Cerimonia de Entrega do 12 Prêmio Zilka Salaberry de Teatro Infantil no Teatro das Artes, Shopping da Gávea

O CEPETIN (Centro de Pesquisa e Estudo do Teatro Infantil) e o NEPAC (Núcleo de Ensino e Pesquisa de Artes Cênicas), orgulhosamente promovem a Cerimônia de Entrega do 12º Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, no dia 22 de outubro de 2018 – segunda feira, 19h, no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea.

Zilka Sallaberry foi, entre as grandes atrizes, certamente aquela que mais trabalhou para as crianças.

Participou do Teatrinho Troll, na extinta Tv Tupi, nos anos 1950, onde costumava representar as bruxas e vilãs. Na década seguinte, deu vida a Pandora, na primeira adaptação para a Tv do clássico Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado; e, na adaptação do mesmo clássico, já nos anos 1970, viveu a Mãe Pluft.

Mas Zilka entrou definitivamente para o nosso imaginário como a Dona Benta, na adaptação do Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato, que ficou no ar por 10 anos (entre 1977 e 1986), na Tv Globo. E a partir disso, tornou-se nacionalmente reconhecida e uma imagem querida por tantas gerações.

Pensando nisso, o diretor teatral, pesquisador e dramaturgo Carlos Augusto Nazareth, ao criar um Prêmio dedicado ao Teatro Infantil, em 2006, homenageou a atriz Zilka Sallaberry conferindo seu nome ao Prêmio que vem promovendo e estimulando a qualidade do fazer teatral para crianças, no Rio de Janeiro.

Parece que foi ontem, mas já se passaram 12 anos… A cada edição, diversas personalidades do meio artístico prestigiaram as festas de premiação: Fernanda Montenegro (que homenageou Claudio Mamberti); Eva Tudor, que recebeu uma homenagem especial; Lázaro Ramos; Suely Franco, entre tantas outras que já participaram do Prêmio.

Desde o ano passado, o Prêmio Zilka Sallaberry passou a abranger também as produções de Niterói. E seu criador, que coordenou o Prêmio em todas as 11 edições, através do CEPETIN (Centro de Pesquisa e Estudo do Teatro Infantil), passou seu bastão para o também diretor e dramaturgo Leonardo Simões, que agora coordena a premiação, com a tarefa de mantê-lo vivo e cumprindo seus objetivos. Além do reconhecimento aos criadores que se destacam a cada temporada, o Prêmio sempre buscou também a reflexão sobre o fazer artístico que tem como foco a criança.

Na próxima segunda-feira, dia 22 de outubro de 2018, acontecerá a cerimônia de entrega do 12º Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, às 19h, no Teatro das Artes (Shopping da Gávea). E o grande homenageado da festa será o seu criador, Carlos Augusto Nazareth, pela criação do Prêmio Zilka e por

todo o trabalho voltado para o aprimoramento do teatro infantil, como autor, diretor, professor e pesquisador, destacando-se o livro teórico Trama, entre as diversas obras que publicou.

A memória de Zilka, sempre presente em cada edição, será evocada através da relação com sua personagem mais conhecida, a Dona Benta. Para isso, o evento contará com artistas convidados que fizeram parte das várias edições e temporadas do Sítio do Picapau Amarelo na Tv Globo. Entre os já confirmados, estão:  Izabella Bicalho (Narizinho),  Suzana Abranches (Emília), e Tonico Pereira (Zé Carneiro), que contracenaram com Zilka; Aramis Trindade e Cândido Damm, que representaram o Visconde de Sabugosa, substituindo o saudoso André Valli; Izak Dahora (Saci); a cantora e atriz Rosa Marya Collin (Tia Nastácia); Stela Freitas e Catarina Abdala, que deram vida à Cuca, em fases diferentes. Completando o time do Sítio, estarão presentes também: um dos redatores da série, Claudio Lobato, que ficará encarregado de entregar o troféu de melhor Texto; e o diretor Márcio Trigo, que fará a entrega ao contemplado com o prêmio de Direção.

A 12ª edição do Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil teve seu júri composto por Claudia Valli, Diego Molina, Fabiana Valor, Leonardo Simões, Marcos Ácher e Zé Helou. Concorrem ao Prêmio dezesseis peças que foram indicadas nas dez categorias: Texto, Direção, Cenário, Figurino, Iluminação, Música, Atriz, Ator, Produção e Melhor Espetáculo.

O Prêmio Especial do Júri será concedido ao diretor teatral Dudu Sandroni, que criou o Núcleo de Teatro para a Infância e Juventude, nos anos 1990, e colaborou também com a pesquisa sobre o teatro infantil, através do seu livro Maturando.

Além disso, o júri do Zilka concede quatro menções honrosas: ao espetáculo Batalhinha de Improvisação com máscaras para crianças, pelo desenvolvimento dessa linguagem para o público infantil; à Cia. Teatral Milongas, que completa 15 anos com o espetáculo Pelos quatro cantos do mundo; ao Cleber Oliveira, pelo visagismo (caracterização, próteses, perucas e máscaras) no espetáculo João, o alfaiate – um herói inusitado; e aos músicos Cássia Menezes, Débora Cheyne, Paula Cristina e Tibor Fittel (do espetáculo Makuru, um musical de ninar).

O criativo troféu, que representa um balanço rústico, foi concebido na 10º edição pelos designers Janaína Perez e Thiago Herrera e é confeccionado desde então pelo artesão Antônio Freixo.

A apresentação do evento ficará a cargo das atrizes Vilma Mello e Raquel Penner, que já conduziu a cerimônia do ano anterior, no Teatro Municipal de Niterói (ao lado de Leonardo Simões e George Sauma). E a festa ainda contará com outras surpresas, como os depoimentos em vídeo de outros atores e atrizes do Sítio, que não poderão estar presentes.

INDICADOS ao 12º PRÊMIO ZILKA SALLABERRY (JULHO 2017- JUNHO 2018)

ESPETÁCULO:

– Contos partidos de amor.

– Isaac no mundo das partículas.

– João, o alfaiate – um herói inusitado.

– Makuru, um musical de ninar.

– Pelos 4 cantos do mundo.

TEXTO:

– Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles Lôbo – João, o alfaiate – um herói inusitado.

– Camila de Aquino, Diogo Magalhães, Helena Stewart,

Isaac Bernat, Lucas Oradovschi e Marina Bezze

Rosa e a Semente (inspirado no conto O pote vazio).

– Eduardo Rios – Contos partidos de amor.

– Vanessa Dantas – Thomas e as mil e uma invenções.

DIREÇÃO:

– Álvaro Assad (João o alfaiate – um herói inusitado).

– Breno Sanches (Pelos 4 cantos do mundo).

– Duda Maia (Contos partidos de amor).

– Fabiana de Mello e Souza (Thomas e as mil e uma invenções).

– Isaac Bernat (Rosa e a semente).

– Joana Lebreiro (Isaac no mundo das partículas).

 

ATRIZ:

– Aline Carrocino (Bituca – Milton Nascimento para crianças).

– Ana Barroso (Lasanha e Ravioli em Cinderela).

– Helena Cerello (Cinderela lá lá lá).

– Helena Stewart (Rosa e a semente).

– Letícia Medella (Thomas e as mil e uma invenções).

– Thais Belchior (Thomas e as mil e uma invenções).

ATOR:

– Álvaro Assad (João, o alfaiate – um herói inusitado)

– Gabriel Stauffer (Thomas e as mil e uma invenções).

– João Lucas Romero (Isaac no mundo das partículas).

– Márcio Moura (João, o alfaiate – um herói inusitado).

CENÁRIO:

– Clívia Cohen (Bituca – Milton Nascimento para crianças).

– Fernando Mello da Costa (Pelos 4 cantos do mundo).

– Flávio Souza (Contos do mar).

– Natália Lana (Makuru, um musical de ninar).

– Raquel Theo (João, o alfaiate – um herói inusitado).

FIGURINO:

– Carlos Alberto Nunes (A história das histórias).

– Carol Lobato (Makuru, um musical de ninar).

– Kika Lopes (Contos partidos de amor).

– Marco Lima (Cinderela Lá Lá Lá).

– Pedro Sayad e Tita Nunes (Camaleão e as batatas mágicas) .

ILUMINAÇÃO:

– Ana Luzia de Simoni (A menina e a árvore).

– Aurélio de Simoni (Thomas e as mil e uma invenções).

– Paulo César Medeiros (Makuru, um musical de ninar).

– Renato Machado (Contos partidos de amor).

– Renato Machado (Ovelha Negra).

MÚSICA:

– Roberto Gnattali – Direção musical em Kalu e a Lua.

– Ricco Viana – Trilha original e arranjos em Contos partidos de amor.

– Ricco Viana – Direção musical em Isaac no mundo das partículas.

– Tim Rescala – Música original, Direção musical e Arranjos em Makuru, um musical de ninar.

– Tim Rescala – Músicas, Direção musical e Arranjos em Thomas e as mil e uma invenções.

 

PRODUÇÃO:

– Bituca – Milton Nascimento para crianças – Diego Morais e Pedro Henrique Lopes (Entre Entretenimento).

– Contos partidos de amor – Bruno Mariozz (Palavra Z produções Culturais).

– Isaac no mundo das partículas – Camila Vidal.

– Makuru, um musical de ninar – Cacau Gondomar e Fabricio Polido (Belazarte Realizações Artísticas).

– Thomas e as mil e uma invenções – Vanessa Dantas (Marcatto Produções Artísticas); Bárbara Galvão e Carolina Bellardi (Pagu Produções Culturais).

 

MENÇÃO HONROSA:

– Batalhinha de Improvisação com Máscaras para Crianças – Pela qualidade do trabalho resultante da pesquisa sobre improvisação e máscaras balinesas, voltada para o público infantil.

– Cia. Teatral Milongas, que completa 15 anos de atividades (com o espetáculo Pelos 4 Cantos do Mundo).

– Cleber de Oliveira – Pelo visagismo (maquiagem, cabelos e próteses) do espetáculo João, o alfaiate – um herói inusitado.

– Paula Cristina, Débora Cheyne, Cássia Menezes e Tibor Fitte – Músicos do espetáculo Makuru – um musical de ninar.

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI:

DUDU SANDRONI – Por sua importante atuação como diretor, autor e pesquisador, sempre contribuindo para o desenvolvimento do teatro para crianças no Brasil.

HOMENAGEM ESPECIAL a CARLOS AUGUSTO NAZARETH pelo estímulo à reflexão e à busca de qualidade no fazer teatral para crianças, através de sua trajetória múltipla e da criação do Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, há doze anos.

SERVIÇO:

12º Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil – Cerimônia de entrega

Dia 22 de outubro de 2018 – segunda-feira – 19h.

No Teatro das Artes (Shopping da Gávea – 2º piso).

Lotação: 421 lugares.

Evento Gratuito (sujeito à lotação do espaço).

Os interessados em assistir ao evento deverão solicitar senhas e aguardar confirmação, somente até o dia 19/10/2018, pelo e-mail: pronepac@gmail.com

Classificação etária: Livre