Junho no CCBB

Durante o mês de junho, entram em cartaz as exposições Museu do Futebol na Área e Construções Sensíveis: A Experiência Geométrica Latino-Americana na Coleção Ella Fontanais – Cisneros. No teatro, dois espetáculos iniciam as suas temporadas: A Peste e Lugar Nenhum. Já no cinema, duas mostras em exibição: 7º Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo e o 4º Cinefoot Extraordinário. Acontece também a VII Cena Brasil Internacional, a estreia do espetáculo Tchekhov é um Cogumelo, e o ciclo de debates internacional A Palavra Fora do Lugar: Escritores Refugiados e em Risco.

Exposição
FILE – A ARTE ELETRÔNICA NA ÉPOCA DISRUPTIVA
Térreo e 1º andar – 13/04 a 04/06
Quarta a segunda

As novas tecnologias marcam as atuais dinâmicas de comportamento: com a possibilidade de compartilhar impressões de forma veloz, e em rede, as ideias se propagam e rapidamente rompem com padrões instaurados. A disruptividade é a inovação que vem através da quebra de dispositivos obsoletos, é o novo que surge de maneira abrupta. Pensando neste contexto, O FILE traz a mostra DISRUPTIVA, onde artistas nacionais e internacionais se reúnem em criações que compartilham o digital e o tecnológico. Como ocorre a criação artística em uma época disruptiva? Como as obras se comunicam com a sociedade contemporânea? A exposição pretende alavancar essas questões e instigar o público diante destas novas formas de ver, pensar e interagir com a arte e as mídias tecnológicas.
Curadoria: Paula Perissinotto e Ricardo Barreto

Classificação indicativa: livre

MUSEU DO FUTEBOL NA ÁREA
2º andar – 13/06 a 30/07
Pela primeira vez em seus dez anos de história, o Museu do Futebol levará para fora do Estado de São Paulo uma parte da experiência que já encantou mais de três milhões de pessoas. A mostra itinerante “Museu do Futebol Na Área” chega ao Rio de Janeiro no período da Copa do Mundo, quando as atenções se voltam ainda mais para o esporte mais popular do planeta.

Curadoria: Daniela Alfonsi e equipe de conteúdo do Museu do Futebol

Classificação indicativa: livre

CONSTRUÇÕES SENSÍVEIS: A EXPERIÊNCIA GEOMÉTRICA LATINO-AMERICANA NA COLEÇÃO ELLA FONTANAIS – CISNEROS
1º andar – 27/06 a 17/09
Quarta a segunda
A exposição traz ao Brasil um recorte da abstração em nosso continente. Junto ao importante legado do concretismo e neoconcretismo brasileiros, são apresentadas as poéticas abstratas que prosperaram em outros países a partir dos anos 1930.
Exposição foi pensada especialmente para o Brasil e presta uma sutil homenagem à mostra “Arte Agora III, América Latina: Geometria sensível”, destruída num trágico incêndio em 1978, quando ocupava o MAM Rio de Janeiro. Diversos artistas apresentados naquela histórica ocasião estão presentes, junto a artistas contemporâneos que apontam para os rumos da abstração atual.
Curadoria: Rodolfo de Athayde e Ania Rodriguez

Classificação indicativa: livre

Cinema
7º PANORAMA DO CINEMA SUÍÇO CONTEMPORÂNEO
Cinema I – de 30/05 a 18/06
Quarta a segunda
A edição de 2018 é dedicada aos deslocamentos humanos, às transitividades e às construções de identidades individuais e coletivas. O cinema contemporâneo, com um intenso trânsito de cineastas, atores, produtores e filmes sendo viabilizados através de coproduções, fica cada vez mais internacional e multi-identitário. Realizado em parceria com o Consulado Geral da Suíça em São Paulo e com o CineSesC, o projeto apresenta documentários e ficções recentes, convidando o público brasileiro a mergulhar na diversidade e linguagem do cinema suíço e traz ao Brasil convidado internacional para um debate com o público.
Confira a programação no fôlder da mostra e no site bb.com.br/cultura.
Curadoria: Célia Gambini
Classificação indicativa de acordo com o filme.

4º CINEFOOT EXTRAORDINÁRIO
Cinema I – de 28/06 a 15/07
Quinta a domingo
Pioneiro na América Latina, o festival é o único do Brasil voltado para o cinema de futebol. Esta edição extraordinária chega às telas do CCBB durante a Copa do Mundo de 2018 e apresenta filmes de diferentes países, que lançam olhares variados sobre o tema, em conexão com outros aspectos da vida social e cultural.
Confira a programação no fôlder da mostra e no site bb.com.br/cultura.
Curadoria: Antonio Leal
Classificação indicativa de acordo com o filme.

Teatro
DOSTOIÉVSKI-TRIP
Teatro I – até 03/06
Quinta a sexta – 19h
Sábado e domingo – 17h e 19h
Um grupo de viciados em literatura aguarda a chegada de um comerciante que fornece mercadorias que provocam alucinações associadas a grandes autores da literatura mundial. Com autoria de Sorókin, um dos nomes mais radicais da literatura russa atual, a peça lança personagens e espectadores numa viagem tensa e intensa pelo universo de Dostoiévski, transcendido para as formas do mundo contemporâneo.
Direção: Cibele Forjaz. Texto: Vladimir Sorókin. Elenco: Aury Porto, Edgar Castro, Guilherme Calzavara, Luah Guimarãez, Lúcia Romano, Marcos Damigo, Sergio Siviero e Vanderlei Bernardino.
Duração: 90 min
Classificação: 16 anos

VII CENA BRASIL INTERNACIONAL
Teatros I, II e III, rotunda, salas A e B (2º andar) e área externa – 06 a 17/06
Quarta a segunda
Com espetáculos de teatro e dança, peça-instalação, performances e show de música, o festival traz dez atrações, sendo quatro espetáculos brasileiros e seis estrangeiros, de quatro países: Argentina, Chile, Estados Unidos e França.
Confira a programação completa nos sítios www.cenabrasilinternacional.com.br e no bb.com.br/cultura.
Idealização e direção geral: Sérgio Saboya. Curadoria: Luiz Felipe Reis e Sergio Saboya.
Classificação indicativa: de acordo com o espetáculo.

TCHEKHOV É UM COGUMELO
Teatro I – 20/06 a 22/07
Quarta a domingo – 19h
A peça combina múltiplas linguagens para retratar a vida de três mulheres presas em suas memórias de um tempo passado, acuadas por um mundo em transformação. Em cena, atrizes de gerações distintas, criam um jogo cênico que embaralha os diversos tempos: serão as três irmãs ou a mesma mulher em três momentos da vida?
Direção, concepção e adaptação: André Guerreiro Lopes. Texto: Extratos de “As Três Irmãs” de Anton Tchekhov. Elenco: Djin Sganzerla, Helena Ignez, Michele Matalon, Roberto Moura (cantor), Samuel Kavalerski e Fernando Rocha (dançarinos) e André Guerreiro Lopes.
Duração: 100 minutos
Classificação: 14 anos

A PESTE
Auditório 4º andar – 21/06 a 30/07
Quinta a segunda – 19h30
Construída a partir do romance homônimo de Albert Camus, a peça é uma obra de resistência em todos os sentidos. Nela, o bacilo da peste é o motivo usado para alertar o público dos fatos absurdos de uma sociedade alegoricamente egoísta.
Texto: Albert Camus; Provocação artística: Guilherme Leme Garcia; Supervisão: Vera Holtz; Elenco: Pedro Osório.
Duração: 80 minutos.
Classificação: Livre

LUGAR NENHUM – uma peça-ensaio da Companhia do Latão
Teatro III – 27/06 a 06/08
Quarta a domingo – 19h30
Em comemoração aos seus 20 anos, a Companhia do Latão apresenta espetáculo inédito inspirado em escritos de Anton Tchekhov. A peça dialoga  com as primeiras encenações da companhia, tanto por adotar a forma livre de uma peça-ensaio como por refletir novamente sobre os desajustes ideológicos na experiência cultural brasileira.
Direção e dramaturgia: Sérgio de Carvalho. Elenco: Companhia do Latão e artistas convidados.
Duração: 1h40
Classificação Etária: 16 anos

Ideias
A PALAVRA FORA DO LUGAR: ESCRITORES REFUGIADOS E EM RISCO
Auditório (4º andar) – 13 de junho
Quarta – 18h

Diferentes contextos levam escritores ao exílio, impactando a escrita, sobretudo quando se cria na língua do país de adoção. Participação de 5 escritores que viveram a experiência por contingência política e de intelectuais que analisam a dimensão existencial da perda e da desterritorialização. O convidado desta primeira edição, Atiq Rahimi é um escritor e cineasta afegão nascido em Cabul, Afeganistão, e que vive atualemtne na França.
Curadoria: Clarisse Fukelman

Programa Educativo
1º andar
Quarta a segunda – 09h às 21h
O programa Arte & Educação desenvolve ações que estimulam experiência, criação, investigação e reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Essas partilhas acontecem por meio de trocas culturais e metodologias de educação que garantem acesso amplo e inclusivo ao patrimônio e sua diversidade e se destina a todos os públicos, com ações inclusivas e afirmativas. Agendamentos para grupos, escolas, instituições e pessoas com deficiência podem ser realizados pelo email agendamentorj@ccbbeducativo.com. Acompanhe a programação no site bb.com.br/cultura.

Destaque do Mês – Lugar de Criação: especial futebol – 16 e 17/06
Os finais de semana do Programa CCBB Educativo são dedicados às crianças e suas famílias e, em tempos de Copa do Mundo, planejamos dois dias inteiros de atividades relacionadas ao tema e à exposição itinerante do Museu do Futebol.

Galeria de Valores
Museu Banco do Brasil
Quarta a segunda – 9h às 21h
Exposição de longa duração que mostra a trajetória da moeda no Brasil e no mundo, com cerca de duas mil peças do acervo numismático do Banco do Brasil.
Na coleção, destacam-se raros exemplares como moedas obsidionais cunhadas pelos holandeses no século XVII e a moeda de ouro lançada para comemorar a coroação de D. Pedro I.
Curadoria: Denise Mattar

O Banco do Brasil e sua história
Museu Banco do Brasil
Quarta a segunda– 9h às 21h
Exposição de longa duração que apresenta a história do Banco do Brasil e sua contribuição para o desenvolvimento da sociedade e do País. Nas  quatro salas recentemente reinauguradas com nova cenografia, mostra a linha do tempo de 1808 até os dias atuais destacando objetos, documentos e móveis de época. Outros três ambientes apresentam a sala do secretário, a sala do presidente e a biblioteca utilizadas pela Direção Geral do Banco do Brasil até a transferência da capital do Rio para Brasília, em 1960.
Curadoria: M’Baraká e CCBB Rio

Biblioteca
5º andar
Quarta a segunda– 9h às 21h
Acervo bibliográfico disponível gratuitamente para consulta.
Entrada franca

Arquivo Histórico
6º andar
Segunda, quarta, quinta e sexta – 10h às 19h
Acervos arquivístico e audiovisual do Banco do Brasil e da Memória do CCBB para pesquisa e consulta dos estudantes e público em geral.

Serviços
Confeitaria Colombo – Casa de chá
2° andar
Quarta a segunda
Novo espaço da Colombo, que traz em seu cardápio, os produtos que fazem parte da história da confeitaria, e um tradicional Chá da tarde que recebeu o nome do Centro Cultural. O chá CCBB é acompanhado de torrada Petrópolis, mel, geleia, bolo, doce, suco, pães e biscoitos leque, todos os produtos feitos na sede da casa centenária.

Restaurante e Cafeteria Verso
Térreo
Quarta a segunda
A cafeteria oferece opções de lanches doces e salgados para os visitantes durante todo o funcionamento do CCBB e a partir do meio dia, o restaurante traz opções de almoço, chá da tarde e jantar.

Livraria da Travessa
Térreo
Quarta a segunda
É possível encontrar catálogos de mostras atuais e anteriores, além de centenas de títulos em livros nacionais, livros importados, eBooks, AudioBooks, DVDs e Blu-Rays.

Mais Informações
Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66, Centro – Rio de Janeiro – RJ
Quarta a segunda, das 9h às 21h.
Bilheteria: Quarta a segunda, das 9h às 21h.