Juvenal, Pita e o Velocípede – Eu fui!

Assim como a maioria de nós, Juvenal guarda lembranças fortes e boas de sua infância. Brincadeiras, amigos…

Foto: apetecer. com

Foto: apetecer. com

Histórias que ficaram na memória e, hoje homem, quis compartilhar com todos que o visitaram no Teatro Maria Clara Machado, na Planetário da Gávea. Seu brinquedo favorito, o velocípede, e sua melhor amiga, Pita, estão presentes em todo o seu discurso, inclusive no título do espetáculo.

Seu meio de transporte/brinquedo preferido foi construído por seu tio, e com ele viveu as maiores aventuras com Pita. O ator Eduardo Almeida comanda o monólogo, que tem texto de Cleiton Echeveste e direção de Cadu Cinelli. Nele, conta os causos de sua infância. Isso interagindo com a plateia, predominantemente infantil. Mesmo que o artista não quisesse, seria sempre interrompido pelos gritinhos de “Quem é Pita?”.

Foto: apetecer.com

Foto: apetecer.com

Juvenal deixa esta questão no ar. Afinal, nós deveríamos saber pois, segundo o próprio, também tínhamos marcado com ela no mesmo local e horário que ele, e estávamos lá para isto. Matando ou não a curiosidade infantil (e adulta, por que não?), o espetáculo cumpre o papel de mexer com o imaginário infantil. O universo lúdico é muito bem explorado, com o personagem narrando suas aventuras ao lado da velha amiga, com quem perdeu o contato.

A tarefa de explicar quem era Pita provavelmente ficou com os pais, e não consigo imaginar como conseguiram esclarecer para os pequenos rs Mas é um tipo de programa que vale a pena investir para a criançada, pois desenvolve a imaginação. Consequentemente, criatividade e inteligência. E, assim, vão construindo suas histórias para, daqui a alguns anos, terem o que contar para as gerações seguintes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

P.S.: Agradeço à Paula Catunda pelos convites

 

Anúncios

Um comentário sobre “Juvenal, Pita e o Velocípede – Eu fui!

Os comentários estão desativados.