Saxofonista Michel Nirenberg no Bar Semente

O saxofonista Michel Nirenberg volta ao Rio de Janeiro após turnê pelos Estados Unidos e Israel. O músico estava sentindo falta de tocar na sua terra natal e inicia a temporada no Brasil no próximo dia 16 com um show no Bar Semente, 20h. Estará ao lado dos músicos: Sheila Zagury no piano, Gabriel Menezes no baixo e Bruno Gafanhoto na bateria. Juntos interpretarão composições de Michel e também algumas releituras de ícones da música brasileira.

“A ideia é apresentar a maioria do show com as minhas composições. Músicas do disco como: Forró From the South e Menina de Avental; e novas como Faith e O Trem. Também faremos interpretações de Roda Viva (Chico Buarque), Canto de Ossanha (Baden Powell e Vinicius) e Lembrei do Ceará (Marcelo Caldi)”, antecipa Michel.

O saxofonista e compositor vem construindo pontes entre a música clássica, o samba e o choro com os quais ele cresceu tocando no Brasil, e o jazz americano. Suas composições celebram e se desenvolvem a partir das raízes culturais encontradas na música de ambos hemisférios – um lugar onde as influências africana e europeia se encontram criando uma riqueza musical e um som convidativo.

O CD
“Retrato /Portrait “ é seu primeiro trabalho como líder. Nele, Michel apresenta os virtuosos músicos brasileiros Leonardo Lucini no baixo, e seus irmãos Alejandro Lucini na bateria e percussão e Bruno Lucini na percussão, além do grande violonista Rogério Souza. Completam o dream team de reputação internacional o talentoso pianista americano Alex Brown e o violonista argentino Dani Cortaza.

Neste álbum de estreia Michel Nirenberg traz o seu estilo musical, música instrumental brasileira contemporânea, para sim com interpretações de composições próprias e algumas versões de músicas conhecidas do repertório brasileiro. O álbum “Retrato” demonstra uma fascinante riqueza de influências destacando-se o choro, primeiro estilo urbano brasileiro de música instrumental. Caracterizado por seu virtuosismo, improvisação e sutis modulações, choro é também um ritmo marcado por síncopes e contrapontos, e Nirenberg nos demonstra com habilidade sua inovadora interpretação. No mesmo álbum ainda atua tocando straigh ahead jazz e faz uma inesperada mudança na faixa bônus para o avant-garde.

Este álbum foi nomeado para dois prêmios Wammie, em 2016. Nas categorias indicadas pela WAMA (Washington Area Music Association) foram Melhor Álbum de Estreia e Melhor Álbum de Jazz. Retrato/Portrait foi parcialmente financiado por uma campanha de financiamento coletivo. A música de trabalho é Samba de Virginia de sua autoria.

Serviço
Show Michel Nirenberg Quarteto
Data: 16 de fevereiro de 2017 – Quinta -feira
Horário: 20h
Local: Bar Semente – Rua Evaristo da Veiga, 149
Lapa – Rio de Janeiro
RESERVAS: contato@barsemente.com.br ou (21) 2507-5188, a partir de 17h
Couvert: R$30,00 (Pagamento em cartão débito ou dinheiro)