“A Sonata dos Espectros” – Eu fui!

Foto: apetecer.com

Um texto de um dos maiores escritores escandinavos foi o escolhido da Cia. de Teatro Contemporâneo para sua nova

Foto: apetecer.com

Foto: apetecer.com

temporada. “A Sonata dos Espectros”, de August Strindberg, mostra vários seres humanos que convivem em uma mesma e fúnebre casa, que se torna ambiente para que surjam conflitos entre eles.

Não fica muito claro no espetáculo, mas por horas parece que os personagens são mortos, por outra que estão presos em vida. O que fica explícito é que as situações surgem para que a culpa de cada um por alguma coisa apareça. Esta, aliás, parece ser a principal temática da peça. Não me lembro se algum personagem assume a sua, mas acusam os outros das suas a todo momento.

Foto: apetecer.com

Foto: apetecer.com

O elenco é grande (cerca de 15 atores), e isto faz o papel do protagonista ter menos relevância. Cada um tem sua importância em um determinado momento. Faltou um pouco para os atores expressarem com mais força a densidade do texto e dos personagens, fato totalmente perdoável em se tratando de um elenco composto em sua maioria por jovens, que ainda têm muita carreira pela frente. O cenário é fúnebre, maquiagem idem, figurino colorido, marca da estética expressionista, assim como os cabelos da maior parte dos atores, parecendo expressar a loucura que os atinge.

Como não conheço o texto original, não posso fazer um paralelo entre esta montagem e o que sugere Strindberg em relação a figurino, cenário e iluminação. Não sei se o trabalho da Cia. de Teatro Contemporâneo é fiel ao do autor. Mas vale conferir o espetáculo principalmente pelo bom texto. E o grupo segue mostrando bom gosto em suas escolhas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem deseja conferir o trabalho da Cia. de Teatro Contemporâneo – já havíamos acompanhado a montagem de Ricardo III – segue o serviço do espetáculo.

Serviço:
A Sonata Dos Espectros:
Estréia dia 09 de Maio de 2015.
Sábados às 21h.
Domingos às 20h.
Temporada: até 31 de Maio.
Local: Sede da Cia de Teatro Contemporâneo.
Endereço: Rua Conde de Irajá, número 253 – Botafogo.
Ingresso:
Inteira: R$ 40,00.
Meia: R$ 20,00.

P.S.: Agradeço ao Dinho Valladares pelos convites.

Anúncios