Framboesa açucarada: “Amor Sem Fim” – Eu fui!

Todos os anos, no Dia dos Namorados, filmes românticos estreiam para celebrar a data. Agora, em 2014, é a vez de “Amor Sem Fim”, remake do filme homônimo do diretor Franco Zeffirelli, de 1981. O clássico levou às telas Martin Hewitt e Brooke Shields (lindinha, aos 15 anos) como o casal protagonista. Nesta versão, Gabriella Wilde e Alex Pettyfer vivem os personagens Jade e David. A história também é baseada no livro de Scott Spencer, com o mesmo nome.

Falando da sinopse, “‘Amor sem Fim’ conta a história de Jade Butterfield e David Elliot, uma menina privilegiada e um menino carismático que, contra a vontade dos pais, vivem um intenso caso de amor. Embora separados por fronteiras de classe, a força que os une é inegável e inevitável”. Agora vamos aos meus pareceres.

Logo ao começar, deparo-me com aquela clássica cena de início de romance: a menina vai pegar algo que caiu no chão, o menino tem a mesma ideia, e os dois acabam se tocando, se olhando, e se apaixonando. A partir daí, já pude ter uma ideia do que viria. E não me surpreendi. O filme é uma sucessão de clichês. O menino pobre que se apaixona pela menina rica, o pai que não aprova e faz tudo para separá-los e, mesmo assim, o casal luta para ficar juntos.

Como ainda não havia assistido ao filme que deu origem ao remake, procurei o primeiro para tentar compará-los. Até então, pensava que, se o de 2014 era super manjado, imagine o de 1981? Só que desta vez me surpreendi. A primeira versão conta histórias de conflitos familiares muito mais intensos e, além dos nomes dos personagens, apenas algumas cenas têm a ver com o filme que estreia esta semana, só que sob circunstâncias diferentes. E ainda tem uma dose a mais de romance com a canção “Endless love”, de Lionel Richie, fato que não se repete no novo filme.

Pamela Abdy, uma das produtoras, explica a nova versão. “Quando Scott (Stuber, outro produtor) e eu conversamos sobre transformar ‘Amor sem Fim’ em um filme, pensamos que seria uma boa ideia convidar Josh Schwartz e Stephanie Savage, que são o rei e a rainha do gênero adolescente. Eles criaram um portfólio maravilhoso, inteligente, que fala para essa geração: “The OC”, “Gossip Girl” e “The Carrie Diaries”. A partir daí, o processo de desenvolvimento começou e nós trabalhamos para fazer o melhor, a versão mais contemporânea de uma história adolescente de primeiro amor”. Não entendo quase nada de séries americanas (rs). Então, não posso fazer a comparação por este aspecto. Mas parece que o resultado de atingir o público adolescente será alcançado.

Em suma, a nova versão é muita mais leve, haja vista que a antiga é bem densa. Traçando um paralelo objetivo entre os dois, se prefere um enredo profundo de conflitos, assista ao primeiro. Agora, se quer levar o namorado(a) para ver um filme de amor, escolha o segundo. Ou assista aos dois e faça você mesmo sua comparação.

 

FICHA TÉCNICA:
Título em Português: Amor sem Fim
Título Original: Endless Love
Gênero: Romance
País: EUA
Duração: 104 minutos
Ano: 2014
Direção: Shana Feste
Escrito por: Shana Feste e Joshua Safran
Produção: Scott Stuber, Pamela Abdy, Josh Schwartz, Stephanie Savage
Elenco: Alex Pettyfer, Gabriella Wilde, Bruce Greenwood, Joely Richardson, Robert Patrick
Data de Lançamento: 12 de junho
TRAILER:

 

Em cartaz em:

– Cinepolis Lagoon sl. 3
– UCI Kinoplex Norte Shop. sl. 10
– UCI New York City Center sl. 9
– Cinemark Downtown sl. 1
– Cinemark Village Mall sl. 4
– Cinesystem Recreio Shopping sl. 2
– Cinesystem Via Brasil sl. 2

 

P.S.: Agradeço à RPM Comunicação pelo convite.