4º ano do coletivo Resistência Cultural

Evento que se propõe a unir artistas cariocas para realizar uma interação direta em espaços públicos e periferias da cidade, o festival Resistência Cultural acontecerá no dia 1º de novembro, sábado. Voltado para todas as idades, o projeto terá entrada gratuita.

Idealizado pela banda de “hip-hop hardcore” Bala N’agulha, o festival tem como intuito conectar diversas linguagens artísticas, entre elas artes plásticas, fotografia e música, através de atividades como oficinas, exibições, grafite, shows e intervenções.
Programação:
14h – Abertura Angolano Dj e oficinas (Stencil com Rodrigo Uchôa e Grafite com John Yabeta)
15h – Cine Clube Subúrbio em Transe (sala multiuso)
15h30 – Pocket Show Thiago Akil e Suarez e Marcão Baixada
16h30 – Dom Quixote da Penha – esquete teatral com OS Dionísios Cia de Teatral
17h – Intervenção poética com Mayara Maria
17h30 – Pocket Show Antiéticos
18h – Abertura Palco principal: Maduros na Madruga
18h30 – Algoz
19h30 – Ludi Um e as Cabeças
20h30 – Nyl Mc
21h15 – Mano Teko
22h – Encerramento

Serviço:
Data: 01/11 (sábado)
Horário: a partir 14 horas
Local: Arena Carioca Dicró – Carlos Roberto de Oliveira
Endereço: Parque Ari Barroso, Penha (entrada pela rua Flora Lobo)
Telefone: (21) 3486-7643
Gratuito
Classificação etária: Livre