Moinho, na Miranda

Após cinco anos do último CD, “Moinho Ao Vivo” (2009), o trio lança o novo trabalho, “Éolo” no dia 03/05, na Miranda. A banda formada por Emanuelle Araújo (voz), Toni Costa (guitarra) e Lan Lan (percussão), apresenta um repertório muito mais autoral do que o último disco. A maioria das composições são assinadas por Toni Costa e Lan Lan.

“Éolo” significa o deus dos ventos na mitologia grega, um símbolo do movimento do ar que faz girar três hélices. Essas hélices são representadas pelos trio como uma sintonia especial. O nome também batiza a primeira faixa do disco, é uma música de Carlinhos Brown, um dos parceiros da banda. Ele também assina a faixa “Tu pira”.
O Moinho surgiu na Lapa carioca, depois que Emanuelle veio morar no Rio de Janeiro em 2004. Encantada pela efervescência cultural da zona mais boêmia da cidade, a cantora teve a ideia de tocar ali e fazer um som, e, de forma bem despretensiosa, convidou Lan Lan, amiga e parceira musical de longos carnavais. Lan Lan então chamou Toni Costa, guitarrista e compositor.

Informações:

Data: 3 de maio de 2014 (sábado)

Local: Miranda – Complexo Lagoon – Av. Borges de Medeiros, 1424 Piso 2 (Lagoa)

Informações e reservas: (21) 2239-0305

Abertura da casa: 20h

Início do show:  21h30

Classificação: 16 anos

Ingressos: Setor Um Tom Acima – R$ 80 l Setor Notável – R$ 60 l Setor Pista – R$ 40

Formas de pagamento: dinheiro, cheque e todos os cartões de crédito e débito.

Mais informações: https://www.facebook.com/moinho.oficial?fref=ts