Arraiá do Naília – Eu Fui!

Quanto tempo não atualizamos nossa coluna, não? Bem, nosso retorno triunfal se deve a um evento não tão frequente no blog. Até porque não é no ano inteiro que temos arraiás. Último sábado (8) fomos ao Arraiá do Naília, que estava previsto para acontecer no dia 25 de julho, mas acabou tendo que ser adiado devido a fortes chuvas (coisa rara no Rio de Janeiro de uns tempos para cá).

O arraiá tem mais a cara do Rio de Janeiro, ou seja, menos roça e mais ambiente praiano. O Naília fica localizado na entrada da Barra da Tijuca, de frente para o espelho d’água da Lagoa de Marapendi. A melhor vista fica por conta da Pedra da Gávea. Como cheguei tarde, não pude desfrutar tanto da beleza natural, mas isto não significa que o local também não seja bonito à noite, pois a iluminação colorida se encarrega de embelezar o lugar do evento. Inclusive, mesmo não conhecendo o Naília, de longe pudemos identificar que estávamos próximos a nosso destino, devido à iluminação que chamava a atenção e nos indicava que estávamos no caminho certo (como vocês NÃO podem perceber pela foto, pois fazia tanto tempo que não fotografávamos eventos que a bateria da máquina estava descarregada. Ô, sofrência!).

Apesar da bela vista noturna do local, o fato de termos chegado à noite não foi exatamente uma vantagem. Como estou habituada aos eventos cariocas começarem mais tarde, embarquei nessa e pensei que fosse assim com o Naília. Provavelmente a festa bombou mais cedo, e tive menos oportunidade de curtir os shows, assim como a febre gastronômica atual, os food trucks. Mas cheguei bem na hora em que a banda Soul Brother se apresentava ao som de muito Pop, Rock, Reggae e Forró, com repertório que reunia clássicos de cada gênero.

Bem estruturado, com programação diversificada – tanto nas atrações musicais quanto nas gastronômicas – o Naília é uma boa opção de arraiá pela cidade. Para os que moram nas regiões próximas e para os dispostos a se deslocarem até a Ilha da Coroa. Mas, se querem aproveitar mais o que o evento oferece, vá mais cedo. Assim, vai desfrutar de um arraiá durante o dia, e fechar com um climinha de luau. Boa ideia, não?

P.S.: Agradeço à Mayara Marinho pelos convites.