“Elizethíssima”, no Teatro Rival

Alaíde Costa e Áurea Martins, duas das grandes cantoras da MPB, cantarão juntas pela primeira vez em homenagem a Elizeth Cardoso, uma das maiores intérpretes do nosso país. O projeto foi idealizado por Hermínio Bello de Carvalho, compositor e poeta, que foi produtor musical das três artistas. Após estreia com ingressos esgotados no Teatro do Centro Cultural Correios RJ, as cantoras fazem show no Teatro Rival, no dia do aniversário de nascimento da cantora Elizeth Cardoso.

Em “Elizethíssima”, Hermínio Bello Carvalho e o pianista Zé Maria Rocha (Grupo Terra Trio) são os responsáveis pelo roteiro, que terá mais de 20 canções, como os sucessos “Serenata do Adeus”, de Vinícius de Moraes, “Chega de Saudade”, de Tom Jobim, “Acontece”, de Cartola, e “Minhas Madrugadas”, de Paulinho da Viola. Para o roteiro, Hermínio e Zé Maria priorizaram as canções que Elizeth gostava de cantar, mas que não foram gravadas, e outras que ficaram marcadas em sua voz, inclusive algumas músicas do LP “Canção do Amor Demais”, álbum de composições de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, lançado em 1958, cantado por Elizeth e considerado até hoje o marco inicial da Bossa Nova.

As cantoras serão acompanhadas por quatro jovens músicos: Kiko Horta, piano e acordeom; Pedro Aune, baixo acústico; Marcos Tadheu, percussão; e Lucas Porto no violão, arranjos e direção musical. Lucas é também o arranjador dos dois últimos CDs de Áurea Martins.

Com mais de 40 anos de carreira e uma longa trajetória musical, Áurea e Alaíde conheceram Elizeth quando ainda não cantavam profissionalmente, mas não demorou muito para se tornarem conhecidas e consideradas, pela própria homenageada, as melhores intérpretes do país.

“Conheci Elizeth por acaso num salão de beleza. Ela já era a Divina e eu, sua fã. Depois disso, ela começou a me ver cantar e sempre dizia que eu e Alaíde, éramos, em sua opinião, duas das maiores cantoras brasileiras. É ou não para ficar vaidosa?”, diverte-se Áurea.

O encontro de Áurea Martins, Alaíde Costa, Hermínio Bello de Carvalho e a homenageada Elizeth Cardoso, quatro grandes nomes da MPB, será um presente ao público naquele que promete ser um emocionante espetáculo.

“Sempre que construímos um espetáculo, pensamos, em primeiro lugar, no que desejamos expressar com nosso trabalho. Ter Alaíde e Áurea homenageando Elizeth já foi aquele ‘algo a mais’ que devíamos ao público da Divina, que gostava desses encontros”, afirma Hermínio, sem esconder o peso em ser idealizador e roteirista do espetáculo e o carinho que tem por essas três grandes cantoras.

Serviço:
Teatro Rival Petrobras
Dia 3 de setembro, quarta-feira,  às 19h30.
Local: Rua Álvaro Alvim 33/37 – Cinelândia – Rio de Janeiro – Tel: 2240-4469
Preço:
Setor A /  Mezanino:
R$ 70 (Inteira)
R$ 35 (Estudante / Idoso / professores da Rede Municipal de Ensino)
Setor B :
R$ 60 (Inteira)
R$ 40 (Promoção para os 200 primeiros pagantes)
R$ 30 (Estudante / Idoso / professores da Rede Municipal de Ensino)
Classificação: 16 anos
Capacidade: 458 lugares