“Saint Laurent” – Eu fui!

Em tempos de São Paulo Fashion Week, um filme sobre um dos maiores nomes da moda de todos os tempos está prestes a estrear. “Saint Laurent” entra em cartaz nos cinemas brasileiros dia 13 de novembro, mas o filme já é reconhecido lá fora, sendo o escolhido para representar a França na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro em 2015. Fui conferir a pré-estreia que aconteceu dia 3 de novembro.

O filme conta a vida de Yves Saint Laurent de 1967 a 1976, mas isto não significa que o diretor Bertrand Bonello tenha escolhido que a história fosse contada de forma cronológica. Os amores, os sucessos, as polêmicas são exibidos avançando e voltando no tempo a todo o momento, mas sempre identificando para o espectador em que ano a cena está se passando.

A timidez que o ator principal, Gaspard Ulliel, exibiu em seu discurso pouco antes da exibição do filme não condiz com sua performance em cena. Ele se despiu – literalmente – de qualquer pudor em cenas ousadas, mostrando ótimo desempenho na pele de Yves Saint Laurent. Sinceramente não conheço os trejeitos do estilista, morto em 2008, na vida real. Mas Ulliel construiu um belo e crível personagem.

Não poderia ser diferente, mas a sofisticação do cenário é bonito de se ver. O capricho do figurino, tanto dos personagens da história, quanto dos desfiles, é um espetáculo à parte. As roupas de sua grife, Yves Saint Laurent, com seus estilo, cores e cortes tão característicos, são bem reproduzidas, dando veracidade às cenas.

Como era uma pré-estreia em uma noite de segunda-feira e fui sem saber a duração do filme, confesso que as duas horas e meia me cansaram um pouco. Mas é sempre divertido saber sobre as loucuras que todo bom e grande gênio carrega em sua particularidade. E também, claro, contemplar a elegância de um filme francês. Ainda mais quando se trata de moda.

P.S.: Agradeço à Cinnamon Comunicação pelo convite.

 

Número 5 no nosso Top 5 2014:

https://palcoteatrocinema.com.br/2014/12/07/top-5-eu-fui-filmes/

Anúncios