Lançamento do Livro “Um Palco e Muitas Vidas – 10 anos de histórias No Palco da Vida”

Foi com 7 anos de idade que Wal Schneider, fundador do projeto No Palco da Vida, descobriu seu amor por teatro. Foi aos 17 que deixou sua cidade natal, Tabuleiro do Norte, no Ceará, de carona em cima de um caminhão de melão, para realizar o grande sonho de ser ator. Chegando no Rio de Janeiro, lavou pratos, foi atendente em padarias, lavou banheiros e fez faxina, tudo para poder pagar a formação de ator. Hoje, após anos de luta e muito trabalho, levando mais do que a formação teatral para inúmeras pessoas, Wal comemora 10 anos de sucesso do projeto com o lançamento do livro “Um Palco e Muitas Vidas – 10 anos de histórias No Palco da Vida”. O livro já está sendo vendido nas livrarias Eldorado e Copabooks e on-line apenas pelo site da livraria Eldorado (www.livrariaeldorado.com.br). A obra reúne a trajetória do projeto, desde seu início, com depoimentos de artistas que apoiam e ajudam a causa.
Para Wal, o projeto “No Palco da Vida” é a como a eterna luta do sonho que parece impossível. Eles buscam muito além do teatro que pretende apenas conquistar os aplausos da plateia, os estúdios da televisão ou as telas do cinema. O teatro do Palco da Vida quer muito mais, quer estimular o convívio saudável e despertar a autoconfiança de cada um do grupo, quer descobrir vocações, formar talentos, desenvolver potencialidades, indicar caminhos, ganhar espaço em diferentes áreas de atuação. Enfim, objetivam preparar crianças e jovens para o palco da vida, que é o palco mais difícil, o palco que não permite ensaios, o palco que sempre apresenta os maiores desafios, dia após dia.
– Venho realizando o meu sonho e os de meninos e meninas como eu, a partir de minhas primeiras vitórias na carreira. Comecei a dar aulas de teatro em favelas: em fundo de quintal de alunos que cediam o espaço, em terrenos abandonados e quadras, e, depois de um tempo, tive a ousadia de alugar uma casa para criar o projeto. Lá um grupo de meninos e meninas, adolescentes e adultos, se une para praticar a arte do Teatro. No local, todos têm acesso a “Biblioteca Padre Pio” de Teatro, com mais de 6.000 títulos relacionados ao assunto e outros temas correlatos, revistas, jornais referentes a essa arte e uma videoteca com mais de 5 mil títulos a ela relacionados, filosofia e história” – conta Wal.
Quando entrou no projeto, há cinco anos, Caio Costa, hoje integrante ativo e produtor do Palco, estava numa fase um tanto que decisiva na vida. Conheceu o Wal através da segunda oficina que ele deu no Sesc de Ramos e de lá pra cá está com o grupo desenvolvendo seu lado artístico e empreendedor social.
– Com o projeto aprendi que o único jeito de realizar seus sonhos, é botando a mão na massa e se cercando de pessoas que compartilham do mesmo objetivo que você. Este livro que está sendo lançado é a concretização do sonho de uma vida. No livro está documentado não somente os primeiros dez anos de projeto, mas sim o início das carreiras de todos os que por aqui passaram, o impacto positivo que o projeto vem causando na vida das pessoas e na história do bairro de Olaria, adjacências e no estado do Rio de Janeiro e é a primeira vez que o pensamento, a visão que o Wal vem disseminando sobre arte está sendo organizada – relata Caio.
Will Dubrok é mais um aluno do projeto que hoje faz parte ajudando fazer acontecer. Ele, que entrou com o objetivo de apenas escrever, com o passar do tempo viu que podeira ajudar a criança e ao adulto com a arte de fazer cinema. Aproveitar o talento que cada um tem, não só interpretando, mas também ajudando a montar um cenário, fazendo a maquiagem, entre outras funções.

– O livro resume um grande sonho construído com tijolos e muita garra, desde a pessoa que prepara o lanche a pessoa que compartilha trocados de passagem para o outro. 10 anos e muitas vidas, No Palco da Vida é um projeto com o poder imensurável de transformação – afirma Will.
Para Vitor Abreu, hoje também integrante e produtor, Wal é um exemplo para todos nós e um símbolo nacional de resistência, honestidade, para muitos brasileiros e que em sua maioria busca seu lugar ao sol. Segundo ele, muitos que chegam ao projeto, muitas das vezes sem perspectiva de sonhos, encontram ali uma possiblidade.
– Quando integrei no projeto No Palco da Vida não podia imaginar que ali selava um encontro, que aos poucos foi se tornando uma segunda casa, uma segunda família. Curiosidade, leitura, teatro, amizade, carinho e respeito são alguns elementos que encontramos ao passar uma tarde na sede do projeto. Porém o mais me chama a atenção é perceber que essa casa simples, colorida, na rua Uranos 1363, não forma apenas atores, mas cidadãos conscientes do seu valor no mundo. Está completando 10 anos de existência, ou melhor, de resistência é saber que ainda existe possibilidade de se transformar e revolucionar um bairro, uma rua, um mundo – conta Vitor.
Este livro pra mim é a realização de um sonho, pois nele mostra o quanto o Palco, provoca as pessoas a seguirem seus sonhos. É lindo ver a história de como começou este projeto No Palco da Vida que, mesmo com tão poucos recursos, dá oportunidades faz com que as pessoas possam compartilhar de uma filosofia agregadora e do bem. E isso é uma realidade aqui. Vejo nos alunos muito do que eu era no início. Fico feliz em ver a equipe que há dez anos vem transformando em seres humanos melhores e sempre com senso de união, um ajudando o outro. E tudo isso através da arte e da educação. Vejo o quanto a luta diária nos faz resistir e crescer internamente num foco para que a força fique maior e para acender a emoção e o amor dentro dos outros. As vezes parece que o sonho está longe, mas a cada dia colocando uma pedrinha nos sonhos no final o castelo estará formado. Espero que este castelo inspire outras gerações.
(Wal Schneider)
SERVIÇO Data: 16 de Janeiro de 2018 Horário: 19h
Local: Livraria Argumento Leblon
Endereço: Rua Dias Ferreira, 417 – Leblon
Telefone: (21) 2239-5294
FICHA TÉCNICA DO LIVRO
Texto: Teresa Montero
Editora: Eldorado
Páginas: 179
Valor de venda: R$39,90
FICHA TÉCNICA DO PROJETO Coordenação e direção: Wal Schneider Produção: Caio Costa, Will Dubrok e Vitor Abreu Assessoria de Imprensa: Dois Pontos Assessoria