João Senise canta Sinatra

Há 20 anos Frank Sinatra, um dos maiores e mais celebrados nomes do jazz internacinal, nos deixou. Ídolo e inspiração do jovem cantor João Senise, 29 anos, integrante da nova geração do jazz vocal no Brasil, Sinatra será celebrado e relembrado neste show especial, cujo repertório é recheado de clássicos, como Strangers in the night, I won’t dance, Fly me to the moon, I’ve got you under my skin e My Way. A apresentação acontece no dia 12 de junho, quinta-feira, no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia, Rio de Janeiro.

 

As canções deste espetáculo fazem parte do CD “Celebrando Sinatra” (Fina Flor), lançado por João Senise em 2015, gravado ao vivo na Sala Cecília Meireles. No repertório, 14 emblemáticas canções de diferentes fases da carreira de Sinatra. O show tem como convidada especial Aurea Matins, cantora de voz elegante e sensual, cujo timbre rouco e quente é de uma afinação indiscutível e interpretação sem exageros ao dar destaque ao jazz e por vezes ao samba. A refinada assinatura musical e os arranjos inéditos são do maestro Gilson Peranzzetta, cinco vezes vencedor do Prêmio de Música Brasileira.

 

Para relembrar e celebrar Frank Sinatra, sobem ao palco do Teatro Rival Petrobras junto com João Senise (Voz), Aurea Martins (Voz), Gilson Peranzzetta (Piano), Zeca Assumpção (Contrabaixo Acústico), Ricardo Costa (Bateria).

 

Afilhado de Ivan Lins, João Senise nasceu e vive em um ambiente musical. Filho do flautista e saxofonista Mauro Senise com a produtora Eliana Fonseca Peranzzetta. Sua carreira começou a ser moldada em aulas de iniciação musical, aos 4 anos, na Escola de Música Antonio Adolfo. Aos 7 anos iniciou os estudos de piano e canto e passou a conviver com Gilson Peranzzetta, segundo marido de sua mãe, tendo com ele aulas de piano.

 

Em cinco anos de carreira o cantor e jornalista João Senise apresenta ao público uma expressiva produção musical. São cinco CDs solo, “Just in Time” (2013 – independente), “Abre Alas – Canções de Ivan Lins” (2015), “Celebrando Sinatra” (março/2016), “Influência do Jazz” (dezembro/2016) e “Love Letters” (dezembro/2017), os três últimos lançados com selo da gravadora Fina Flor.

 

 

REPERTÓRIO

The best is yet to come (Cy Coleman / Carolyn Leigh)

The lady is a tramp (Richard Rodgers / Lorenz Hart)

I’ve got you under my skin (Cole Porter)

Night and day (Cole Porter)

Nice ‘n’ easy (Alan Bergman / Marilyn Keith / Lew Spence)

I Won’t dance (Jerome Kern / Oscar Hammerstein II)

Strangers in the night (Bert Kaempfert / Charles Singleton / Eddie Snyder)

Dindi / Insensatez / Água de Beber (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira, Tom Jobim e Vinicius de Moraes, Tom Jobim e Vinicius de Moraes)

Come fly with me (Jimmy Van Heusen / Sammy Cahn)

My one and only love (Robert Mellin / Guy Wood)

All of me (Gerald Marks / Seymour Simons)

For once in my life (Ron Miller / Orlando Murden)

Fly me to the moon (Bart Howard)

My Way (Claude François / Jacques Revaux / Paul Anka)

 

BIS

Just friends (John Klenner / Sam M. Lewis)

Theme from New York, New York (John Kander / Fred Eb)

 


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia. Data: 12 de julho (Terça). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Ingressos: Setor A e B – R$ 60,00 (Inteira), R$ 40,00 (Promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 30,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria do Teatro Rival – Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h

 

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras e clientes com Cartão Petrobras