá um espaço que funciona como uma espécie de showcase, onde o público poderá ver os maquinários em funcionamento e suas aplicações reais para o desenvolvimento de produtos. Além da demonstração em tempo real, também haverá um mostruário das peças desenvolvidas por diversos designers no laboratório maker da Fabulosa. A cada dia do evento, alguns desses designers estarão no espaço contando ao público sobre o processo de criação e confecção das peças, utilizando a tecnologia disponibilizada pelo Lab. A proposta é mostrar o quanto o acesso à tecnologia é possível para qualquer um que tenha interesse e quais são as ferramentas que podem ser utilizadas de acordo com a necessidade de cada projeto.

Programação Cine O Cluster:

 

Sábado, dia 24:

Planeta proibido, às 13h;

A pele que habito, às 15h;

O quinto elemento, às 17h;

Metrópolis, às 19h10

Domingo, dia 25:

Amar é para os Fortes, às 14h

O longa, roteirizado por Marcelo D2, será seguido de debate com atores do filme e diretor de fotografia Ronald Land + alunos da Criaativo Film School. Antes do longa, será exibido os curtas do Criaativo Film School “Vandinho” e “A Paz virá nessa vida”.

Os meios tecnológicos são absorvidos pelas comunidades e periferias do Brasil sejam eles mídias sociais, celulares, máquinas fotográficas e criações diferenciadas. Devido a essa grande potencialidade existente nestas regiões surge uma imensa produção cinematográfica e audiovisual juntando temáticas sociais, inclusivas e criativas. Tornando assim histórias que antes não eram contadas para as telas do cinema.

Sobre O Cluster

Com mais de 25 edições gratuitas realizadas no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife, O Cluster soma mais de 400 marcas participantes, 80 novos chefs e já atingiu um público de aproximadamente 100 mil pessoas que procura saber o que os criativos brasileiros andam produzindo. O Cluster é realizado desde 2012 pela produtora Aborda, que possui a curadoria e idealização de Carolina Herszenhut. A produtora Aborda realiza atualmente O Cluster e as edições da Festa MOO.

Desde 2016, O Cluster possui patrocínio da marca Sol.

 

 

Serviço: O Cluster 6 anos – Edição Tech

Casa França Brasil

Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20010-060

Dias 24 e 25 de novembro, das 13h às 21h.

Classificação livre.

Entrada gratuita.

Festa 6 anos O Cluster

Varanda da Casa França-Brasil: Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20010-060

Dia 24 de novembro, sábado, das 21h às 3h.

Classificação: 18 anos.

Entrada gratuita.

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) (Conexões O Cluster)

Rua Primeiro de Março, 66. Centro.

Dias 24 e 25 de novembro.

Classificação: livre.

Entrada gratuita.

Informações: www.ocluster.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/ocluster/

Aborda: http://aborda.com.br

 Realização: