“Comédia Futebol Clube” – Eu fui!

Paixão dos brasileiros, o futebol foi o tema do Ciclo de Leituras Dramatizadas neste mês de junho, no Sesc Casa da Gávea.

O tema é bem atual e apropriado para a fase em que estamos vivendo, mas o evento acontece já há 22 anos, sempre às segundas-feiras. Estivemos lá ontem para conferir o último da série “Futebol e teatro, o jogo”, que contou com a presença do grupo paulistano de teatro Maria Bonita. Os quatro atores apresentaram “Comédia Futebol Clube”, escrito por Carla Araújo, que também integra o elenco.

Foto: Apetecer.com

Foto: apetecer.com

Composto pelos atores Carla Araújo, Diego Rodda, Juliano Dip e Natália Albuk, o grupo Maria Bonita mostra muita cumplicidade em cena. A espontaneidade deles chama a atenção, pois brincam uns com os outros – inclusive zombando das características físicas dos colegas – todo o tempo. Parecem quatro amigos em uma mesa de bar discutindo futebol. Eles se revezam nas leituras e interpretam vários personagens. Leem os textos e simulam as situações, os cenários e, assim, brincam de “faz de conta” com a plateia.

Depois da leitura, eles ficaram para bater um papo com o público, e continuaram divertindo. A autora, Carla Araújo, aproveitou também para explicar a concepção do texto. “Comecei em 2010 a trabalhar como atriz na companhia Maria Bonita, mas queria fazer uma coisa minha. Daí, o Brasil foi escolhido para ser a sede da Copa do Mundo e comecei a procurar algumas referências. Passei a escrever a partir de coisas que eu tinha vivido. E comecei a enviar para algumas pessoas pois, como não sou especialista no assunto, não quis escrever nenhuma besteira. E eles falaram, ‘Nossa, que legal!’. Criei coragem, mandei o texto para o Anselmo (Vasconcellos, diretor), ele adorou e pensei, ‘pronto: agora está perfeito!’”.

Anselmo Vasconcellos, diretor de "Comédia Futebol Clube"

Anselmo Vasconcellos, diretor de “Comédia Futebol Clube”

Coordenando o projeto há 2 dos 22 anos de existência do Ciclo de Leituras do Sesc, a atriz e diretora teatral Márcia do Valle celebra o evento. “É um encontro para apreciadores de teatro, principalmente. Agora é bacana porque esse público está se renovando. Com a divulgação, os mais jovens também estão vindo”, diz.

Márcia do Valle, coordenadora do projeto

Márcia do Valle, coordenadora do projeto

Márcia do Valle também falou a respeito da particularidade de um ciclo de leituras. “É muito bacana, não só para o público, como para quem faz. Porque é completamente diferente você estar em cena com uma peça montada e você ler um texto de teatro. Parece uma coisa simples, mas não é. Não são todos que fazem uma boa leitura. E aí essa empatia entre os atores, embora seja leitura, esse jogo no palco que ganha a plateia. Além de trabalhar nossa imaginação”, acrescenta.

Importante frisar que os Ciclos de Leituras, assim como o Sarau são gratuitos.

O Sesc Casa da Gávea fica na Praça Santos Dumont, 116, na Gávea.


 

Este slideshow necessita de JavaScript.


Anúncios