Banca do Blues Rock Fest – Banda A-ha Cover Rio

Tradicional reduto da dança carioca, a Estudantina se renova para agitar a Praça Tiradentes! Com atrações para todos os gostos e ingressos a preços populares, o Centro Cultural Estudantina Musical está lançando, agora em abril, uma programação variada: do samba de raiz ao rock e ao blues, passando pela bossa nova. Se antes lá só se dançava o samba de gafieira, agora valem todos os tipos de passos e gingados. E agora a animação começa cedo: às 18h30.

Uma vez por mês, sempre numa quinta-feira, o famoso projeto Banca do Blues Rock Fest toma conta da casa com apresentações de importantes bandas da cena carioca. A estreia é no dia 14 de abril com o show da banda A-ha Cover Rio. Sucesso desde os anos 1980, o trio norueguês A-ha conquistou o mundo pop com boas melodias e refrões cantados por diferentes gerações de vários cantos do planeta. Inspirados na bem sucedida trajetória da banda, músicos experientes da cena carioca se uniram e formaram a banda tributo A-ha Cover Rio com Érico Becker (voz), Hércules Costa (guitarra), Alex Feitosa (teclado), Robson Godoi (baixo) e Adriano Morais (bateria). O grupo reproduz, fielmente, as canções do trio norueguês emocionando o público por onde passa. No repertório, estão clássicoscomo “Take On Me”, “Hunting High And Low”, “Cry Wolf” e “The Living Daylights”.

Já o projeto Bossa do Samba & Amigos, também mensal só que às sextas-feiras, vai transformar o ambiente numa verdadeira roda de samba bem no meio do salão da Estudantina, junto ao público. A Companhia Nó da Dança é presença certa na estreia, no dia 15. A proposta do Bossa do Samba era tocar clássicos do samba, da bossa nova e do choro; entretanto, durante os sete anos de estrada, as fronteiras musicais foram sendo rompidas pelas influências individuais e a sintonia coletiva, criando possibilidades de inserir no repertório canções da MPB e ousadas misturas com o funk, soul, balanço. A mistura não descaracterizou o trabalho; ao contrário, deu personalidade e propriedade, além de tornar as apresentações ainda mais animadas e dançantes. Nos shows do Bossa do Samba, ouvem-se Pixinguinha, Tom Jobim, Fundo de Quintal, Cartola, Chico Buarque, O Rappa, João Nogueira, Sandra de Sá, Zeca Pagodinho e muito mais. O grupo está trabalhando o primeiro CD, “No samba me criei”, que reúne samba-canção, partido alto, samba-choro e samba de gafieira. O grupo é formado por NininhoJhaazz (voz), Isaias Costa (voz e violão), Luizão Lima (baixo),Carlinhos Rufino (percussão) e Dudu Lima (bateria).O Bossa do Samba  está em fase de pré produção para gravar seu 1º DVD somente com canções do compositor bahiano Nelson Rufino.

A abertura da casa – fundada há 87 anos e tombada pelo Instituto Rio Patrimônio Histórico (IRPH) em 2012 – será sempre às 18h30, com som ambiente e serviço de bar. Os shows vão começar sempre às 20h com término entre 23h e 23h30, com intervalos de meia hora. E o melhor:  ingressos a preços populares a R$ 20.

Serviço

Projeto Estudantina Musical

Praça Tiradentes, 79 – Centro
Tel.: 2232-1149 e 2232-0396

Dia 14 de abril, quinta-feira  –  Banca do Blues Rock Fest Banda A-ha Cover Rio

 

Dia 15 de abril, sexta-feira – Bossa do Samba & Amigos  – participação Companhia Nó da Dança

 

Horário: 20h
Couvert artístico: R$ 20
Abertura da casa: 18h30
Censura: 16 anos

Anúncios