Pedro Malazarte e a Arara Gigante

Personagem folclórico e consagrado pelas brincadeiras malandras, Pedro Malazarte ganha os palcos em espetáculo infantil escrito pelo gaúcho Jorge Furtado. Com direção de Debora Lamm, “Pedro Malazarte e a Arara Gigante” estreia dia 02 de agosto, no Teatro dos Quatro, com George Sauma, João Pedro Zappa e Luisa Arraes no elenco. O infantil chega à Gávea depois de elogiada temporada no Oi Futuro Flamengo. O projeto tem patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro.

Inédito no teatro carioca, o texto original nasceu das doces lembranças das histórias que o autor ouvia na infância – sensação que acompanha agora toda a equipe envolvida na montagem. “Pedro Malazarte é um personagem que tem uma brasilidade bem forte e está na nossa memória afetiva. Uma espécie de João Grilo, de Suassuna, ou de um Arlequim, da commedia dell’Arte”, compara Debora, que dirige seu segundo espetáculo e o primeiro infantil.

A força do personagem e o texto inteligente de Jorge Furtado motivaram a atriz Luisa Arraes, filha de Guel Arraes e Virginia Cavendish, a idealizar o projeto ao lado da produtora Tatianna Trinxet, e chamar os amigos para embarcar nas travessuras de Malazarte. “Encontrei o texto lá em casa e resolvi ler para o meu irmão de seis anos. Ele não parava de rir um segundo. E eu também! Foi aí que percebi a força que a história teria no palco”, lembra a atriz, acrescentando que não são só as crianças que vão se divertir com o espetáculo. “É aquele tipo de projeto que agrada a qualquer idade”.

Premiado em Porto Alegre e inédito no Rio, o texto acompanha o encontro entre dois personagens: Pedro (George Sauma) e Janota (João Pedro Zappa), um homem que sofre um acidente de carro. Amiga de Pedro, Berenice (Luisa Arraes) chega ao encontro dos dois e se envolve nas confusões de Malazarte. Ao pedir ajuda a Malazarte, que assiste à cena encostado tranquilamente na cerca à beira da estrada, o rapaz se envolve numa série de trapalhadas e é incapaz de compreender a lógica do novo amigo. “Comparo o Pedro Malazarte a um personagem folclórico, como o Saci Pererê, e também com o brasileiro comum que, muitas vezes, consegue ser sagaz e inteligente sem necessariamente ter frequentado a escola. O que me chama mais a atenção no texto é a capacidade que ele tem de nos fazer rir da simplicidade e da inocência”, define o ator George Sauma. “A agilidade e a musicalidade do texto nos impulsionam a criar os personagens”, completa João Pedro Zappa.

A partir da trama, o autor discute temas como a relatividade (“pouco é muito pra quem não tem nada”), a ética ( “contar ou não uma mentira”) e a diferença de raciocínio entre as crianças do campo (Malazarte e Berenice) e da cidade (Janota), embalados por uma trilha original composta por Rico Vianna com letras de Jorge Furtado. A música do espetáculo será executada pelos próprios atores, acompanhados do instrumentista André Singaud.  Conhecido por seu trabalho como diretor de cinema (“Ilha das Flores”, “Meu tio matou um cara”) e de televisão (“Doce de mãe”, “Ó paí ó”), Jorge Furtado recebeu três indicações e o Prêmio Tibicuera 2007 de melhor texto de teatro infantil em Porto Alegre.

Ficha técnica:
Texto: Jorge Furtado
Direção: Debora Lamm
Elenco: George Sauma, João Pedro Zappa, Luisa Arraes e Cadí Oliveira.

Serviço:
Pedro Malazarte e a arara gigante
Teatro dos Quatro/Shopping da Gávea
Rua Marquês de São Vicente, 52/2º andar – Gávea,
Telefone: 2239-1095 / 2274-9895
Dias e horários: Sab. e dom., às 16h.
Preço: R$ 50
Capacidade: 402 pessoas.
Duração: 50 minutos
Classificação etária: livre
Temporada: de 2 de agosto a 28 de setembro

Anúncios