“Bossa Nova em Concerto” no Teatro do Leblon

Devido ao sucesso de público, o musical ‘Bossa Nova em Concerto‘, que acaba de cumprir temporada na Gávea, volta para mais quatro semanas de apresentações no Teatro do Leblon, Sala Marília Pêra. O espetáculo reestreia no dia 3 de março, às 19h, e as apresentações acontecem de sexta a domingo. Produzido pela Aventura Entretenimento, dos sócios Aniela Jordan, Fernando Campos e Luiz Calainho, o musical conta a história da Bossa Nova através de um repertório de canções que marcou um dos movimentos mais influentes da música popular brasileira e que revelou nomes como Vinícius de Moraes, Tom Jobim e João Gilberto. Ao todo 28 músicas integram a montagem. “Este espetáculo, que é um musical show, traz de volta à cena, depois de ‘Garota de Ipanema’, as principais músicas da Bossa Nova, desta vez contando a trajetória de um importante gênero da musica brasileira”, comenta Aniela Jordan.

Em cena os atores/cantores Claudio Lins, Tatih Kohler, Stephanie Serrat, Eduarda Faidini e Kesia Estacio traçam uma trajetória do estilo musical, interpretando composições que ficaram na memória afetiva de toda uma geração, como ‘Samba de uma nota só’ (Tom Jobim e Newton Mendonça), ‘Ela é carioca’ (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), ‘Samba de minha terra’ (Dorival Caymmi), ‘O Barquinho’ (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli), ‘Chega de saudade’ (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), ‘Minha namorada’ (Carlos Lyra e Vinícius de Moraes), ‘Garota de Ipanema’ (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), ‘Samba de Verão’ (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle), ‘Mas que nada’ (Jorge Ben), entre outras.

“Percebo que a cidade do Rio de Janeiro, apesar de ser o berço da Bossa Nova, não tem na sua programação fixa shows e espetáculos que tratem do tema. Então acredito que possamos preencher essa lacuna com humor, leveza, emoção e boa música, logicamente!”, comenta Claudio Lins.

Quem assina a direção é Sergio Módena, que dirigiu o elogiado ‘Ricardo III’, protagonizado por Gustavo Gasparani, “A arte da comédia”, do Eduardo Di Filippo, a trilogia musical para crianças e adultos “Sambinha, Bossa Novinha e Forró Miudinho”, de Ana Velloso, entre outros. O texto é de Módena ao lado do jornalista e pesquisador musical Rodrigo Faour. Segundo o diretor, a ideia era fazer um show sobre a Bossa Nova que fosse cênico e que contasse a história desse gênero tão brasileiro. “Gosto desse formato bastante informal, onde os cantores são antes de tudo contadores de histórias. A Bossa Nova é um estilo livre, descontraído e leve. E são esses aspectos dão o tom do espetáculo. Rodrigo Faour levou seu amplo conhecimento musical para não só construir o repertório, mas também os textos que ligam as canções”.

O musical é dividido em quatro partes: Na primeira são abordadas as histórias e curiosidades sobre o nome ‘Bossa Nova’; na segunda a origem do estilo musical, as influências do passado e como o cenário musical brasileiro propiciou o surgimento da Bossa; o terceiro bloco trata dos costumes dos artistas da época e os locais onde se reuniam para criar; e o último mostra como a Bossa Nova ganhou o mundo.

A direção musical é de Delia Fischer, que esteve à frente do espetáculo ‘Garota de Ipanema, o amor é bossa’ e nos últimos anos vem se destacando e ganhando prêmios no cenário teatral brasileiro como arranjadora e diretora musical. No seu currículo montagens como ‘Beatles num Céu de Diamantes’ (2009), ‘Milton Nascimento – Nada Será Como Antes’ (2012), ‘Rock in Rio, o musical’ (2012), ‘Elis – A Musical’ (2013), ‘Chacrinha, O Musical’ (2014), entre outros. “A nova produção reúne canções que já faziam parte do musical ‘Garota de Ipanema’, acrescidas de outras tão conhecidas e importantes como, mas que acabaram ficando de fora do outro espetáculo. O espectador terá a oportunidade de fazer uma viagem às décadas de 50 e 60 e se lembrar de músicas marcantes para nossa história”, conta Delia. Ainda fazem parte da equipe criativa Roberta Serrado (coreografia) e Tomás Ribas (desenho de luz).

Ficha técnica

Texto – Rodrigo Faour e Sergio Módena

Direção – Sergio Módena

Direção musical – Delia Fischer

Coreografia – Roberta Serrado

Desenho de luz – Tomás Ribas

Elenco:

Claudio Lins

Eduarda Fadini

Kesia Estacio

Stephanie Serrat

Tatih Köhler

Músicos:

Hebert Souza (pianista regente)

Rafael Maia (bateria, percussão, trompete e flugel)

Matias Correa (baixo)

Marcos Amorim (guitarra e violão)

SERVIÇO

Reestreia: 03 de março

Local: Teatro do Leblon – Sala Marília Pêra

Endereço: Rua Conde de Bernadotte, 26 – Leblon – Rio de Janeiro

Dias e horários: Sextas e sábados, às 19h; e domingo, às 18h

Duração: 75 min

Vendas:

Pelo site: www.tudus.com.br

Preços: R$ 70,00 inteira / R$ 35,00 meia

Classificação etária: Livre

Até 26 de março