Um Rio de Histórias na Quinta da Boa Vista

No dia 15 de novembro o Instituto Tear comemora 35 anos com a festa Um Rio de Histórias na Quinta da Boa Vista. A Orquestra Voadora participa do evento, que espera 3 mil pessoas e conta com oficinas culturais, apresentações artísticas, rodas de danças populares, atividades literárias, intervenções e performances.

O evento vem de uma longa tradição de “festas da rua” organizadas anualmente pelo Tear desde 1980. “Essas festas mobilizam diretamente a comunidade e sua rede, composta pelas crianças, adolescentes e jovens do Tear e seus familiares, arte/educadores, grupos artísticos, Pontos de Cultura e artistas locais, além dos moradores da cidade do Rio de Janeiro em geral. Queremos reunir todos para celebrar essa data e comungar desse espírito festeiro e tão poeticamente carioca”, afirma Denise Mendonça, fundadora do Instituto.

Sobre o Instituto Tear:

 

Fundado em 1980 pela Arte-Educadora Denise Mendonça, o Instituto de Arte Tear tem o objetivo de contribuir para o processo de desenvolvimento humano através da Arte. Desde então, a instituição atua diretamente na formação de crianças, adolescentes e jovens das classes populares, alem de educadores. O Tear se diferencia por conseguir aliar um trabalho de impacto social a um trabalho de qualidade na formação em arte educação e produção cultural, motivo pelo qual se tornou uma referência no Brasil.

Com uma ampla atuação em todas as áreas culturais, o Instituto aplica conceitos metodológicos próprios, como o de Artes integradas, em cursos nas diversas linguagens da arte; seminários; formação de professores; eventos culturais e artísticos; ocupações artístico-literárias como o famoso Pé de Livro; espetáculos; exposições e eventos comunitários, além de colônia de férias para o público infantil.

PROGRAMAÇÃO

 

Exposições

Folias de Imagens – coletivo de fotógrafos, Imagens do Povo

Luiz Silveira da Mangueira – Maquetes Fluminense

Pesquisa Sonora

Coletivo Quermesse

 

10h

Abertura

Bandarteiros – músicas que marcaram os 35 anos de história do TEAR

 

10h45

Oficinas de arte com os arte-educadores do Tear e convidados:

Casa 248

Corre Cutia

Oficina de Amarração Ojá

Roda de Chita: Dandalua

Roda de Samba: Samba de Benfica

 

13h

Histórias da Quinta da Boa Vista com Luiz Antônio Simas

Espaço Literário:

Curadoria e Programação – Festival Carioca de Contadores de História

 

13h30

Encerramento

Orquestra Voadora