“Eu Não Dava Praquilo”, no CCBB

O Ministério da Cultura e o Banco do Brasil apresentam o espetáculo “Eu Não Dava Praquilo”, de 08 de janeiro a 1º de março, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Com roteiro de Cássio Junqueira e Cassio Scapin, que também atua sozinho no palco, o espetáculo tem direção de Elias Andreato e cenografia e figurino de Fabio Namatame. A montagem chega agora ao Rio depois de passar por São Paulo (julho 2013), Belo Horizonte (janeiro 2014) e interior de SP ao longo do ano passado.

Neste monólogo cômico dramático, além de contar passagens da vida pessoal e profissional da atriz e diretora paulista Myrian Muniz a partir da sua biografia, o espetáculo pretende ser uma homenagem ao ofício teatral e sua importância como agente de transformação, tanto individual quanto social. Para o autor e intérprete Cassio Scapin (no ar no seriado “Trair e Coçar é só Começar”, do Multishow) seria impossível contar a história dos palcos brasileiros sem falar na Myrian. Para ele, a atriz era dona de personalidade ímpar, que conferiu a ela uma forma inigualável de representar. Suas passagens pelos palcos eram impregnadas do modo como encarava a vida e o ofício do ator. Cassio a vê como “impulsiva, intuitiva, e de uma generosidade hoje rara nos palcos”.

O espetáculo também relembra a história do teatro, seus ensinamentos, prazeres, decepções, obstáculos e relevância para toda sociedade. Para o diretor Elias Andreato, Myrian Muniz é uma sacerdotisa do teatro e os seus ensinamentos marcaram profundamente e apaixonadamente muitos artistas. Segundo ele, “Eu Não Dava Praquilo” é uma forma de agradecimento e reverência pelo seu encantamento.

FICHA TÉCNICA
Roteiro: Cássio Junqueira e Cassio Scapin
Elenco: Cassio Scapin
Direção: Elias Andreato

SERVIÇO
“Eu Não Dava Praquilo”

Estreia para convidados: 07 de janeiro
Temporada: de 08 janeiro a 1º de março
Local: Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro)
Horários: de quinta a domingo, às 19h Ingressos: R$ 10,00 (inteira)
Capacidade: 172 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação: 16 anos
Gênero: comédia dramática
Bilheteria: de quarta a domingo, a partir das 10h
Informações: 3808-2020