Agenda da Audio Rebel

Agenda Audio Rebel

Outubro 2018

 

02/10

Baião de Spokens + BNegão

 

A apresentação mescla performances poéticas com música, experimentações sonoras e visuais, propondo ampla pesquisa e prática no universo da palavra, ao incorporar versos e narrativas num diálogo entre o tradicional e o contemporâneo. No momento realiza a turnê de seu álbum multimídia “#opendrive” e contará novamente com a participação do artista carioca BNegão. *Acessível em LIBRAS.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

03/10

Gabriel Gonzaga

 

“Bicho burro!” é o novo show do músico e arranjador Gabriel Gonzaga. Num repertório brasileiro contemporâneo, Gabriel dá voz a canções sarcásticas e reflexivas sobre a vida na atualidade, amor, infância e morte. A banda tem direção musical de Pitter Rocha (guitarra) e conta com Leonardo Fiúza (contrabaixo), Lucas Fixel (bateria) e arranjos de Gabriel Gonzaga. No repertório, temas de Pedro Mann, Gilberto Gil, Anderson Primo, Ary Barroso, Carlos Lyra, Tom Veloso, José Ibarra, entre outros.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

04/10

Miazzo / Verjault

 

A noite marca o lançamento do álbum “QTV”, de miazzo. Artista visual, videomaker e experimentador sonoro, ele usa todas essas facetas no novo trabalho, unindo colagens sonoras e vaporwave. As músicas exploram a memória afetiva e a cultura de massa, passando por trailers de filmes e programas de auditório. Verjault é baixo, fuzz, sampler e ruído digital: estruturas texturais que se permutam e se desconstroem ao longo do tempo, gerando nuances de um mesmo discurso.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

05/10

Mãeana

 

Ana Cláudia Lomelino volta à Rebel com seu show alogiado em setembro. Numa tentativa trash-kitsch de reacreditar nas mensagens da Xuxa que acolheu em si quando menina, Mãeana vai cantá-las em seu cenário atual. Trata-se de um projeto pessoal do presente futuro enviado ao passado para ressignificar uma infância perdida em sonhos impossíveis, possibilitando e realizando num xou/ato psicomágico.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

07/10

Gabriel Geszti

 

Gabriel Geszti traz à Rebel a turnê de seu novo disco, “Coresz”, com uma confluência de harmonias e ritmos colecionados em suas andanças musicais pelo mundo – se apresentando em formato solo ou com nomes como Naná Vasconcelos, Mário Adnet e Paulinho da Viola. Geszti (teclados, acordeon) se apresenta com Antonio Neves (bateria e trombone), Glauber Seixas (guitarra) e Adalberto Miranda (baixo).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

08/10

Subcena: Ricardo Domeneck e Fausto Fawcett

 

Dois artistas diferentes testarão um contato possível. Se olhares distraídos não vislumbram relação entre expressões de Fausto Fawcett e os modos de escrita de Ricardo Domeneck, é porque não atentaram para a cumplicidade nos pequenos toques. Enquanto Fawcett virtualizou uma cidade profana através de personagens que exteriorizam suas pirações, Domeneck ofereceu suas próprias crises para serem amoladas pela criação. Em ambos é possível sentir à flor da pele provocações em graus elevados de empatia que se tornarão explícitas no próprio corpo.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

09/10

Bernardo Ramos

 

O músico se apresenta em formato de quinteto: Bernardo Ramos (violão), Bruno Aguilar (contrabaixo), Rafael Rocha (trombone), Felipe Continentino (bateria) e Beth Dau (voz). Seu estilo radicalmente lírico de improvisação realiza-se sobre composições de alta densidade e arranjos complexos, com inspirações de Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti, a música mineira dos anos 70 e jazz experimental.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

10/10

Laranjazz

 

Formado em 2011 por nomes presentes no cenário do novo jazz carioca, o Laranjazz mostra seu novo projeto: o #LaranjazzSessions. A ideia de trazer um som ácido e refrescante, como um bom suco de laranja, sempre esteve presente na sonoridade do grupo. O #LaranjazzSessions surge da necessidade de continuar fazendo música e ao mesmo tempo, integrar os músicos independentes do jazz carioca.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

11/10

DEDO + Paulinho Bicolor

 

DEDO desenvolve performances, concertos e instalações audiovisuais, abordando temas contemporâneos como a internet, o animismo e a estratificação do sentido. Formado por Arthur Lacerda, Lucas Pires e Rafael Meliga, lançou seu primeiro trabalho autoral em CD, “Rainha”, pelo selo QTV e se prepara para lançar um novo disco pelo mesmo selo em 2018. Paulinho Bicolor é referência na percussão brasileira com sua cuíca envenenada. Juntos, eles fazem o que chamam de “música subterrânea”.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

12/10

Fukte (Itália), Violence of Culture, God Pussy e Distúrbio Psicótico

 

O italiano Fabrizio De Bon traz à Audio Rebel, pela primeira vez, seu projeto solo de noise e experimental, com muitas distorções e drones viscerais que levam o ouvinte a outras dimensões. Ele recebe God Pussy, projeto que traz o caos social cotidiano e o barulho constante que sufoca o silêncio das grandes cidades. Na mesma noite, Violence of Culture e Distúrbio Psicótico.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

14/10

Cidade Chumbo e Blastfemme

 

A Cidade Chumbo traz veteranos da cena hardcore: Vital (Jason, Poindexter) na voz, Bolinho (Kopus Sujus) na guitarra, Alex Mostarda (Anarchy Solid Sound) no baixo e Mauro Pimentel (Halé) na bateria. O som traz uma base punk com grunge noventista. Blastfemme flerta com o punk usando melodias dançantes como o da disco music mescladas com o som vigoroso dos anos 90. O grupo foi idealizado por mulheres da cena independente carioca.

 

Horário: 19h30

Ingressos: R$20

 

17/10

Grupo Conjunto

 

Caio Paiva, Ana Frango Elétrico, Arthur Bittencourt e Marcelo Callado fazem a segunda apresentação dessa formação no palco da Rebel.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

18/10

Carbonafest

 

Primeiro CARBONAFEST, uma seleção de bandas diretamente relacionadas ao Carbona. A abertura tem uma apresentação de Badke, o trabalho solo de Henrique Badke, trazendo novas canções. Robotron, capitaneado por Bjorn Hovland, diretamente da Noruega, faz seu show de estreia. Melvin e os Inoxidáveis traz o baixista para a posição de vocal e guitarrista, mostrando as canções do seu elogiado EP de estreia. E, finalizando a noite, o Carbona.

 

Horário: 19h

Ingressos: R$20

 

19/10

Tomba Orquestra

 

Música para viajar: a Tomba Orquestra acredita que a música tem o poder de transportar o ouvinte para diferentes lugares. No repertório do show, músicas autorais do primeiro disco, do EP  “Sombras”, e o novo single “A Flor e o Espinho Dub”, uma versão do clássico do Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

21/10

Convergir Fest

 

O Convergir Fest vem em sua primeira edição. A ideia do Festival é mostrar que unir forças é a principal ferramenta para movimentar a cena. A noite contará com Sunset Fire, que apresentará as músicas do seu EP de estreia, lançado no início do ano pela gravadora mineira Burning London, além de músicas que acabaram de ser lançadas. A noite ainda contará com a presença de Benin (anfitriã desta edição), Diplomatas e Um Quarto.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

22/10

Heyk Pimenta e Cadu Tenório

 

Das pequenas apresentações de saraus íntimos em Santa Teresa à Oficina Experimental de Poesia (OEP), Heyk Pimenta é um artista dedicado à amplitude da literatura e que viu o renascimento da poesia falada no Rio de Janeiro. Em apresentação única no Rio de Janeiro, Heyk está ao lado de Cadu Tenório, músico que é hoje referência para a cena experimental brasileira. Poemas ainda inéditos em livro comporão com a sonoridade uma atmosfera de precariedade e viração. A abertura será de Fernanda Morse e Lucía Santalices.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

23/10

Jason Khan

 

Jason Kahn é músico, artista e escritor nova iorquino, atualmente baseado em Zurique. Kahn exibe suas instalações em museus, galerias, espaços de arte e locais públicos internacionalmente. Como músico eletrônico, o baterista, guitarrista e vocalista Kahn colabora regularmente em o contexto da música improvisada. Na Rebel, faz show e apresenta o workshop “Improvisação Não-Idiomática”, que lida com as ideias em torno de uma abordagem não-idiomática para improvisação livre. O workshop é aberto a músicos com qualquer experiência em qualquer instrumento.

 

Show:

23/10

20h

R$20

 

Workshop:

24/10

15h

R$40*

 

*Quem adquirir ingresso para o show, terá 50% de desconto no workshop

 

24/10

Caetano e Orlando Scarpa

 

Caetano é novo projeto de Paulo Caetan (Bemônio, Comodoro SL/E). Caetano toma as percussões como referência através de samplers. A ideia é trabalhar com aspectos musicais religiosos (gira, candomblé, caixeiras do divino – fanti ashanti, barquinha, tambor), buscando uma releitura repleta de climas, sonoridade e ambiências. Orlando Scarpa Neto vem desenvolvendo um trabalho com som cotidianos e suas interações com sons instrumentais. Nessa noite, apresenta seu trabalho mais recente explorando gravações do centro do Rio, feiras-livres, sons de televisão e técnicas de síntese sonora rudimentares.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

25/10

Valério/Takara

 

Valério é alcunha de Guilherme Henrique Valério, compositor e multi-instrumentista. Neste show, o artista lança o EP “Meio do Céu” e apresenta composições do álbum “Água Pedra”, bem como músicas inéditas. Resiliência e transmutação são temas frequentes nas canções de Guilherme, que traz na bagagem parcerias com artistas como o americano Steve Shelley (Sonic Youth), com quem montou o grupo Gata Pirâmide; o paulistano M.Takara (Hurtmold), que acompanha no projeto M.Takara 3; e a dupla On Fillmore (EUA), formada por Darin Gray e Glenn Kotche (Wilco), com a qual colaborou no disco “Happiness of Living”.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20 (antecipado) / R$25 (na hora)

 

26/10

Paulo Mutti

 

O guitarrista Paulo Mutti retorna à Rebel e apresenta o show de seu álbum “Quietude”. O repertório transita por gêneros e estilos diversos da música popular brasileira, mas com abordagem jazzística de improvisação e espontaneidade. Estão previstas Dans mon île (Caetano Veloso), Deusa do amor (Adailton Poesia e Valter Farias), Refavela (Gilberto Gil) e Reconvexo (Caetano Veloso).

 

Horário: 20h

Ingressos: R$20

 

28/10

Roberto Rutigliano

 

Show de lançamento oficial do disco “Sotaques”, de Roberto Rutigliano. O disco foi gravado recentemente nos estúdios da Warner Brasil e contou com a participação especial de alguns dos maiores músicos da cena instrumental carioca, entre eles Sergio Barrozo, Marcelo Magalhães Pinto, José Arimatéa, Marcelo Martins e outros. O show e o disco têm 9 músicas, sendo cinco autorais e quatro de autores consagrados: Coltrane, Parker, Jobim e Edu Lobo.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$30

 

30/10

Idriss Boudrioua – Base and Brass

 

Nascido na França e radicado no Brasil, o saxofonista Idriss Boudrioua é um dos músicos de destaque no cenário nacional. Em mais de 20 anos de carreira, ele acompanhou grandes nomes da música como Chet Baker, João Donato e Marcos Valle. Com uma carreira solo conhecida mundialmente e quatro discos lançados e esgotados, Boudrioua faz sua tradicional terça na Rebel.

 

Horário: 20h

Ingressos: R$30

 

31/10

Festival Antimatéria: Moor Mother / Juçara Marçal e Cadu Tenório: Anganga

 

Noite de #blackexperimentalism no Festival Antimatéria, que retorna à Rebel e outros espaços da cidade. Moor Mother é um projeto de Camae Ayewa, musicista e poeta da Philadelphia, EUA. Seu trabalho é categorizado como “poesia hardcore” e “música de protesto”, mas Ayewa se descreve como afrofuturista, usando sons que dobram o espaço-tempo e um lirismo próprio para reformular conceitos de memória, história e o futuro em uma tradição afrocentrista. A voz suave de Juçara Marçal combinada com o arranjo empírico de Cadu Tenório. A proposta de Anganga é transportar sentimentos por meio do experimentalismo e de sons metálicos. A cada cântico de Marçal, Tenório utiliza sintetizadores, objetos amplificados, microfones de contato, violão e violinos. As composições são inspiradas na cultura africana, que também influenciou no nome do duo: “Anganga”, no português de Moçambique, é um termo respeitoso para tratar senhores e senhoras de idade e uma entidade suprema do povo banto (“Anganga Nzambi”). O disco homônimo foi lançado pelos selos QTV e Sinewave.

 

Horário: 20h

Ingressos:

 

Antecipados: R$25 (meia*) / R$50 (inteira)

Na hora: R$30 (meia*) / R$60 (inteira)

 

* Meia entrada social com doação de 1kg de alimento.

 

Sobre a Audio Rebel

 

Localizada em um sobrado de Botafogo, Zona Sul carioca, a Audio Rebel é um complexo com quatro salas interconectadas e isoladas acusticamente, uma loja de instrumentos e acessórios e uma oficina de luthieria (confecção de instrumento de cordas). Oferecemos serviços de sound design, trilha sonora, foley, dublagem, mixagem 2.0 e 5.1, masterização, gravação de voz, gravação de áudios adicionais para cinema, gravação e produção de áudio books e book trailers, áudio para instalações e performances artística.

 

Serviço

Local: Audio Rebel

Endereço: Rua Visconde de Silva, 55 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ

Classificação: 16 anos

Capacidade da casa: 90 pessoas (lotação máxima)

Forma de pagamento: para o ingresso, apenas dinheiro; no bar, todos os cartões de crédito.

Casa equipada com ar condicionado e wi-fi gratuito

Horário de funcionamento da bilheteria: todos os dias, de 13h às 21h