“Paletó de Lamê” no Maison

 O espetáculo Paletó de Lamê – Os grandes sucessos (dos outros) se apresenta em curta temporada de 14 de novembro a 11 de dezembro, às terças e quartas-feiras, às 19h30, no Teatro Maison de France, no Centro.
Sucesso absoluto de público e crítica, Paletó de Lamê – Os grande sucessos (dos outros) é um show cênico que apresenta de forma leve e divertida as obras de cantores e compositores classificados como o lado B da música brasileira.
Os atores/cantores ERIKA RIBA e ROBSON CAMILO prometem fazer o público delirar com canções de ODAIR JOSÉ, EVALDO BRAGA, FERNANDO MENDES, LINDOMAR CASTILHO e muitos outros. Canções que falam de desilusões amorosas, desejos e afinidades, traçando o perfil de uma época – a década de 70 – quando essas músicas ocupavam maciçamente as rádios brasileiras. O espetáculo já arrebatou diferentes plateias, sendo assistido por mais de 5000 espectadores, nos teatros Café Pequeno, Carlos Gomes, Sesc Quitandinha, Galpão Gamboa, Teatro do Sesi, Sala Baden Powell e Teatro do Leblon.
Sempre com um convidado especial a cada apresentação e com um Karaokê que fará o público cantar junto, o espetáculo já contou com a participação de Evandro Mesquita, Leo Jaime, Tânia Alves, Watusi, Michael Sullivan, Jane di Castro, Simone Mazzer e muitos outros, que deram “canjas” inesquecíveis ao lado dos protagonistas. Para a temporada do Teatro Maison de France a produção está preparando uma lista incrível de convidados que,  com certeza, irão abrilhantar ainda mais essa temporada, que já promete ser um sucesso!
Com direção artística de Sérgio Módena e Gustavo Wabner e direção musical de Gabriel Mesquita, Paletó de Lamê – Os grandes sucessos (dos outros) é, como diz Evandro Mesquita em seu depoimento, “o traje perfeito para uma noite feliz!”
DEPOIMENTOS
“Paletó de Lamê é o traje perfeito para uma noite feliz! A excelente interpretação de Robson Camilo e Erika Riba nos colocam dentro do Paletó… e oferece um garimpo precioso da música brasileira, sacudindo a poeira e resgatando o real brilho das canções do nosso baú de memórias. A competente banda, roteiro, direção musical e direção completam com elegância e caimento impecável o divertido e emocionante espetáculo Paletó de Lamê. Traje obrigatório em festas de alto astral.”
Evandro Mesquita – cantor e compositor
“Paletó de Lamê já é um sucesso indiscutível”.
Sérgio Brito – ator e apresentador
“… vi o musical Paletó de Lamê no Teatro Café Pequeno, no Leblon, e queria dizer que estou de acordo. Brega é a vovozinha.”
Joaquim Ferreira dos Santos – Jornal O Globo.
“Paletó de lamê – Os grandes sucessos (dos outros)” é um passeio delicado e divertido sobre a produção músical dos anos 70 que, embora absolutamente popular, ou talvez até por isso, foi subdimensionada até bem pouco tempo. Assim como “Eu não sou cachorro não”, o ótimo livro de Paulo César de Araújo, o espetáculo joga uma luz sobre clássicos dessa época, entremeando histórias comoventes com um clima de auditório contagiante. Erika Riba e Robson Camilo, apoiados por uma banda de jovens e talentosos músicos, são as estrelas dessa viagem pelo universo de Odair José, Evaldo Braga, Martinha, José Augusto, Luiz Ayrão, entre outros. E as atuações e as interpretações de Erika e Robson nos dão a certeza de que a música e a alma brasileira não carecem de rótulos.”
João Pimentel – jornalista especializado em música
“Uma daquelas raras junções felizes em que tudo dá certo e que só acontecem de tempos em tempos, Paletó de Lamê foi criado com enorme talento e é executado com total brilhantismo… inegavelmente o maior sucesso do Café Pequeno nos últimos anos!”
Paulo Reis – diretor artístico do Teatro Municipal Café Pequeno
“Paletó de Lamê é uma bela viagem ao universo da chamada música brega dos anos 70. Retrata com humor, mas de forma respeitosa, um repertório de canções que é desprezado pela crítica e pela história oficial da MPB. Além de divertir, o espetáculo contribui para o resgate da memória da canção popular no Brasil.”
Paulo César de Araujo – autor do Livro “Eu Não Sou Cachorro Não”
“Este é um espetáculo que fala de emoções sinceras de poetas populares. Emoções confessionais do cidadão pouco ilustrado e, por isso mesmo, mais intuitivo e sincero. Como diria o amigo Cazuza, canções que não falam de dor de cotovelo mas de cotovelos com fratura exposta e vestidos de lamê.”
Leo Jaime – ator, cantor, compositor e jornalista
“Paletó de Lamê é um ótimo exemplo do jeito carioca de se divertir e divertir ou outros ao mesmo tempo. Robson e Erika, duas gratíssimas revelações do humor e da música, levam o espetáculo com graça, malícia e muita competência. Imperdível!”
Felipe Ferreira – escritor e jornalista
Serviço: Paletó de Lamê – Os grandes sucessos (dos outros)
Teatro Maison de France: Av. Presidente Antonio Carlos, 58. Centro.
De 14 de novembro a 11 de dezembro, terças e quartas-feiras, às 19h30.
Valor: 60, a inteira
Capacidade: 353 lugares
Classificação livre.